Trânsito

Acidente entre ônibus e caminhão deixa 11 feridos na BR-060, interior de Goiás

Batida ocorreu por volta das 5h55 desta sexta-feira (17/5). Pista está parcialmente interditada.
17/05/2019, 07h32

Um acidente envolvendo um ônibus de viagem e um caminhão deixou ao menos 11 pessoas feridas. A batida entre os veículos ocorreu por volta das 5h55 desta sexta-feira (17/5), na altura do quilômetro 458 da BR-060, entre Rio Verde e Jataí, cidades localizadas na região Sudoeste de Goiás.

Equipes da Polícia Rodoviária Federal (PRF), duas viaturas do Corpo de Bombeiros de Goiás (CBMGO) e duas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) atuaram na ocorrência. Conforme informações da polícia, a pista segue parcialmente interditada no momento.

Veja abaixo alguns registros do acidente feitos pelas equipes da PRF e do Corpo de Bombeiros:

Seis vítimas, com ferimentos mais graves, foram resgatadas pelas viaturas do Corpo de Bombeiros e encaminhadas para o Hospital das Clínicas de Jataí. De acordo com a corporação, o motorista do ônibus apresentava fratura nas pernas e foi socorrido pela equipe do Samu. As outras quatro pessoas, que sofreram apenas escoriações, foram atendidas no local e não necessitaram ir para uma unidade de saúde.

O ônibus, com 25 passageiros, havia saído de Maceió, em Alagoas, com destino a Rondonópolis, no Mato Grosso. Segundo informações apuradas no local, alguns passageiros iriam trabalhar com corte da cana-de-açúcar na região matogrossense. No momento da batida, a pista estava molhada, o que pode ter sido um fator provocante. De acordo com o inspetor da PRF, Newton Morais, as causas do acidente serão investigadas.

Acidente na BR-060 é o quinto ocorrido nas rodovias goianas

Nas últimas 24 horas, de acordo com balanço operacional da PRF, ocorreram nas rodovias federais goianas outros quatro acidentes, que deixaram seis pessoas feridas. Durante o período, foram aplicadas 574 notificações de multas por infrações diversas, no qual 285 veículos foram flagrados em excesso de velocidade e 32 motoristas foram autuados por não usarem o cinto de segurança.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Economia

AliExpress anuncia modalidade para entrega em até 28 dias no Brasil

Empresa revelou o AliExpress Premium Shipping, que deve fazer o tempo de entregas cair para entre 22 e 28 dias.
17/05/2019, 07h52

O AliExpress, site de comércio eletrônico chinês pertencente ao grupo Alibaba, anunciou ontem uma nova modalidade de serviço para reduzir o tempo de entregas para o Brasil para menos de um mês – atualmente, as entregas podem levar entre 30 e 60 dias para chegar ao País. A empresa revelou o AliExpress Premium Shipping, que deve fazer o tempo de entregas cair para entre 22 e 28 dias.

O novo programa é possível após uma parceria entre a AliExpress e a Cainiao Network, o braço logístico do Alibaba. A encomenda no Premium será rastreável e, segundo as empresas, proporcionará aos usuários economia de até 59% no custo de envio. Os compradores de lotes pesados devem se beneficiar mais com a modalidade.

“O lançamento do AliExpress Premium Shipping para o Brasil representa o nosso compromisso com este importante mercado e a melhoria contínua da experiência do consumidor”, disse, em comunicado, Kang Huang, diretor regional do AliExpress para a América Latina.

Sem dar detalhes, a empresa disse que o Premium terá uma “solução inovadora” de desembaraço junto á alfândega e parceiros locais nas entregas terrestres.

Crescimento

Ontem, o Alibaba informou ter superado as previsões de receita estimadas para o primeiro trimestre de 2019 – seu quatro trimestre fiscal. Os números se devem ao bom momento de seu principal negócio e à diversificação para a computação em nuvem e outros serviços.

A receita do grupo subiu para US$ 13,6 bilhões no período, alta de 51% na comparação com o mesmo trimestre de 2018. Já a receita do negócio de computação em nuvem da empresa aumentou 76% no trimestre. O segmento ainda é parte relativamente pequena dos negócios globais da Alibaba, respondendo por 8% da receita do grupo.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Imagens: Olhar Digital 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

PRF nota atitude suspeita de motorista refém e descobre assalto, em Jataí

Os condutores, na verdade, estavam envolvidos num assalto à carga e um motorista refém foi obrigado pelos suspeitos a conduzir o veículo.

