Política

Na Câmara, Delegado Waldir chama estudantes de "maconheiros"

O parlamentar chamou os estudantes presentes de "maconheiros" e mandou "ir trabalhar" o professor e agrônomo que filmava todo o ocorrido.

Por Ton Paulo
22/05/2019, 16h01

Uma enorme confusão se formou na tarde desta quarta-feira (22/5) durante uma audiência pública na Câmara dos Deputados, em Brasília, que tratava sobre o contingenciamento do orçamento imposto pelo governo federal à Educação superior e básica. Em um vídeo gravado no momento da balbúrdia, é possível ver o deputado goiano Delegado Waldir, líder do PSL na Câmara, visivelmente alterado. Aos gritos, o parlamentar chama os estudantes presentes de “maconheiros” e manda “ir trabalhar” o professor que filmava todo o ocorrido.

A audiência pública, que teve início por volta das 9h30 de hoje, estava prevista para terminar às 14h, mas foi encerrada em meio a um verdadeiro pandemônio. Isso porque, conforme havia sido combinado no início da audiência, representantes da União Nacional dos Estudantes (UNE) e da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES) teriam direito à palavra antes do encerramento. Entretanto, parlamentares da base governista não aceitaram. O deputado Delegado Waldir foi um deles.

No vídeo obtido pela nossa reportagem, é possível ver o deputado gritando “maconheiros!” – se referindo aos estudantes presentes que teriam a palavra. Num dado momento, o dono da filmagem grita para o parlamentar: “Vou mostrar lá em Goiás como o senhor trata os estudantes!”. O deputado, então, parece se irritar mais, e grita em resposta: “Pode mostrar! Petista! Vai trabalhar!”, ao que o homem responde “Não sou petista, deputado! Me respeite, sou professor universitário!”.

Deputado Delegado Waldir disse que “universidades federais são zonas de livre consumo de drogas”

À reportagem do Dia Online, o deputado Delegado Waldir explicou sua exasperação. Segundo ele, a audiência pública acontecia desde a manhã, e todos – incluindo o ministro da Educação, Abraham Weintraub, que estava presente – estavam cansados e não tinham almoçado, e que não seria correto os representantes das entidades estudantis terem a palavra, uma vez que alguns deputados também não tinham se manifestado. “Tinha mais 50 deputados para falar, e a quatro minutos de encerrar a audiência, a presidente da mesa, que é do PCdoB, disse que iria dar a palavra para o pessoal da UNE!”, contou.

O deputado comentou o teor do debate na audiência, e disse que as universidades federais eram “zonas de livre consumo de drogas”. “Olha o que aconteceu ontem! As drogas que a Rotam apreendeu lá naquela casa da UFG! E nas universidades federais a PM não pode entrar, aí vira festa, elas viram zonas de livre consumo de drogas. As universidades, mas os institutos federais não! Os institutos são espetaculares!”, disse.

Professor que filmou Delegado Waldir disse que fala de estudantes já estava programada

Ouvido pela reportagem do Dia Online, o professor da Escola de Agronomia  da UFG, Flávio Alves, autor do vídeo da confusão na Câmara, comentou o ocorrido. Segundo o professor, que também preside o Sindicato dos Docentes das Universidades Federais de Goiás (Adufg), a fala dos representantes da UNE e UBES, que foi impedida por deputados da base do governo, já estava programada.

“No início da audiência, foi combinado que os estudantes teriam direito à fala pouco antes do encerramento. O deputado Delegado Waldir chegou posteriormente, por isso não viu”, explica.

O professor e agrônomo também falou sobre a reação do deputado ao ser visto filmado. “Quem tentou impedir os estudantes de falarem foi a tropa de choque do governo, que inclui o Waldir. Ele não é normal. Se fosse outra pessoa, eu diria que ele estava sob efeito de maconha, mas como era ele… Ele se comporta de forma agressiva em todo lugar”, finaliza.

Veja o vídeo do momento da confusão:

Após a confusão, representante da UNE, Mariana Dias, falou aos presentes. Veja abaixo:

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Homem tenta matar a amante e o filho dela mas acaba linchado, em Aparecida de Goiânia

Mulher terminou a relação, mas o suspeito não aceitou o fim do caso extraconjugal.
22/05/2019, 16h28

Um homem acabou linchado por populares e preso pela polícia, após tentar matar a ex-namorada e o filho dela, na noite da última terça-feira (21/5) no Jardim Tiradentes, em Aparecida de Goiânia, região metropolitana da capital.

A Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) esteve no local para atender a ocorrência e relatou no Registro de Atendimento Integrado (RAI) o ocorrido. De acordo com a PM, quando a equipe policial chegou ao local encontrou três pessoas feridas no chão, duas por disparos de arma de fogo e outra agredida pelos populares.

