Educação

Juíza barra bloqueio de verbas de universidades federais

Em decisão, a magistrada apontou para os riscos de paralisação das atividades das instituições de ensino, o que, na sua visão, "implicará em ofensa ao princípio da vedação ao retrocesso social".
08/06/2019, 15h01

Em um revés para o Palácio do Planalto, a juíza federal Renata Almeida de Moura Isaaac decidiu nesta sexta-feira (7) suspender os bloqueios orçamentários realizados pelo Ministério da Educação (MEC) sobre as verbas destinadas às universidades federais e ao Instituto Federal do Acre. Em sua decisão, a juíza apontou para os riscos de paralisação das atividades das instituições de ensino, o que, na sua visão, “implicará em ofensa ao princípio da vedação ao retrocesso social”.

“Concluo que o contingenciamento de verbas das instituições de ensino federais, sobretudo quando praticada em considerável percentual, não pode prescindir de prévio estudo técnico e minucioso, inclusive com a participação dos representantes destas instituições, para fins de se garantir que o bloqueio incidente sobre as verbas discricionárias não interferirá na continuidade das atividades acadêmicas. Pensar de forma diferente implicará no esvaziamento das diretrizes constitucionais na área de educação e das prerrogativas das Universidades Públicas”, observou a juíza.

“Em verdade, o corte na forma realizada pelo MEC, tido por linear e isonômico, lança os dirigentes das instituições de ensino federais a sua própria sorte, ficando à mercê da boa vontade do alto escalão ministerial. Não resta dúvida, portanto, se tratar de hipótese de abuso de direito, que não deve passar despercebida pelo Poder Judiciário”, concluiu.

Renata Almeida analisou oito ações, uma delas movida pela chapa Aliança pela Liberdade, que comanda o Diretório Central dos Estudantes da Universidade de Brasília (UnB). A magistrada destacou a entrevista ao jornal “O Estado de S. Paulo” do ministro da Educação, Abraham Weintraub, que afirmou que pretendia cortar recursos de universidades que não apresentarem desempenho acadêmico esperado e, ao mesmo tempo, estiverem promovendo “balbúrdia” em seus câmpus.

Na ocasião, o ministro destacou que três universidades já foram enquadradas nesses critérios e tiveram repasses reduzidos: a Universidade de Brasília (UnB), a Universidade Federal Fluminense (UFF) e a Universidade Federal da Bahia (UFBA).

“Não há necessidade de maiores digressões para concluir que as justificativas apresentadas não se afiguram legítimas para fins de bloqueio das verbas originariamente destinadas à UnB, UFF e UFBA, três das maiores e melhores Universidades do país, notoriamente bem conceituadas, não apenas no ensino de graduação, mas também na extensão e na produção de pesquisas científicas”, observou a magistrada.

Para a juíza, embora seja possível que o gestor público imponha limites para obedecer as leis orçamentárias, “estes limites não devem permitir a inobservância de preceitos constitucionais, tais como o direito social à educação e a obrigação da União de financiar as instituições de ensino federais”.

“Com efeito, ao permitir que estas instituições se sujeitem ao risco de não cumprir obrigações contratuais, inclusive de serviços básicos e imprescindíveis à continuidade da atividade acadêmica, a exemplo de custos de energia, água, vigilância, limpeza e manutenção, a União estará se eximindo de obrigações expressamente consignadas no texto constitucional”, concluiu a magistrada.

A decisão de suspender o contingenciamento de recursos foi comemorada no perfil no Facebook da Aliança pela Liberdade.

“Continuaremos a trabalhar com seriedade em todos os espaços democráticos para trazer mais autonomia às universidades.. Acreditamos que a UnB deve ter Liberdade: Liberdade para pensar, Liberdade para investir, Liberdade para crescer!”, escreveu o grupo.

Com a palavra, o Ministério da Educação

O Ministério da Educação esclarece que ainda não foi notificado. Ressaltamos que a defesa judicial é de competência da Advocacia Geral da União (AGU).

Até a publicação deste texto, o Palácio do Planalto não havia se manifestado sobre a decisão.

Imagens: Exame.com 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Idoso é assassinado com golpes de canivete pelo próprio filho, em Itarumã

Um vizinho relatou ter ouvido a vítima gritar por socorro e pedir ao filho que não o matasse.
08/06/2019, 16h03

Um idoso de 63 anos foi assassinado com golpes de canivete, dentro de casa, em Itarumã, no interior de Goiás. O próprio filho confessou ter matado o pai, mas não revelou qual teria sido a motivação. O crime ocorreu na madrugada deste sábado (8/6).

