Esportes

Vila Nova enfrenta líder da série B fora de casa

Embalado após duas vitórias consecutivas, Tigre encara Fortaleza e tenta se firmar entre os primeiros.
21/09/2018, 16h49

Após dez dias de descanso, o Vila Nova volta a campo nesta sexta-feira (21), às 21h30, para enfrentar o Fortaleza, em partida válida pela 28° rodada da série B, na Arena Castelão. Em busca do retorno ao G-4, a equipe colorada contou com o tropeço do Atlético goianiense diante do Juventude e só depende de suas forças para terminar a rodada entre os quatro primeiros colocados.

Missão nada fácil. O Tigre medirá forças com o líder da competição, que tem 47 pontos, quatro à frente do Vila Nova, mas a fase do tricolor cearense não é das melhores. A equipe comanda por Rogério Ceni vem de duas derrotas consecutivas e não vence há quatro jogos. Ameaçado por CSA e Goiás, o Fortaleza precisa vencer para se manter na liderança da competição.

O técnico Hemerson Maria minimizou a má fase do adversário desta noite, além de ressaltar que todas as equipes enfrentam um momento de oscilações dentro da competição, e esse é o do Fortaleza. Por isso, o treinador prega inteligência no confronto, lembrando que o técnico Rogério Ceni é acostumado a momentos decisivos e tem sob seu comando a equipe líder em estatísticas no campeonato. Apesar do mau momento, vale lembrar que o Fortaleza esteve presente no G-4 em todas as rodadas da competição e é líder ininterruptamente desde a quinta rodada.

Vila Nova tem problemas para o confronto

O Vila Nova terá quatro desfalques para este confronto. O lateral-direito Maguinho, lesionado, o goleiro Matheus Pasinato e o meia Elias, ambos por suspensão, e o zagueiro Wesley Matos, com lesão uma pequena lesão muscular detectada durante essa semana. Com isso, o goleiro Rafael Santos entra para a vaga de Matheus Pasinato e o técnico Hemerson Maria deverá optar por Naylhor ou Heitor para a zaga, na vaga do capitão Wesley Matos.

ESCALAÇÃO PROVÁVEL:

Time: Rafael Santos; Moacir, Diego Giareta, Naylhor (Heitor), Gastón Filgueira; Wellington Reis, Geovane e Alan Mineiro; Lucas Braga, Matheus Anderson e Alex Henrique (Rafael Silva). TÉCNICO: Hemerson Maria

Imagens: soutigrão.com 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Saúde

Usuários do SUS podem acompanhar serviços por aplicativo; saiba como funciona

Por meio do app, é possível acompanhar consultas e exames ambulatoriais, dispensação de medicamentos, posição na fila do Sistema Nacional de Transplantes e outras funcionalidades.
21/09/2018, 16h49

Usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) podem acompanhar serviços, informações e utilidades públicas da saúde por meio de aplicativo lançado pelo Ministério da Saúde, o DigiSUS. A ferramenta está disponível nas lojas virtuais Play Store e Apple Store, e desde o lançamento, ocorrido há três anos, mais de um milhão de downloads  já foram feitos. Por meio do aplicativo, a população pode acompanhar via celular, as consultas e exames ambulatoriais, nas UBS informatizadas; dispensação de medicamentos; visualização do histórico de suas solicitações; posição na fila do Sistema Nacional de Transplantes; entre outras funcionalidades.

Pela ferramenta é possível ainda avaliar o atendimento recebido nas unidades públicas de saúde, e denunciar fraudes em qualquer canto do país, além de possibilitar aos gestores municipais, estaduais e da União um planejamento adequado do setor, permitindo o aprimoramento dos serviços.

De acordo com o Ministério da Saúde, a plataforma permite que o usuário consiga encontrar hospitais, unidades de saúde e outros estabelecimentos próximos de sua residência; identificar farmácias participantes do Aqui tem Farmácia Popular e acompanhar os medicamentos que o cidadão retirou, além de avaliar o atendimento desses serviços. Também é possível acessar uma linha do tempo de cada atendimento realizado pelo SUS, além do Cartão Nacional de Saúde e os dados pessoais, com informações sobre nutrição e alergias.

