Economia

ANTT marca para 18 de setembro leilão da BR-364/365 entre Goiás e Minas Gerais

Prazo da concessão será de 30 anos.
05/06/2019, 09h57

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) avisa no Diário Oficial da União (DOU) que realizará o leilão de concessão da BR-364/365, entre Goiás e Minas Gerais, no dia 18 de setembro deste ano. A sessão ocorrerá às 10 horas na B3 em São Paulo. O empreendimento faz parte do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do governo federal. Segundo a agência, a tarifa-teto definida para o leilão é de R$ 7,02 para cada uma das sete praças de pedágio.

O edital e outros documentos do leilão estarão disponíveis no site da ANTT a partir desta quarta-feira, 5, e, segundo o aviso, os pedidos de esclarecimento sobre o edital deverão ser feitos até as 18h do dia 12 de julho.

A rodovia a ser concedida consiste em um trecho de 437 quilômetros, que compreende onze municípios do Estado de Goiás (Aparecida do Rio Doce, Cachoeira Alta, Jataí, Paranaiguara e São Simão) e seis de Minas Gerais (Santa Vitória, Gurinhatã, Ituiutuba, Canópolis, Monte Alegre de Minas e Uberlândia).

O prazo da concessão será de 30 anos. No período, estão previstos investimentos de R$ 2,06 bilhões em obras e de R$ 2,51 bilhões em custos operacionais.

Imagens: R7 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Concursado de município goiano embolsava impostos recebidos pela Prefeitura

O servidor chegou a confessar a prática do ato ilícito. Ele foi afastado de suas funções.

Por Ton Paulo
05/06/2019, 10h29

A Polícia Civil deflagrou, na última terça-feira (4/6), uma operação que apurou um esquema de desvio tributário por parte de um funcionário público do município goiano de Guarinos, a 280 quilômetros de Goiânia. O servidor concursado, responsável pelo recebimento de determinado imposto do município, se apropriava dos valores pagos pelos contribuintes em vez de repassá-los aos cofres públicos. O homem confessou a prática do ato ilícito.

A Operação Confisco ocorreu por meio da Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Ordem Tributária (DOT) deflagrou, nesta terça-feira (4), com o apoio das delegacias regionais de Ceres e Itapaci, e teve como alvo o servidor da Prefeitura de Guarinos, Rogélio Mendes Ferreira, responsável pelo recebimento do Tributo ISTI – Imposto transmissão inter vivos.

De acordo com a polícia, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão, um deles na sala do servidor na Prefeitura. A Polícia Civil também representou pela suspensão da função pública de Rogélio. A ordem de afastamento do cargo também já foi aceita pelo Poder Judiciário e cumprida ainda na terça-feira.

Concursado de município goiano embolsava impostos recebidos pela Prefeitura
Rogélio Mendes / Foto: PC

As investigações apuraram que o servidor vinha se apropriando dos valores referentes aos tributos recolhidos pelos contribuintes e não repassava aos cofres do município, causando grande prejuízo ao município. Conforme a polícia, investigado responderá pelos crimes de apropriação de dinheiro ou valores de que teve posse em razão do cargo (art 312 do CP) e crimes contra ordem tributária (lei 8.137/90).

Defesa da Prefeitura de Guarinos comentou caso do concursado que se apropriava de impostos do município goiano

À reportagem do Dia Online, um representante do departamento jurídico da Prefeitura de Guarinos falou sobre o caso. Conforme o advogado, assim que surgiram suspeitas sobre a usurpação de verba pública por parte do servidor, o mesmo foi confrontado e acabou confessando a prática ilícita.

O advogado ainda conta que, em posse das informações, a Prefeitura procurou a Delegacia Estadual de Repressão a Crimes Contra a Administração Pública e denunciou o servidor. Paralelamente, foi aberta um sindicância, onde Rogélio deve ser ouvido no próximo dia 10 de junho.