O suspeito, identificado como Márcio Pereira da Silva, de 39 anos, foi localizado por policias militares e preso horas depois em um lote baldio próximo a região onde morava com o pai.

Idoso implorou para filho não matá-lo

De acordo com informações da Polícia Militar de Jataí, que atendeu a ocorrência, um vizinho escutou os gritos de socorro do idoso, que ainda pediu ao filho para que não o matasse. Ao escrivão da delegacia da cidade, o vizinho relatou que ouviu quando a vítima disse ao suspeito: ‘Socorro! Não faz isso, eu sou seu pai’.

O morador contou que ainda tentou ajudar o idoso, mas ele não resistiu e morreu em seus braços. A Polícia Militar foi acionada e logo as buscas pelo assassino começaram. Horas depois, Márcio, filho do idoso, foi encontrado em um lote baldio na região. Ele confessou ter matado o pai, mas não esclareceu o que o teria levado a cometer o crime.

Márcio foi encaminhado para a delegacia de Caçu, cidade a 35 quilômetros de Itarumã, local do crime. As investigações devem ficar sob responsabilidade do delegado Elexandre Cézar.

Caso semelhante também no interior de Goiás

Em abril deste ano, um homem foi preso também suspeito de matar o próprio pai com um tiro na cabeça, depois de perder uma partida truco. O caso ocorreu em Padre Bernardo, na Região Leste de Goiás, mas ele foi preso em Aramina, cidade do interior de São Paulo, para onde fugiu, em menos de 24 depois de cometer o crime.

De acordo com as investigações da Polícia Civil, Geovani da Silva Magalhães matou o pai, Natal de Oliveira Magalhães, com um tiro na cabeça, depois que o genitor zombou do filho, que havia perdido uma partida de truco. Irritado, Geovani pegou a arma da família e disparou contra Natal, fugindo em seguida.

Imagens: Mídia Max 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

André Matos, das bandas Angra e Shaman, morre aos 47 anos

Causa da morte ainda não foi divulgada oficialmente.
08/06/2019, 16h32

O músico André Matos, das bandas Angra e Shaman, morreu neste sábado, 8, aos 47 anos. A informação foi divulgada por membros do Shaman nas redes sociais e confirmada pelo jornal O Estado de S. Paulo com assessores de imprensa ligados à banda. A causa ainda não foi divulgada oficialmente.

“O destino nos uniu, nos separou, nos reuniu e agora pregou mais essa com a gente. É com profunda dor em nossos corações que nos despedimos do Andre mais uma vez, desta vez de forma definitiva. Além da ferida que jamais cicatrizará, e mesmo sabendo que passamos momentos gloriosos junto ao nosso companheiro e amigo, restará pra sempre o melhor dele em nossos corações”, diz a nota oficial assinada pelos membros do Shaman, divulgada na página da banda.

A banda estava em uma turnê de reunião desde setembro de 2018, tendo passado por diversas cidades brasileiras. O último show ocorreu no domingo, 2, no Espaço das Américas, em São Paulo.

André Matos era reconhecido como um dos maiores vocalistas do metal brasileiro.

Ele nasceu em São Paulo em 14 de setembro de 1971, e ficou conhecido pelo seu trabalho a frente das bandas Viper, Angra e Shaman, bem como pelo seu trabalho solo, desenvolvido desde 2006.

Estudioso de teclado e piano desde a infância, Matos se graduou em regência orquestral e composição em São Paulo. Mesmo antes, ainda adolescente, já vinha ganhando reconhecimento com o Viper.

Em 1991, fundou o Angra. A banda fez turnês pelo mundo inteiro e suas mais de um milhão de cópias vendidas deram a Matos projeção mundial. Foram dois álbuns gravados: Angels Cry (1993) e Holy Land (1996), além de diversos EPs.

Em 2000, Matos sai do Angra por divergências com o empresário e forma o Shaman, ao lado de Luis Mariutti e Ricardo Confessori, também ex-membros do Angra.

Imagens: Terça Livre 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Caminhão com produtos animais tomba em ponte e interrompe abastecimento de água em Iparemi

Incidente ocorreu na manhã deste sábado (8/6), na ponte que atravessa o Ribeirão Vai-Vem. Equipes da Saneago monitoram a situação.
08/06/2019, 17h59

Um caminhão carregado com produtos de origem animal tombou em uma ponte que atravessa o Ribeirão Vai-Vem, em Ipameri, interior de Goiás, e deixou a cidade sem abastecimento de água. O incidente ocorreu na manhã deste sábado (8/6).