O DigiSUS é interligado às 19.788 Unidades Básicas em Saúde (UBS) que já estão informatizadas em 3.780 municípios, totalizando 106.179.196 pessoas cobertas. Ao todo, 11 sistemas estão integrados no aplicativo, entre eles o Cadastro Nacional de Usuário do SUS (CADSUS), Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES), Farmácia Popular e os Sistemas Nacional de Transplantes (SNT), de Regulação (SISREG), de Atenção Básica (e-SUS AB) e o Hemovida.

Como baixar o aplicativo do SUS

Para baixar o aplicativo é necessário acessar a loja virtual compatível com cada smartphone (Android ou iOS). No primeiro acesso é preciso informar o CPF, nome da mãe e email.

O próximo passo é feito pelo app, que após localizar o seu cartão, enviará ao correio eletrônico cadastrado uma mensagem para verificação de segurança. Após esta etapa, você visualizará o número do seu Cartão Nacional de Saúde e terá acesso as suas informações de saúde.

Caso não consiga entrar no aplicativo do SUS, o Ministério da Saúde recomenda que o usuário procure a unidade de saúde mais próxima para que o cadastro possa ser realizado. Para mais informações, o interessado por entrar come contato com a Ouvidoria do SUS, pelo número 136.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Rotam prende grupo suspeito de roubo e receptação de veículos em Goiânia

Durante a ação, foram apreendidos três carros que haviam sido roubados esta semana na capital.
21/09/2018, 17h47

A Rotam prendeu na tarde desta sexta-feira (21/9) quatro suspeitos de roubo e receptação de veículos em Goiânia. Com o grupo, foram apreendidos três carros que haviam sido roubados esta semana na capital, além de duas armas de fogo, drogas, e objetos furtados de estabelecimentos comerciais.

Kaio Cézar Macedo Teixeira, de 18 anos, Wanderson Eustáquio Andrade Silva, de 20 anos, e Marcus Vinicius Moreira Gondim, de 27, foram presos durante patrulhamento da Polícia Militar na Avenida dos Alpes, Vila União, região Sudoeste de Goiânia. No momento da abordagem, eles estavam em um veículo de luxo que havia sido roubado ontem (20/9) na capital. Em seguida, os policiais seguiram até o local onde os presos confessaram guardar os produtos roubados. Na residência, Glaucia Teixeira de Morais também foi presa.

Por fim, o grupo criminoso indicou aos PMs uma casa no Residencial Eli Forte, onde outras pessoas estariam esperando para receber um dos carros roubados em Goiânia. Ao chegarem na casa, de acordo com a Rotam, João Victor Ferreira entrou em confronto com a Polícia. Ele foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. A Rotam acionou equipes da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DIH) e a Polícia Científica. De acordo com a PM, João, tinha passagens por receptação, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

Ao todo, durante a ocorrência, foram apreendidos três veículos roubados, drogas como maconha e crack, munições e produtos roubados de estabelecimentos comerciais como notebooks e celulares. Os quatro presos, que já tinham diversas passagens por roubo, furto, receptação, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e lesão corporal, foram encaminhados para a Central Geral de Flagrantes de Goiânia.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Força-tarefa apreende roupas, semijoias, produtos de beleza e drogas em Rio Verde

A ação foi realizada pelas Polícias Civil e Militar em parceria com o Corpo de Bombeiros e o Gabinete de Gestão Integrada Municipal.
21/09/2018, 18h46

Uma força-tarefa coordenada pela 8ª Delegacia Regional de Polícia (DRP) de Rio Verde apreendeu drogas, roupas, semijoias e outros produtos furtados no município. Além das apreensões, quatro pessoas foram presas e foram cumpridos mandados de busca e apreensão. A ação foi realizada pelas Polícias Civil e Militar em parceria com o Corpo de Bombeiros e o Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M).

De acordo com a delegada Taisa Antonello, responsável pela operação, as ações cumpridas em várias regiões da cidade, principalmente onde existe mais registro de pessoas assaltas em ponto de ônibus. Segundo o delegado Titular do Grupo Especial de Repressão a Crimes Contra o Patrimônio (Gepatri), Carlos Roberto Batista, também um dos coordenadores da força-tarefa, foram cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão em residências de pessoas suspeitas de envolvimento com tráfico de drogas, furtos, e roubos.

