Mundo

Caças F-22 dos EUA interceptam bombardeiros russos TU-95 no Alasca

Um avião de vigilância do grupo Airborne Warning and Control System (AWACS) supervisionou as operações, destacou o Norad, acrescentando que os aviões russos voaram no espaço aéreo internacional a todo momento.
22/05/2019, 19h23

Caças americanos interceptaram seis aviões militares russos no espaço aéreo internacional a oeste do Alasca e os seguiram até deixar a área, informou na terça-feira, 21, o Comando de Defesa Aérea da América do Norte (Norad, sigla em inglês).

A esquadra russa incluía dois bombardeiros estratégicos Tupolev TU-95, que foram interceptados na segunda-feira por dois caças F-22, detalhou o Comando.

Um segundo grupo de dois bombardeiros Tu-95 e dois caças Su-35 também foram interceptados por outro par de caças F-22, indicou.

Um avião de vigilância do grupo Airborne Warning and Control System (AWACS) supervisionou as operações, destacou o Norad, acrescentando que os aviões russos voaram no espaço aéreo internacional a todo momento.

Foram interceptados quando entraram na Zona de Identificação da Defesa Aérea do Alasca, um perímetro que fica fora do espaço aéreo nacional, mas dentro da qual o tráfego aéreo permanece sob vigilância constante para reduzir os tempos de resposta em caso de uma ameaça hostil.

“Nossa capacidade de dissuadir e neutralizar as ameaças contra nossos cidadãos e a infraestrutura vital começa com a detecção e o acompanhamento e a identificação positiva das aeronaves em nosso espaço aéreo”, declarou o comandante do Norad, general Terrence O’Shaughnessy.

As Forças Armadas americanas contam com um sistema de radares e satélites que servem para localizar a presença de aviões não identificados no Ártico e permitem determinar o tipo de resposta necessária. (Com agências internacionais)

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Mulher é presa durante fuga após tentar matar o ex-companheiro, em Pirenópolis

Durante o relacionamento entre a mulher e a vítima, o ex-companheiro sumiu com o carro da suspeita, o veículo apareceu dias depois carbonizado.
22/05/2019, 20h39

Uma mulher foi presa na noite desta quarta-feira (22/5) durante sua fuga para Goiânia, após tentar matar o ex-companheiro esfaqueado em Pirenópolis, a 120 quilômetros da capital. A prisão da suspeita foi efetuada pela equipe do 28º Batalhão da Polícia Militar do Estado de Goiás (BMPGO) em Anápolis.

O Tenente Braquiel do 28º BPM conversou com o Dia Online e deu mais detalhes sobre a ocorrência. “Ela tentou matar o ex-companheiro esfaqueado por volta das 14h de hoje, em Pirenópolis e empreendeu fuga com destino a Goiânia”, explica o Tenente.

Conforme o comandante da operação, a equipe policial foi informada que a suspeita estava a caminho da capital, dentro de um ônibus coletivo. “Após recebermos informações de que ela havia embarcado em um ônibus em Anápolis, nós abordamos o veículo e efetuamos a prisão da suspeita”, conta o Tenente.

Ex-companheiro desapareceu com o carro da mulher e veículo apareceu dias depois carbonizado

O comandante da operação informou que a mulher foi identificada como Tatiana Ferreira Martins, de 38 anos, e que a mesma possuí uma extensa ficha criminal. De acordo com o Tenente, o mulher e o rapaz tiveram um relacionamento tempos atrás, mas que Tatiana não soube precisar há quanto tempo.

“Ela afirmou que na época do relacionamento entre eles, o rapaz sumiu com o carro dela, e depois o veículo apareceu queimado”, relata o Tenente. Segundo a polícia os dois terminaram e voltaram a se encontrar na tarde de hoje.

O Tenente informou que durante o encontro entre os dois na tarde de hoje, houve uma discussão entre eles, e durante a confusão Tatiana esfaqueou o ex-companheiro no abdômen e fugiu do local. A vítima foi identificada como Marcelo Rapouso de Andrade, de 54, que foi socorrido e levado para o Hospital de Urgências de Anápolis (Huana) e submetido ao procedimento cirúrgico, e ainda não há informações sobre o estado de saúde da vítima.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Casal se inspira em personagens de cinema para assaltar casas, em Goiás

A dupla, apelidada de "Bonnie e Clyde do Cerrado", pode ter assaltado dezenas de casas.
22/05/2019, 23h53

A Polícia Civil prendeu um casal apelidado como os personagens de cinema “Bonnie e Clyde do Cerrado” após assaltar dezenas de residências em Aparecida de Goiânia, em Goiás. O casal armado invadia residências e obrigava vítimas a passar pertences sob ameaças.

O delegado responsável pela investigação, Carlos Levergger, vai detalhar os casos na 2ª Delegacia Regional de Aparecida de Goiânia na manhã de quarta-feira (23/5) para repórteres que querem entender melhor quem são e como agiam os criminosos.

Foi por meio do 5º Distrito Policial de Aparecida de Goiânia, que a Polícia Civil prendeu preventivamente o casal Marcos Vinicius Sousa Gama e Gessica Campos de Morais. Os dois, com 22 anos, são investigados suspeitos de vários assaltos idênticos.

Conforme as vítimas procuravam a Polícia Civil, o delegado e sua equipe iam traçando o perfil dos criminosos.

O modus operandi da dupla do cerrado se assemelha ao do casal mais famoso do cinema Hollywood, os jovens do Texas Bonnie Parker e Clyde Barrow;

Em Goiás, o casal está encrencado com pelo menos seis casos com investigação avançada por parte dos policiais civis.

