Saúde

Brasil é o país mais ansioso do mundo, segundo a OMS

Mais de 18 milhões de brasileiros (9,3% da população) convivem com o transtorno.
05/06/2019, 11h56

O Brasil sofre uma epidemia de ansiedade. Segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o País tem o maior número de pessoas ansiosas do mundo: 18,6 milhões de brasileiros (9,3% da população) convivem com o transtorno. O tabu em relação ao uso de medicamentos, entretanto, ainda permanece.

Daniel Martins de Barros, psiquiatra do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas de São Paulo, confirma. “As duas frases que eu mais ouço na clínica são ‘eu não queria tomar remédio’, na primeira consulta, e ‘eu não queria parar de tomar os remédios’, na consulta seguinte. A gente tem muita resistência porque existem muitos mitos: ficar viciado, bobo, impotente, engordar”.

Barros explica que todo remédio pode ter efeitos colaterais e eles serão receitados quando existir uma relação de custo-benefício a favor do paciente. “Tudo é assim na medicina e na vida”, diz.

Neury Botega, psiquiatra da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), afirma que há 30 anos os médicos dispunham de recursos inadequados para tratar a ansiedade. “Ou usávamos drogas bem pesadas, como barbitúricos, ou as que existem até hoje, como as faixas pretas, os benzodiazepínicos. Por isso, nós vimos várias tias, avós, viciadas em remédios e essa é uma das imagens gravadas quando pensamos em tratamentos psiquiátricos”.

A partir de 1990, a fluoxetina, mais conhecida comercialmente como Prozac, torna-se popular. Para Botega, isso muda totalmente o paradigma do tratamento da ansiedade. “Hoje, para tratá-la, na maioria das vezes usamos medicamentos que aumentam a atividade de um neurotransmissor chamado serotonina. É o nosso Bombril: mil e uma utilidades”.

Em relação ao tempo de duração do tratamento, não há protocolos claros para a ansiedade, como existem para a depressão. “Ele pode durar um tempo ou ser necessário pela vida inteira. Ansiedade é como pressão alta: quando descontrola, às vezes é para sempre. Você pode controlar com atividade física, meditação, terapia, mas ela vai estar sempre ali te ameaçando”, diz Martins de Barros.

De acordo com ele, os casos variam bastante: há desde indivíduos que terão alta e nunca mais precisarão de remédios até outros que dependerão de medicamentos para o resto da vida.

‘Medicalização’

Leandro Karnal, historiador e colunista do jornal O Estado de S. Paulo, aponta outro lado da questão e vê uma “medicalização” do comportamento humano. “Se o aluno não consegue acompanhar as aulas, dão remédio para ele. Nem todo mundo que não presta atenção tem déficit de atenção. A aula pode ser chata mesmo”, argumenta.

Rosely Sayão, psicóloga e consultora em educação, chama a atenção para o que ela intitula de “epidemia de diagnósticos”, que envolve leigos e profissionais de saúde. Para ela, cada um de nós hoje usa a lógica médica para olhar para o outro e dizer: “Essa pessoa é chata; essa pessoa tem TOC; fulano surtou”. “Nós vivemos à base de diagnósticos e, quando fazemos isso, apagamos a pessoa que está por trás dele”.

Imagens: Vittude 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

40% das crianças que morrem no trânsito no Brasil estão dentro de veículo

Atropelamentos vêm na segunda colocação.
05/06/2019, 14h14

Das crianças que morrem atualmente no trânsito brasileiro, 40% estavam na condição de ocupantes de veículos, sendo esta, hoje, a principal forma de óbito desse público no País. Atropelamentos vêm na segunda colocação.

Números mais recentes do Datasus, plataforma de dados do Ministério da Saúde, mostram que do total de óbitos por acidentes de trânsito no Brasil envolvendo crianças menores de um ano a 9 anos de idade, 279 morreram por estarem dentro de veículos. Naquele ano, foram registrados 221 atropelamentos desse público.

Um projeto de lei que altera pontos no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), entregue pelo presidente Jair Bolsonaro à Câmara nesta terça-feira, 4, prevê que motoristas flagrados sem a cadeirinha para crianças nos bancos traseiros deixem de ser multados. Eles passarão a receber somente advertência.

Gerente executiva da ONG Criança Segura, Gabriela Guida lembra que todo ano morrem aproximadamente 500 crianças em colisões de trânsito. “Fora as que são internadas, com as quais o SUS está gastando”, diz. “O governo gasta muito dinheiro por ano para atender essas crianças que se acidentaram no trânsito, fora as que morrem.”