Caminhão com esterco tomba em ponte e interrompe abastecimento de água em Iparemi
Foto: Reprodução/Facebook

A Saneago informou que equipes já monitoravam a situação. A Companhia garantiu que apesar do susto, a rede de água não foi contaminada. Veja abaixo o comunicado na íntegra:

A Saneago informa que, na manhã de hoje (8), um caminhão com produtos de origem animal tombou sob uma ponte que atravessa o Ribeirão Vai-Vem, em Ipameri. Imediatamente após o acidente, a captação de água foi paralisada. A Companhia tranquiliza a população, visto que a água distribuída nas redes não foi contaminada. Equipes realizam o acompanhamento da situação, o monitoramento de todo sistema de abastecimento e trabalham para resolver a condição com a maior agilidade possível. Por medidas de segurança, o fornecimento de água está, temporariamente, interrompido. A Saneago solicita a compreensão dos clientes e o consumo consciente das reservas domiciliares de água tratada.

Não há informações sobre o que teria provocado o acidente e nem sobre o estado de saúde do motorista do caminhão.

Manutenção deixa bairros de Goiânia e Aparecida sem abastecimento de água

Também por meio de comunicado, a Saneago informou que neste domingo (9/6) realizará uma manutenção programada na Estação Elevatória de Água Tratada Atlântico. O objetivo da ação é garantir o abastecimento de água nas regiões Sudoeste de Goiânia e Noroeste de Aparecida de Goiânia durante o período de estiagem.

Segundo a Companhia, técnicos estão trabalhando na troca das bombas que impulsionam a água para o reservatório Garavelo a fim de aumentar a vazão e garantir o abastecimento da região na época da estiagem. Durante a a realização do serviço, uma das três bombas será retirada, reduzindo o volume de água podendo ocorrer paradas momentâneas, afetando regiões pontuais por curto período.

Veja abaixo a lista de bairros que podem ser afetados:

  • Bairro Cardoso (Parcial)
  • Bairro Cardoso I (Parcial)
  • Bairro Hilda
  • Bairro Jardim Botânico (Parcial)
  • Buriti Sereno (Parcial)
  • Chácara Buritis
  • Cidade Empresarial
  • Condomínio Amim Camargo
  • Condomínio Andrea
  • Condomínio Aritana
  • Condomínio Cristina
  • Condomínio das Esmeraldas (Parcial)
  • Condomínio Residencial
  • Jardim Lisboa
  • Condomínio Rio Branco
  • Conjunto Estrela do Sul
  • Conjunto Vera Cruz (Parcial)
  • Condomínio dos Dourados
  • Goiânia Park Sul (Parcial)
  • Jardim Alphaville
  • Jardim Atlântico (Parcial)
  • Jardim Botânico (Parcial)
  • Jardim Caravelas (Parcial)
  • Jardim Corte Real
  • Jardim Eli Forte
  • Jardim Helvécia (Parcial)
  • Jardim Ipanema
  • Jardim Itaipu
  • Jardim Itapuã (Parcial)
  • Jardim Marques de Abreu
  • Jardim Ortências
  • Jardim Presidente (Parcial)
  • Jardim Tropical (Parcial)
  • Jardins Madri (Parcial)
  • Jardins Mônaco
  • Jardins Viena
  • Loteamento Moinho dos Ventos
  • Morada dos Pássaros
  • Oriente Ville
  • Parque das Paineiras
  • Parque Santa Rita (Parcial)
  • Residencial Alphaville
  • Residencial Ana Clara
  • Residencial Barcelona
  • Residencial Campos Dourados (Parcial)
  • Residencial Caraíbas
  • Residencial Center Ville (Parcial)
  • Residencial Della Penna
  • Residencial Della Penna Extensão
  • Residencial Eli Forte
  • Residencial Espanha
  • Residencial Fidelis
  • Residencial Flamingo
  • Residencial Flores de Goiás
  • Residencial Forteville
  • Residencial Forteville Extensão
  • Residencial Gardenia
  • Residencial Itaipú
  • Residencial Itaipu I
  • Residencial Katia
  • Residencial Norte Sul
  • Residencial Ponta Negra
  • Residencial Pôr do Sol
  • Residencial Portal Santa Rita
  • Residencial Privê Ilhas do Caribe
  • Residencial Real Conquista (Parcial)
  • Residencial Rio Verde
  • Residencial Santa Fé (Parcial)
  • Residencial Sevilha
  • Residencial Pilares de Goiás
  • Residencial Real
  • Residencial Solar Bougainville
  • Setor Aeroporto Sul (Parcial)
  • Setor Belo Horizonte
  • Setor Buriti Sereno (Parcial)
  • Setor dos Bandeirantes
  • Setor Faiçalville III e IV (Parcial)
  • Setor Garavelo (Parcial)
  • Setor Garavelo B (Parcial)
  • Setor Garavelo
  • Residencial Park (Parcial)
  • Setor Grajaú
  • Setor Serra das Brisas
  • Vila Mariana
  • Vila RizzoVila Rosa (Parcial)
Imagens: Facebook 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Esportes