A polícia afirmou que as vítimas baleadas foram identificadas como Elizabeth Pereira Guimarães, seu filho Guilherme Guimarães dos Santos, e o ex-namorado de Elizabeth, Valdecy Pereira Vargas, que foi linchado por vizinhos e familiares dos baleados.

De acordo com as informações levantadas pela polícia, Valdecy Pereira Vargas chegou na casa da ex-namorada armado com um revólver calibre 38 e atirou contra Elizabeth. O filho da ex-namorada, Guilherme, estava no local no momento e após ver a mãe ser baleada entrou em luta corporal com o autor dos tiros e também foi baleado.

Após atirar contra as duas vítimas, o outro filho da ex-namorada entrou em luta corporal com o suspeito e vizinhos lincharam Valdecy

A polícia afirmou ainda que o filho mais velho de Elizabeth chegou no momento da confusão e também entrou em luta corporal com Valdecy. Nesse período, vizinhos da residência, após ouvir a confusão, saíram de casa e começaram a linchar o agressor. Segundo apurou a polícia, Valdecy é casado e tinha um caso com a vítima, porém Elizabeth tentou terminar, mas o suspeito não aceitou e tentou matá-la na noite de ontem.

Conforme a PM, o agressor estava caído no chão e sem a arma, durante as buscas a polícia encontrou o revólver 38 próximo aos baleados com quatro munições deflagradas e uma intacta. A polícia acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgências (SAMU) e o Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) para socorres os feridos.

Diante dos ferimentos dos envolvidos nenhum foi levado à delegacia, entretanto o caso foi apresentado na 4ª Delegacia de Polícia (DP) de Aparecida de Goiânia, onde vai ser lavrado o auto de prisão em flagrante por dupla tentativa de homicídio em desfavor de Valdecy Pereira Vargas. O caso passa a ser investigado pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam) de Aparecida de Goiânia.

De acordo com as informações Valdecy foi encaminhado para o Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia (Huapa), a reportagem entrou em contato com a assessoria de imprensa da unidade e que informou que o suspeito deu entrada na unidade, mas não há registros de outros atendimentos feitos ao paciente.

Elizabeth e Guilherme foram levados para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), o Dia Online entrou em contato com a assessoria do Hospital que por meio de nota informou que Elizabeth foi atendida na última terça-feira (21), passou por cirurgia e encontra se internada em um leito da enfermaria do Hugo, respirando sem o auxílio de aparelhos. Em relação ao Guilherme, a assessoria do Hugo informou que ele não foi atendido na unidade e não há informações para onde o rapaz foi levado.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Advogado é preso suspeito mandar incendiar fórum de Itapaci

Intenção do advogado era destruir processos nos quais é apontando como suspeito de tentativa de homicídio e ameaça.
22/05/2019, 16h50

Suspeito de mandar incendiar o Fórum de Itapaci, no Centro do estado, o advogado Enes Borges de Mendonça foi preso na última terça-feira (21/5). Conforme publicação de um jornal local, o advogado e outras três pessoas foram responsáveis pelo crime, pois tinha intenção de destruir processos em que ele era indicado como suspeito de assassinato e ameaça.

O caso foi descoberto depois que um familiar do advogado, procurou a delegacia no último dia 7 para denunciar Enes. O delegado do caso, Matheus Melo afirmou que Enes tinha a intenção de destruir processos da comarca de Itapaci em que ele respondia por tentativa de homicídio, coação, desacato e ameaça.

O incêndio foi provocado em agosto de 2017.  Na ocasião, duas salas do fórum foram atingidas pelo fogo. Conforme a publicação do periódico, o vigilante da instituição foi amarrado e deixado ao lado do prédio.

No momento do incêndio, um caminhão-pipa passava pela rua regando as plantas pela região e auxiliou no combate das chamas até a chegada do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO).

Advogado preso mandou colocar fogo no fórum de Itapaci para destruir provas contra ele, teve iniciativa frustrada

Apesar da tentativa de destruir os processos criminais contra ele, os documentos não foram atingidos pelo fogo durante o incêndio, embora outros processos tenham sido consumidos pelas chamas conforme o delegado do caso.

O genro de Enes, Paulo Henrique Braga também foi preso pela polícia, suspeito de participar do crime. De acordo com as investigações, além dos dois presos, um terceiro familiar que tem envolvimento no incêndio criminoso está foragido.

O quarto e último envolvido de acordo com a polícia, responsável por denunciar o caso, colabora com as investigações para poder elucidar o caso. Os envolvidos no incêndio criminoso no fórum da cidade vão responder por provocar incêndio, inutilização de documentos, roubo e tentativa de homicídio.