Para Gabriela, o uso da cadeirinha no banco traseiro é “a única forma segura” para transportar crianças no veículo. “Os assentos de um carro foram pensados para um adulto. É por isso que uma cadeirinha, adaptada ao corpo e à massa da criança, é a única forma segura para realizar o transporte”, explica.

Na contramão

Na avaliação da gerente executiva da Criança Segura, o fim da aplicação de multa para quem for flagrado sem a cadeirinha no banco traseiro é “muito ruim” e “vai na contramaão das recomendações internacionais”.

A ONG é integrante de uma rede internacional chamada Safe Kids, que discute medidas no mundo inteiro para prevenção e redução de mortalidade infantil no trânsito. “Tudo que vemos lá fora é o contrário. Outros países estão trabalhando muito para colocar a cadeirinha na lei”, diz Gabriela.

Pedro de Paula, coordenador executivo da Iniciativa Bloomberg, reforça que as mudanças envolvendo a cadeirinha infantil vai na contramão de modelos internacionais.

“A medida contraria as melhores práticas internacionais e tudo que se tem estudado e observado no campo de regulação prática e segurança viária nos últimos anos”, afirma Paula.

‘Tragédia’

Segundo o coordenador da Iniciativa Bloomberg, no mundo inteiro a principal causa de mortes de crianças de 5 a 14 anos são os acidentes de trânsito. “Se estamos retirando uma infração que é comprovada pela OMS e por atores internacionais, como medida levada a sério no mundo para redução da mortalidade de crianças, (o governo) está contribuindo ainda mais para uma tragédia humana de promover mais mortalidade de jovens e crianças no Brasil”, afirma.

Gabriela defende ainda que somente campanhas educativas – sem a cobrança da penalidade – serão insuficientes para evitar os acidentes e óbitos no trânsito envolvendo crianças.

“Qualquer mudança de comportamento no trânsito para pegar tem, sim, que ter campanha de conscientização. Porém, tem de vir combinada com lei, autuação e fiscalização, senão o hábito não pega”, afirma. “Nós sentimos muito essa mudança. Porque quem trabalha com trânsito sabe que a educação por si só não dá conta da mudança de comportamento.”

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Marconi Perillo e José Eliton podem ficar inelegíveis

Presidente da Alego afirmou que tendência é a Casa seguir a recomendação do TCE-GO.
05/06/2019, 14h43

Os ex-governadores de Goiás Marconi Perillo e José Eliton (ambos do PSDB) podem ficar inelegíveis por oito anos e ser alvos de processos de improbidade administrativa, caso a Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego) siga a recomendação do Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE-GO) para rejeitar as contas do último ano de governo dos ex-gestores.

A ilegibilidade dos ex-governadores está prevista na leis da Ficha Limpa e de Responsabilidade Fiscal, conforme advogados e técnicos de tribunais de contas informaram ao O Popular. Conforme a publicação, existe a possibilidade da Alego protelar o julgamento das contas, como em 2010, quando as contas do ex-governador Alcides Rodrigues foram aprovadas pela casa. Porém o plenário da Casa só julgou as contas do ex-gestor em 2014, mais de três anos após o parecer do TCE.

Os deputados estaduais que compõem a Casa avaliaram que neste momento há muito mais pressão política e popular, e por isso não seria possível adiar o julgamento do parecer do Tribunal. O presidente da Alego, Lissauer Vieira (PSB), afirmou que a tendência é o parlamento goiano acatar a recomendação do TCE-GO.

Conforme a matéria veiculada pelo jornal, há possibilidade de uma briga jurídica para livrar Marconi Perillo da responsabilidade, pois governou o Estado por 95 dias em 2018, e deixou o cargo para concorrer as eleições para o Senado Federal.

TCE-GO rejeitou contas do último ano de gestão de Marconi Perillo e José Eliton

Na última terça-feira (4/6) o TCE-GO julgou as contas dos ex-governadores Maroni Perillo e José Eliton, em seu último ano de gestão. Durante a votação o relator do caso votou para que as contas fosse rejeitadas.

Durante a votação do mérito houve um empate em 2 a 2 e coube ao presidente do tribunal definir e com 3 votos a 2, o parecer para que as contas fossem rejeitadas foi aprovada pelo TCE. Essa foi a segunda vez que o Tribunal deu parecer para rejeitar as contas de gestões anteriores, a primeira vez foi quando o TCE rejeitou as contas do ex-governador Alcides Rodrigues.

Via: O Popular 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Floriculturas em Brasília: 8 opções para surpreender no presente

Preparamos uma listinha com algumas das melhores floriculturas em Brasília para você presentear aquela pessoa que tanto gosta!
05/06/2019, 15h05

Em tempos não tão distantes, o ato de dar e receber flores era algo muito mais comum do que nos dias de hoje, um verdadeiro símbolo de romantismo e carinho. Embora seja menos frequente, o gesto ainda é bastante apreciado e representa o afeto, fazendo com que o simples fato de ganhar flores seja um dos melhores presentes que alguém pode receber. Portanto, se você está em Brasília e busca pelas melhores floriculturas, podemos te ajudar!