A Polícia Civil acredita que o casal tenha praticado dezenas de roubos a residências, mantendo as vítimas sob a mira de arma e constante ameaça.

Bonnie e Clyde: o casal parecido com a dupla de Goiás

O casal mais conhecido da literatura e do cinema policial no século XX morreu em uma emboscada durante perseguição policial com pelo menos 130 tiros.

Foi a saída, segundo as autoridades do Texas, para frear a série de crimes cometidos pelo casal.

A história da dupla foi retratada em livros, filmes e em teatros do mundo todo. O carro fuzilado atualmente é uma das peças de luxo de um famoso cassino, onde frequentadores posam para fotografias.

Ao contrário dos assaltantes americanos, a dupla goiana aguarda o curso da investigação para o indiciamento por parte do delegado.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Motorista sofre mal súbito e bate caminhão em loja na Av. 24 de Outubro, em Campinas

Condutor, identificado como Reginaldo Aparecido Rodrigues, de 45 anos, morreu no local.
23/05/2019, 08h04

Um motorista de um caminhão sofreu um mal súbito enquanto dirigia, perdeu o controle da direção e bateu com o veículo em uma loja de artigos para casamento na Av. 24 de Outubro, em frente a Praça Joaquim Lúcio, no Setor Campinas, em Goiânia. O incidente ocorreu na madrugada desta quinta-feira (23/5). O condutor, identificado como Reginaldo Aparecido Rodrigues, de 45 anos, morreu no local.

Reginaldo, que conduzia um caminhão reboque, estava acompanhado por Valdenicio Alves Nascimento. O passageiro relatou à equipe da Delegacia Especializada em Investigação de Crimes de Trânsito de Goiânia (DICT) que por volta das 00h30, quando trafegavam pela via, Reginaldo se queixou de fortes dores no peito e supostamente teve um mal súbito na direção do veículo.

O motorista perdeu o controle da direção, entrou na contramão da via, subiu na calçada e bateu contra uma loja de aluguel de roupas para casamento e festas, localizada em frente à Praça Joaquim Lúcio. Pessoas que passavam pelo local do acidente acionaram o Corpo de Bombeiros, que confirmou a morte de Reginaldo Aparecido. O passageiro, Valdenicio Alves, não teve lesões corporais.

Peritos estiveram no local e logo após o corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML). Veja abaixo alguns registros do acidente, divulgados pela Dict:

Mal súbito e acidentes no trânsito

De acordo com levantamento do Observatório Nacional de Segurança Viária, divulgado em agosto de 2018, mostra que cerca de 47 mil brasileiros morrem vítimas de acidentes de trânsito; outras 400 mil ficam com algum tipo de sequela. A pesquisa mostra que além das infrações como excesso de velocidade e embriaguez, o mal súbito em motoristas enquanto dirigem é uma das principais causas desses acidentes.

Conforme relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), os acidentes de trânsito são responsáveis pela morte de mais de um milhão de pessoas no mundo, todos os anos. Em 2009 haviam sido registrados 1,2 milhão de mortes; já em 2018 ano o número subiu para 1,35 milhão.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Carro de luxo é apreendido com meio milhão em carga irregular, em Morrinhos

O Audi A3 tinha em seu interior diversos eletroeletrônicos como iPads e iPhones vindos do Paraguai.

Por Ton Paulo
23/05/2019, 08h34

Em uma abordagem de rotina realizada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na noite da última quarta-feira (23/5), no município de Morrinhos, um carro de luxo foi apreendido com aproximadamente R$ 500 mil reais em carga irregular, vinda do Paraguaia para comercialização no Brasil. O Audi A3 tinha em seu interior diversos eletroeletrônicos como iPads e iPhones.

De acordo com informações da PRF, a apreensão foi feita na BR-153.  O veículo, que era ocupado por dois homens de 34 e 37 anos de idade, foi parado em abordagem de rotina e ao ser fiscalizado, os agentes encontraram cerca de 500 mil reais de produtos contrabandeados do Paraguai como eletroeletrônicos diversos: iPads, iPhones, receptores de TV fechada, caixas de som e relógios.

Segundo os ocupantes do veículo aos agentes policiais, o carro foi locado por lojistas de camelódromos de Goiânia para buscar mercadorias no Paraguai para serem comercializadas na capital goiana.

O veículo foi apreendido e lacrado e será encaminhado ao depósito da Receita Federal em Senador Canedo.

Além de carro de luxo pego em Morrinhos com carga irregular, PRF fez grandes apreensões no início do mês

No início deste mês de maio, equipes da PRF apreenderam cerca de 1,5 milhão de maços de cigarros do Paraguai nas rodovias federais que passam por Goiás. O prejuízo aos contrabandistas foi estimado em R$10 milhões de reais, e as operações ocorreram em menos de 24 horas.

Segundo informações da PRF na ocasião, no final da manhã de quarta-feira (8/5) uma carreta com 850 caixas de cigarros foi apreendida na unidade pelos policiais em Guapó, na BR-060. Instantes depois, outra carreta carregada com 960 caixas do produto foi interceptada na unidade da PRF em Anápolis. O outro carregamento havia sido flagrado pela PRF na noite de ontem, na BR-060, em Alexânia.

Um dos motoristas informou aos policiais que receberia R$ 16 mil pelo transporte. Os três carregamentos saíram do estado do Mato Grosso do Sul, na fronteira com o Paraguai, e abasteceriam o mercado da capital federal.

Com o valor de cada carregamento de aproximadamente R$ 2 mi e o perdimento das carretas, a Receita Federal estima o prejuízo aos contrabandistas em cerca de R$ 10 milhões.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.