Com 3 gols de Cristiane, Brasil vence Jamaica na estreia do Mundial Feminino

Resultado positivo encerra uma sequência de nove derrotas da seleção brasileira e um jejum de vitórias que já durava quase um ano.
09/06/2019, 13h17

Sem Marta, se recuperando de uma lesão muscular na coxa, a seleção brasileira feminina contou com o talento de Cristiane para vencer a Jamaica por 3 a 0 na estreia do Mundial da França. A atacante, uma das mais experientes do elenco, assumiu o protagonismo e fez os três gols da vitória tranquila no Stade des Alpes, em Grenoble.

O resultado positivo encerra uma sequência de nove derrotas da seleção brasileira e um jejum de vitórias que já durava quase um ano. O último triunfo havia sido conquistado em 29 de julho do ano passado, quando superou o Japão por 2 a 1, em amistoso na Inglaterra.

Com o bom início, o Brasil assume a ponta do Grupo C por ter saldo de gols superior ao da Itália, que também venceu na primeira rodada. A Austrália, uma das favoritas ao título, ocupa o terceiro posto, e a Jamaica é a lanterna. O próximo compromisso do time brasileiro é contra a Austrália, na quinta-feira, às 13 horas, em Montpellier.

As brasileiras contaram com o brilhantismo de Cristiane, que se tornou a segunda maior goleadora brasileira em Mundiais, agora com oito gols, atrás apenas de Marta, que tem 15, e se aproveitaram da fragilidade das jamaicanas para largar bem no Mundial. O time comandado por Vadão, mesmo sem Marta, dominou as ações na partida, de modo que teve mais posse de bola (62%), finalizou mais vezes – 19, sendo sete ao gol – e foi pouco ameaçado.

Com a boa postura em campo, o gol não demorou sair. Ele veio aos 15 minutos, quando Cristiane recebeu cruzamento de Andressa e acertou lindo cabeceio no canto esquerdo para inaugurar o placar. Após o tento, as brasileiras tiveram oportunidades para construir uma goleada ainda no primeiro tempo, mas empilharam chances desperdiçadas, entre elas um pênalti, que Andressa Alves bateu mal, no canto direito, onde a goleira Schneider caiu para fazer a defesa. A Jamaica foi à ataque poucas vezes e obrigou a goleira Bárbara a fazer duas boas intervenções em chutes de Shaw.

Na etapa final, a seleção brasileira, com a inspiração de Cristiane, definiu em poucos minutos o triunfo. A atacante do São Paulo nem precisou balançar as redes para marcar mais duas vezes. Aos quatro minutos, ela completou cruzamento da direita e viu Plummer cortar, mas a bola já havia ultrapassado a linha e o gol foi validado. Aos 18, Cristiane completou o show com uma bela cobrança de falta. Ela bateu com força, a bola explodiu no travessão e pingou dentro do gol.

Logo após o terceiro gol, Vadão substituiu Cristiane por Ludmilla. Com a saída da estrela da partida, o ritmo caiu um pouco, mas o Brasil conseguiu administrar o placar sem ser muito incomodado e conquistou uma importante vitória, que eleva o moral para a sequência do torneio.

SURPRESA ITALIANA – Mais cedo, no outro duelo do Grupo C, a Itália aprontou e derrotou a Austrália, uma das favoritas ao título, de virada, por 2 a 1, em duelo disputado no Stade du Hainaut, em Valenciennes. O duelo foi animado, repleto de chances, com um pênalti para cada lado e gol que definiu o triunfo italiano aos 49 minutos da etapa final.

Donas de seis conquistas mundiais, as australianas abriram o placar aos 22 minutos do primeiro tempo com Kerr, uma das finalistas da última Bola de Ouro. Ela teve sua cobrança de pênalti defendida, mas marcou no rebote. Na etapa final, brilhou Bonansea, craque da Juventus. A atacante empatou aos 11 em bonito lance, e fez de cabeça o gol da vitória no último minuto, aproveitando falha da goleira Lydia.

Imagens: Seleção 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.