Dia Online entrou em contato com a Comissão de Prerrogativas da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO) em busca de um posicionamento do órgão sobre o caso. O presidente da Comissão de Prerrogativas da OAB-GO, David Soares da Costa Júnior afirmou que ainda não foram notificados sobre a prisão do advogado, mas que a comissão vai acompanhar o ocorrido.

Via: G1 
Imagens: G1 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Esportes

Fifa descarta realizar Copa do Mundo de 2022 com 48 seleções, diz jornal inglês

Segundo a publicação, pesou contra a expansão da Copa fatores logísticos e políticos.
22/05/2019, 17h00

A Copa do Mundo no Catar, em 2022, não deve aplicar o novo modelo de 48 seleções. Segundo o jornal inglês The Times, a Fifa repensou e decidiu abandonar o projeto de expandir a quantidade de participantes do torneio já para a próxima edição da competição e vai manter o formato existente desde 1998, com a presença de 32 países.

Segundo a publicação, pesou contra a expansão da Copa fatores logísticos e políticos. Para se aplicar a Copa do Mundo com 48 países seria necessário realizar algumas partidas fora do Catar, que tem um território equivalente à cerca da metade do menor Estado do Brasil: Sergipe. Isso implicaria, portanto, a recorrer a nações vizinhas como Emirados Árabes e Arábia Saudita. Porém, esses países possuem relações diplomáticas tensas com o Catar a ponto de terem as fronteiras fechadas.

A Fifa deve oficializar em junho a manutenção da Copa com 32 países. A entidade vai promover um congresso com os dirigentes em Paris a poucos dias do início do Mundial Feminino, marcado para ocorrer entre os dias 7 de junho e 7 de julho, na França.

A pauta principal será discutir mudanças nos torneios organizados pela entidade. Um outro tema do encontro será o Mundial de Clubes, com o debate sobre o novo formato da competição e a definição de qual será a sede para a edição deste ano.

O formato da Copa com 48 seleções deve estrear somente em 2026, quando Canadá, México e Estados Unidos vão compartilhar o papel de sedes do torneio. O presidente da Fifa, Gianni Infantino, está empenhado no projeto de crescimento do Mundial sob a justificava de ampliar o seu alcance e conseguir fazer o torneio ser mais lucrativo em contratos de patrocínio e cotas de direitos de transmissão.

A Copa tem 32 participantes desde 1998. Antes disso, entre 1982 e 1994, o Mundial contava com a presença de 24 países. A Fifa possui atualmente mais de 200 filiados.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Hostel em Pirenópolis: opções para você economizar

Se você pretende economizar, garantir conforto e ainda conhecer gente nova, os hostels podem ser boas opções!
22/05/2019, 17h19

Se você está pensando em viajar para Pirenópolis mas ainda não sabe onde se hospedar, temos aqui boas sugestões que podem, inclusive, ajudar a aliviar seu orçamento. Não é novidade que os hotéis e pousadas da cidade costumam cobrar diárias um pouco salgadas, já que ali se concentra um dos principais pontos turísticos do estado. Mas é possível encontrar boas alternativas se você pretende desembolsar menos. Que tal se hospedar em um hostel?

É comum que a diária de lugares do tipo corresponda a metade cobrada por um bom hotel. Isso porque as acomodações são mais econômicas, se concentrando em uma experiência social compartilhada. O mais legal é que não fica cada um em seu canto, fazendo com que todos os hóspedes tenham a oportunidade de interagir, já que alguns ambientes podem ser compartilhados, a exemplo da cozinha e piscina.

Portanto, se você pretende garantir uma boa hospedagem, ficar perto dos pontos turísticos de Piri, economizar e ainda fazer novos amigos, preparamos uma listinha que pode te ajudar bastante! Dá uma olhada!

Encontre o melhor hostel em Pirenópolis:

1 – Jardim Secreto Hostel e Camping

Foto: Reprodução

Bem próximo da Rua do Lazer, o Jardim Secreto é uma boa opção para quem está em busca de um hostel em Pirenópolis. Simples mas bastante confortável, é perfeito para quem pretende descansar e ainda ficar pertinho dos maiores pontos turísticos da cidade.

Entre as comodidades é possível encontrar recepção com atendimento 24 horas, biblioteca com livros e jogos de tabuleiro, um PC de uso compartilhado, cozinha compartilhada e um lindo jardim para passar o tempo, com varandas e uma vista incrível do Centro Histórico.

Os quartos são bem simples, mas garantem o conforto necessário, sem falar que ainda é possível encontrar uma área de camping, para quem preferir. Vale a pena conhecer! Clique aqui e saiba mais.