Preparamos uma listinha com lugarzinhos bem especiais que trabalham com produtos para todas as necessidades. Seja para comemorar uma data especial ou para surpreender, será possível encontrar excelentes opções em buquês, arranjos e cestas de café da manhã. Dá uma olhada!

Encontre as melhores floriculturas em Brasília:

1 – Floresta Flores

floriculturas em brasília
Foto: Reprodução

Presente no mercado desde 1997, esta é uma das floriculturas mais populares em Brasília, sempre se preocupando com a qualidade dos produtos e serviços oferecidos. Por ali é possível encontrar diversas flores para todos os momentos, seja para presentear ou decorar.

A casa entende que as flores são capazes de transmitir sensibilidade e representam algo que realmente toca o coração. Portanto, preparam arranjos e buquês encantadores, seja para um presente de aniversário, para comemorações entre namorados, congratulações e até mesmo para os momentos mais difíceis, como os de luto. Clique aqui e confira as opções disponíveis.

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 7h30 às 20h | sábado, das 8h às 18h | domingo, das 9h às 13h

Telefone: (61) 3347-7700

Endereço: Asa Norte Comércio Local Norte 307 Bloco E loja 04 – Asa Norte, Brasília – DF, 70746-550

2 – Fascinação Flores

floriculturas em brasília
Foto: Reprodução

Presente no comércio de flores desde 1994, a floricultura está bem no centro de Brasília e se caracteriza como especialista “na arte de emocionar com praticidade, requinte e bom gosto”. Seja para lembrar, agradecer ou festejar, você sempre encontrará uma boa opção no lugar.

Os materiais e acessórios utilizados são sempre da mais alta qualidade. A equipe presente na casa é formada por profissionais qualificados e competentes, garantindo que seu pedido seja sempre bem produzido.

Por ali é possível encontrar buquês, ramalhetes, cestas, arranjos, pelúcias, cestas com chocolates e muito mais. Além de comprar na loja física, ainda é possível comprar pela internet ou pelo telefone. Clique aqui e confira.

Horário de atendimento: segunda a sexta, das 7h30 às 20h | sábado, das 7h30 às 19h | domingo, das 8h às 14h

Telefone: (61) 3225-5150

Endereço: Asa Sul Comércio Local Sul 302 Loja 16 – Asa Sul, Brasília – DF, 70338-520

3 – A Rosa de Ouro Flores

floriculturas em brasília
Foto: Reprodução

A Rosa de Ouro também entra para a lista como uma das floriculturas mais procuradas em Brasília. Por ali é possível encontrar flores para todos os gostos e necessidades, em arranjos, buquês, cestas ou vasinhos.

Ainda é possível encontrar outras plantas, principalmente para quem pretende garantir uma decoração mais natural no ambiente de casa. Os produtos são sempre de alta qualidade!

Horário de atendimento: segunda a sábado, das 6h às 22h | domingo, das 9h às 13h

Telefone: (61) 3322-0234

Endereço: BL D 17, Asa Norte CLN 202 – Asa Norte, Brasília – DF, 70832-545

4 – Internacional Flores

floriculturas em brasília
Foto: Reprodução

Esta é uma das floriculturas mais tradicionais em Brasília, com muitos anos de história. Foi apenas depois de conquistar o mercado e até ganhar prêmios, que o lugar passou a se chamar Internacional Flores.

Por ali é possível encontrar opções e variedades para todos os gostos e necessidades. A casa trabalha com presentes especiais para as mais diversas ocasiões, como dia das mães, da mulher, dia dos namorados, dos pais, da amizade e muito mais. Ainda é possível encontrar cestas, buquês, rosas avulsas, arranjos, vasos plantados e coroas de flores. A loja também trabalha com decoração de festas e eventos. Clique aqui e saiba mais.

Horário de atendimento: segunda a sábado, das 6h40 às 21h30 | domingo, das 8h às 14

Telefone: (61) 3244-4193

Endereço: CLS 205 Bloco A Loja 35 – Asa Sul, Brasília – DF, 70235-510

5 – Flores Alvorada

floriculturas em brasília
Foto: Reprodução

Uma das primeiras floriculturas em Brasília, foi fundada ainda em 1979. Empresa familiar, já está em sua segunda geração de proprietários (de pai para filha) e preza sempre pela satisfação de seus clientes.

Por ali é possível encontrar arranjos florais, buquês, decorações de eventos (a exemplo de casamentos, mini wedding, noivados, aniversários e mais) e muito mais.