Ao todo, quatro pessoas foram presas, e foram apreendidas porções de maconha e crack prontas para revenda, além de objetos furtados, como roupas novas e com etiquetas, dezenas de peças de semijoias, produtos de beleza e dinheiro em espécie.

Balanço da força-tarefa

Reginaldo da Silva foi preso no Residencial Veneza com porção de crack e cigarros de maconha. Já João Gabriel Sousa e Silva foi detido na Vila Serpró, com uma porção de maconha e algumas sacolinhas com resquícios da mesma droga, prontas para serem vendidas. O homem foi autuado por tráfico de drogas.

Segundo o balanço da força-tarefa divulgado pela Polícia Civil, Edinacir Divino da Silva Cardoso foi preso no Parque Betel em cumprimento a um mandado de prisão, mas o crime pelo qual deve responder não foi divulgado.

O quarto preso foi identificado como Lucas Zanatta e preso no Jardim Presidente. No hotel onde o homem estava hospedado foram encontrados diversos produtos furtados, como várias peças de roupas novas e com etiquetas, dezenas de peças de semijoias. Lucas tem furtos registrados em Mineiros, interior de Goiás. Os policiais apreenderam ainda um aparelho utilizado para impedir o acionamento de alarmes de veículos e travamento de portas

Já na casa de um menor, responsável por uma boca de fumo, a polícia apreendeu 20 tabletes de maconha, um revolver calibre 38 com seis munições, um simulacro de arma de fogo, R$ 2. 465 em espécie, quatro rodas de carro, uma balança de precisão, algumas pedras de crack e um caderno com anotações referentes à venda das drogas.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Política

Fernando Haddad cumpre agenda em Goiânia na próxima sexta-feira

O presidenciável deve participar de atos públicos nas ruas e reuniões juntamente com a candidata ao governo de Goiás, Kátia Maria.
21/09/2018, 19h40

Fernando Haddad, candidato à Presidência da República pelo PT, cumpre agenda de campanha em Goiânia na próxima sexta-feira (28/9). O presidenciável deve participar de atos públicos nas ruas e reuniões com a coligação em Goiás, juntamente com a candidata ao governo de Goiás, Kátia Maria. Já no fim de semana, dias 29 e 30, o PT organiza reuniões nos estados brasileiros.

Candidatura de Fernando Haddad

A oficialização da candidatura de Fernando Haddad ocorreu no dia 11 de setembro em substituição ao ex-presidente Lula, que está preso desde o dia 7 de abril deste ano na sede da Polícia Federal, em Curitiba. Como candidata a vice o partido anunciou Manuela D’Ávila (PCdoB).

Lula havia sido confirmado como candidato à Presidência da República pelo PT no dia 15 de agosto, mas após ser contestada mais de dez vezes, foi impugnada, pois o ex-presidente está enquadrado na Lei da Ficha Limpa, além de ter condenação em segunda instância.

No dia 10 de setembro, véspera da oficialização da candidatura de Haddad, Luiz Inácio Lula da Silva afirmou, em carta aberta, que Fernando Haddad é sua “voz” na eleição. A carta dizia ainda: “Minha voz é a voz de Fernando Haddad e de todos os companheiros em nossa jornada destemida para resgatar a dignidade nacional”.

Quem é Fernando Haddad

Fernando Haddad nasceu em São Paulo, no dia 25 de janeiro de 1963. Na Universidade de São Paulo (USP),  foi graduado em direito, mestre em economia e doutor em filosofia. Passou a ser professor na instituição em 1990. É filiado no PT desde 1983.

Foi ministro da Educação de 2015 a 2012 nos governos de Lula e Dilma Rousseff. Teve participação direta no desenvolvimento de projetos como o Programa Universidade para Todos (ProUni), o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) e do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Em 2012 foi candidato e elegeu-se prefeito da capital paulista. Em 2015, retomou a atividade docente na USP paralelamente ao exercício do mandato.Publicou diversos artigos acadêmicos e livros, entre eles “O Sistema Soviético” (1992) e “Em Defesa do Socialismo” (1998).

Imagens: Nossa Política 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.