Telefone para maiores informações: (62) 98153-2571

Endereço: R. Matutina, 4 – Centro, Pirenópolis – GO, 72980-000

2 – Hostel Rua Direita

hostel Pirenópolis
Foto: Reprodução

Localizado no Centro Histórico de Pirenópolis, o hostel possui o nome de sua localização, fazendo com que o acesso seja ainda mais fácil. A Rua Direita é uma das primeiras da cidade, ganhando o nome por estar à direita da Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário.

Apenas para se ter ideia, o lugar possui o padrão internacional de qualidade do Hostelling Internacional – Albergue da Juventude, oferecendo muita segurança, confiabilidade e conforto para seus hóspedes.

Os quartos são formados por suítes personalizadas, em uma bela sintonia com a cultura goiana, oferecendo a privacidade e a sociabilidade que só se encontra em um hostel. Ainda é possível encontrar opções de suítes individuais, coletivas, de família e ainda uma área de camping para os mais aventureiros. Vale a pena conhecer! Saiba mais sobre os serviços do lugar clicando aqui.

Telefone para maiores informações: (62) 3331-3224

Endereço: R. Direita, 68 – Centro, Pirenópolis – GO, 72980-000

3 – Casamatta Hostel

hostel Pirenópolis
Foto: Reprodução

Com três unidades, é considerado um hostel bem discreto em Pirenópolis, feito com paredes de pedra e se encontra a apenas 11 minutos a pé de alguns passeios de aventura ao ar livre. As acomodações são simples, formadas por quartos privativos e banheiro compartilhado. Alguns contam com TV e/ou ventilador.

O café da manhã é cortesia da casa, sendo servido na cozinha compartilhada. Entre outras comodidades, é possível encontrar varanda com redes e piscina externa com uma linda cascata. Vale lembrar que o hostel ainda possui roteiros incríveis para os amantes de uma boa adrenalina. Clique aqui e fique por dentro dos detalhes.

Telefone para maiores informações: 

  • (62) 3331-2483
  • (62) 99962-6559

Endereço: 

  • Jaime nr – Av. Pref. Luís Gonzaga, 109 – Vila Alto do Bonfim, Pirenópolis – GO, 72980-000
  • R. Sebastião Augusto Curado, 3 – Vila Alto do Bonfim, Pirenópolis – GO, 72980-000
  • 168, Av. Meia Lua, 2 – Jardins Pireneus, Pirenópolis – GO, 72980-000

4 – Hostel Jenafree

hostel Pirenópolis
Foto: Reprodução

Para quem busca por um hostel em Pirenópolis que seja mais simples, aqui temos outra boa opção! Próximo do Centro Histórico da cidade, reserva muito conforto para seus hóspedes, representando um lugarzinho perfeito para quem pretende apenas relaxar e curtir bons passeios.

Entre as comodidades é possível encontrar café da manhã gratuito, embora não seja variado ainda é bem gostoso e satisfatório, e o serviço de lavanderia. Vale a pena conhecer!

Telefone para maiores informações: (62) 99224-6508

Endereço: R. Marinheiro – Vila Marilia, Pirenópolis – GO, 72980-000

5 – GoHostel

hostel Pirenópolis
Foto: Reprodução

O hostel é bastante agradável e bonito, com piscina para quem quiser aproveitar uma experiência ainda melhor. As acomodações são confortáveis e ainda é possível contar com gavetas sob as camas para guardar suas coisas. Garantia de conforto e de noites bem dormidas!

Ainda é possível contar com Wi-Fi e uma linda cozinha compartilhada, ambiente perfeito para ser bem atendido e ainda conhecer gente nova!

Telefone para maiores informações: (62) 99117-8194

Endereço: Rua Tupi, Quadra 07, Lote 10, s/n – Vila Alto do Bonfim, Pirenópolis – GO, 72980-000

6 – Pousada Aquarela Hostel

hostel Pirenópolis
Foto: Reprodução/ Booking

Também considerado como um lugarzinho bem simples, mas muito aconchegante, é perfeito para quem pretende descansar e aproveitar os passeios por perto. Bons pontos turísticos da cidade se encontram nas proximidades, fazendo com que a locomoção seja facilitada.

As acomodações são confortáveis e é possível desfrutar de Wi-Fi gratuito e piscina externa.

Telefone para maiores informações: (62) 3331-3303

Endereço: Rua 07 Quadra 29 Lote 37 – Alto do Carmo, Pirenópolis – GO, 72980-000

7 – Namastê Hostel e Camping

hostel Pirenópolis
Foto: Reprodução

Aqui é possível encontrar um lugarzinho perfeito para quem quer relaxar e curtir a natureza. Com decoração simples e rústica, mas com acomodações bastante acolhedoras, ainda é possível encontrar uma pequena piscina externa para diversão.

Telefone para maiores informações: (62) 99843-1297

Endereço: zona rural, Pirenópolis – GO, 72980-000

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.