Ainda é possível contar com as tradicionais cestas, sejam elas com flores mistas, flores do campo e outras opções. Vale a pena conhecer!

Horário de atendimento: segunda a sábado, das 8h às 19h

Telefone: (61) 3443-1899

Endereço: Asa Sul Comércio Local Sul 207 Bl B Lj 17 – Asa Sul, Brasília – DF, 70253-520

6 – Floricultura Center Flores

floriculturas em brasília
Foto: Reprodução

Mais uma excelente opção entre as floriculturas em Goiânia, principalmente para quem está em busca de bons preços. Aqui é possível contar sempre com bom atendimento e produtos de alta qualidade, planejados para atender a todas as necessidades e datas especiais.

É possível encontrar buquês, cestas de café da manhã, vasos, pelúcias, chocolates, arranjos, coroas de flores e muito mais.

Horário de atendimento: segunda a sábado, das 7h30 às 19h | domingo, das 8h às 12h30

Telefone: (61) 3361-8289

Endereço: SRES Q. 01 COMERCIO LOCAL BLOCO A LOJA 42 CRUZEIRO CENTER – Cruzeiro Velho, Brasília – DF, 70640-515

7 – KF Karisma Flores

floriculturas em brasília
Foto: Reprodução

Localizada na Asa Norte, é uma das melhores floriculturas da região. Por ali você encontra flores novas e de alta qualidade, sempre bem cuidadas e que formam arranjos ou buquês belíssimos.

Se você está em busca de uma boa alternativa para presentear aquela pessoa que tanto gosta, sem dúvida é uma das melhores opções! Vale a pena conhecer!

Horário de atendimento: segunda a sábado, das 8h às 19h

Telefone: (61) 3347-0388

Endereço: Bloco E – Loja 72/76, Cln 309 – Asa Norte, Brasília – DF, 70755-550

8 – Cantinho das Flores

floriculturas em brasília
Foto: Reprodução

Com um dos melhores custo-benefício de Brasília, o Cantinho das Flores é uma das alternativas certas para quem está em busca de precinhos mais baixos mas não quer perda de qualidade. Aqui você sempre encontra flores lindas para presentear aquela pessoa especial, sem falar que todos os outros produtos também oferecem muita qualidade!

Horário de atendimento: todos os dias, das 7h às 17h30

Telefone: (61) 3354-9406

Endereço: St. H Norte QNH – Taguatinga, Brasília – DF, 71130-000

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Homem que invadiu fórum de São Miguel do Araguaia de moto é reincidente

O homem é conhecido na cidade por ter problemas mentais, mas era resistente ao tratamento médico.

Por Ton Paulo
05/06/2019, 15h37

O homem que invadiu o fórum do município goiano de São Miguel do Araguaia, a quase 500 quilômetros de Goiânia, é conhecido na cidade por ter problemas mentais e já havia invadido o local outras duas vezes. O caso aconteceu na última segunda-feira (3/6).

Conforme informações da Polícia Civil, Alberone Martins do Vale, de 44 anos, chegou ao fórum de São Miguel do Araguaia por volta das 14h30 numa moto carregada com pedaços de cerca. Ignorando a segurança, ele invadiu o local e rumou para o gabinete do juiz.

A polícia informou que ele estava em posse de um facão, e tinha como objetivo matar o magistrado que havia determinado sua internação devido aos problemas psiquiátricos. Ainda de acordo com a polícia, ele já havia tido outros surtos, onde também invadiu o fórum, a pé, mas essa teria sido a primeira vez em que ele foi tão agressivo.

O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) informou a um veículo local que Alberone foi condenado pelo crime de furto ainda em janeiro deste ano. Conforme a decisão, ele fez um exame de insanidade mental que comprovou que ele tem transtorno afetivo bipolar. O juiz, então, determinou que os 5 meses em regime aberto que ele deveria cumprir como pena fossem convertidos em medida de segurança de tratamento ambulatorial por tempo indeterminado com prazo mínimo de um ano.

Alberone se encontra detido na Unidade Prisional de São Miguel do Araguaia, e aguarda transferência para uma unidade psiquiátrica.

Invasor do fórum de São Miguel do Araguaia tinha resistência ao tratamento médico

Ao Dia Online, uma representante do Centro de Atenção Psicossocial (Caps) informou que Alberone fazia o devido tratamento para seu transtorno, mas que o mesmo não tinha o efeito esperado uma vez que o homem se recusava a cumprir as determinações médicas, como o uso da medicação adequada.

A responsável também informou que antes de rumar para o fórum, Alberone estava no Caps, em consulta médica, e que o especialista que o atendia havia lhe receitado a devida medicação.

Via: G1 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.