“Ele já confessou a prática, mas o processo administrativo vai servir para saber como aconteceu, quanto foi desviado e de quanto foi o prejuízo”, revela.

A reportagem não conseguiu contato com a defesa de Rogélio.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Trânsito

Motorista morre em acidente na BR-020, em Formosa; passageiro não se feriu

Acidente ocorreu na noite desta terça-feira (4/6), na altura do quilômetro 14 da rodovia.
05/06/2019, 10h33

Um motorista, de 37 anos, morreu em um grave acidente entre um carro de passeio e um caminhão, ocorrido na noite desta terça-feira (4/6), na BR-020, em Formosa, cidade goiana localizada no Entorno do Distrito Federal. O condutor do caminhão e e o passageiro do carro de passeio recusaram atendimento médico por não apresentarem lesões, segundo o Corpo de Bombeiros de Goiás (CBMGO).

Ainda conforme a corporação, no local do acidente, ocorrido na altura do quilômetro 14 da rodovia, foi estabelecida a segurança do local e a estabilização do cenário para que outros acidentes não ocorressem. Foi constatado que o motorista do veículo menor morreu ainda no local, preso às ferragens.

Outras duas vítimas, sendo o motorista do caminhão e o passageiro do carro de passeio, receberam os primeiros atendimentos do Corpo de Bombeiros. Ambos recusaram ser transportados para uma unidade de saúde por não apresentarem lesões.

A equipe de bombeiros fez o desencarceramento do corpo do homem, que ficou aos cuidados da Polícia Técnico-Científica de Formosa.

Acidente grave na BR-020, em Formosa, deixa pai e filha mortos

Em abril deste ano, pai e filha morreram em grave acidente na BR-020, em Formosa. De acordo com testemunhas, o motorista do veículo tentou uma ultrapassagem, mas perdeu o controle da direção e bateu contra uma árvore às margens da rodovia.

No carro da família estavam o motorista, de 45 anos; a filha, uma criança de 10 anos; o filho, de 24 anos; e a mulher do motorista, de 37. O jovem e a esposa do motorista sobreviveram ao acidente com diversos ferimentos.

Acidentes nas rodovias goianas

De acordo com balanço operacional da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Goiás, nas últimas 24 horas, ocorreram nas rodovias federais que cortam o estado cinco acidentes, que resultou em quatro pessoas feridas. No período, foram aplicadas 464 notificações de multas por infrações diversas onde 194 veículos foram flagrados em excesso de velocidade e 47 motoristas foram autuados por não usarem o cinto de segurança.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

Mulher manda matar namorado PM após saber que ele tinha caso com filha dela

Corpo foi encontrado no banco da frente de um carro em chamas na madrugada desta terça-feira, 4, junto ao colete balístico, arma, carregador e algemas do policial.
05/06/2019, 11h00

A Polícia Civil anunciou como crime passional a morte do cabo da Polícia Militar Elias Matias Ribeiro, de 49 anos, que teve o corpo carbonizado em um canavial em Araraquara, município do interior de São Paulo. O corpo foi encontrado no banco da frente de um carro em chamas na madrugada desta terça-feira, 4, junto ao colete balístico, arma, carregador e algemas do policial.

A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) informou que Ribeiro foi morto a mando da namorada dele, Jaciane Maria, de 40 anos. Ela decidiu matar o namorado após descobrir que ele tinha um caso com sua filha mais nova, de 20 anos.

Segundo a investigação, Jaciane namorava o PM havia cinco meses. No fim de semana, ela teve acesso a um vídeo íntimo do namorado e a filha mais nova. Revoltada com o caso, decidiu matá-lo.

Para o crime, ela contou com a ajuda da outra filha, Larissa Marques, de 22 anos, e de um tio, um pedreiro de 54 anos, que está foragido. Na noite de segunda-feira, dia 3, a mulher atraiu o policial para sua casa e, enquanto ele dormia, o tio o matou com golpes de marreta. A arma usada no crime foi encontrada na casa dele. A mulher e a filha foram presas na tarde de terça-feira e confessaram o crime.

De acordo com a polícia, a filha ajudou a mãe e o tio a colocarem o corpo da vítima no carro do policial, junto com o colchão ensanguentado. O veículo foi levado a um canavial, próximo à divisa com Américo Brasiliense, e incendiado com o corpo dentro.

Os três suspeitos deixaram o local no carro da filha. Marcas de pneus compatíveis com os do carro dela foram detectadas no local. Para confirmar a identidade da vítima, foi necessário exame de arcada dentária.

As duas mulheres tiveram as prisões temporárias decretadas. Elas foram indiciadas por homicídio qualificado, por motivo fútil, recurso que impediu a defesa da vítima, e destruição do corpo. As acusadas não tinham apresentado advogado até a manhã desta Quarta-feira (5). O tio delas está sendo procurado pela polícia.

O cabo Matias era policial desde 1990 e trabalhava no 13º Batalhão da PM em Araraquara. Ele era motorista do comandante da unidade e estava a um mês de se aposentar. Durante quase 20 anos, o PM integrou o Corpo de Bombeiros de São Carlos e, em 2010, foi escolhido o “Bombeiro do Ano”.

O comando do 13º BPM/I de Araraquara divulgou nota manifestando pesar pela morte do policial, “que deixa filhos, familiares e muitas saudades aos amigos e companheiros de trabalho”.

Imagens: G1 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Bolsonaro participa, em Goiás, de ação de preservação do Rio Araguaia

Lançamento do projeto "Juntos pelo Araguaia" ocorre nesta quarta-feira (5/6), em Aragarças.
05/06/2019, 11h47

Ocorre nesta quarta-feira (5/6), em Aragarças, interior de Goiás, o lançamento do projeto “Juntos pelo Araguaia”. O evento conta com as presenças do governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), e do presidente da República, Jair Bolsonaro (PSL). Os governadores de Mato Grosso e do Tocantins, Mauro Mendes e Mauro Carlesse, secretários, prefeitos, deputados e ministros também participam da solenidade.

Após visita técnica ocorrida no local do evento, nesta terça-feira (4/6), Caiado ressaltou que além de preservar o patrimônio natural, o “Juntos Pelo Araguaia” realizará ações que abrangem cidades goianas e matogrossenses. O objetivo é promover o desenvolvimento sustentável, dando atenção às carências de cada região.

O governador defendeu ainda que a preservação do Rio Araguaia é uma das maiores metas de seu governo. “Tenho o compromisso, desde que estou na vida pública, de um dia poder recuperar a maior beleza que o Estado de Goiás tem”, declarou.

Projeto de preservação do Rio Araguaia

A ação “Juntos Pelo Araguaia”, lançada no dia em que se comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente, atuará na recomposição florestal, conservação de solo e água, além de ações paralelas nos municípios goianos. O projeto conceitual foi desenvolvido pelo Instituto Espinhaço, por meio de acordo de cooperação técnica com a Secretaria de Meio Ambiente do Governo de Goiás (Semad).

“Esse projeto envolve duas ações muito concretas, que é a contenção de sedimentos das voçorocas e o replantio de florestas nativas, de árvores nativas nas nascentes e nas margens dos rios. Então, vamos cooperar com contenção de solo e com reflorestamento para permitir que o nosso rio possa recuperar a sua saúde”, defende a titular da Semad, Andréa Vulcanis.

A programação do projeto começou na última segunda-feira (3/6) e segue até o dia 7 de junho. Durante o período, serão realizadas mostras fotográfica e de cinema ambiental, além de ciclo de palestras com vários temas, entre eles: A evolução da legislação ambiental no mundo e no Brasil; O uso racional dos recursos hídricos; Plano de segurança de barragens em Goiás; e Desafios do licenciamento ambiental.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.