Por Ton Paulo
17/05/2019, 08h46

Um assalto foi frustrado e uma carreta recuperada na noite da última quinta-feira (16/5) graças à percepção de agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Durante uma ronda por um trecho de rodovia em Jataí, um comportamento estranho foi notado pelos policiais por parte de alguns motoristas. Os condutores, na verdade, estavam envolvidos num assalto à carga e um motorista refém foi obrigado pelos suspeitos a conduzir o veículo.

A PRF conta que tudo começou quando agentes da corporação que realizavam uma ronda pela BR-364, no trecho que liga Mineiros a Jataí, ao adentrar na área de um posto de combustíveis local, perceberam que alguns motoristas apresentavam atitudes estranhas.

Após entrevistar os caminhoneiros para esclarecer o motivo do comportamento estranho, os policiais constataram que os condutores estavam envolvidos em um assalto de carga que estava em pleno andamento.

De acordo com as informações levantadas pela PRF com os motoristas, uma carreta que transportava cerca de 30 toneladas de carnes variadas – carga essa avaliada em torno de 500 mil reais – foi tomada em assalto no município de Pedra Preta, no Mato Grosso, por cinco elementos que ocupavam três veículos de cargas.

Descoberto em Jataí, na BR-364, motorista refém foi obrigado a conduzir caminhão

Logo depois, ainda de acordo com a PRF, os agentes policiais constataram que o motorista assaltado foi obrigado a continuar conduzindo seu próprio veículo e que parte da carga roubada já havia sido distribuída entre outros dois veículos que estavam na área do posto em que foram abordados.

Diante dos fatos, a carreta roubada e três caminhões, dois com parte da carga roubada e um vazio, ocupados por cinco homens com idades entre 38 e 42 anos de idade, foram encaminhados para a Central de Flagrantes local.

A reportagem segue tentando apurar sobre o atual estado dos suspeitos do assalto.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Fim de semana promete ser de chuva e tempo frio em Goiânia

Temperaturas devem continuar entre os 17°C e 28°C.
17/05/2019, 09h57

O fim de semana em Goiânia e outras cidades de Goiás promete tempinho frio e chuva, de acordo com os meteorologistas. Nesta sexta-feira (17/5), a temperatura registrada na capital pela manhã é de 17°C e a máxima do dia deve ser de 26°C. Para o sábado (18/5) e domingo (19/5), as temperaturas devem continuar entre os 17°C e 28°C. A mesma previsão vale para municípios da Região Metropolitana da capital.

De acordo com publicação do site ClimaTempo, a previsão do tempo para hoje é de variação de nuvens pela manhã com pancadas de chuva localizadas que poderão ser fortes e vir acompanhadas de trovoadas a partir da tarde. O volume de chuva esperado é de 30 milímetros de água por metro quadrado.

No sábado e domingo (18 e 19/5), os dias serão de sol e aumento de nuvens de manhã, com pancadas de chuva à tarde e à noite. As temperaturas ficam entre os 17°C e 28°C.

Inmet também prevê mínima de 13ºC em Goiás

Durante o fim de semana, o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) prevê mínima de 13ºC e máxima de 13ºC, em Goiás. A previsão é de dias nublados a encobertos com pancadas de chuva e trovoadas isoladas, exceto no leste e norte do estado, que ficarão nublado a parcialmente nublado com chuva isolada.

Orientações em caso de chuvas intensas em Goiânia

Nos primeiros dias do mês maio ocorreram chuvas intensas no norte de Goiás, no Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, no centro-sul e oeste de Mato Grosso.

Em caso de rajadas de vento, o órgão recomenda: não se abrigue debaixo de árvores, pois há risco de queda e descargas elétricas e não estacione veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda; se possível, desligue aparelhos elétricos e quadro geral de energia; obtenha mais informações junto à Defesa Civil, pelo telefone 199 e ao Corpo de Bombeiros, por meio do 193.

Via: Climatempo 
Imagens: Jornal I 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Educação

Em nota, MEC anuncia Alexandre Lopes como novo presidente do Inep

Nomeação deve ser formalizada no Diário Oficial da União da próxima segunda-feira (20/5).
17/05/2019, 10h23

O Ministério da Educação anunciou por meio de nota Alexandre Ribeiro Pereira Lopes como novo presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão responsável pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A nomeação deve ser formalizada no Diário Oficial da União da próxima segunda-feira, dia 20.

Atualmente, Lopes é diretor legislativo do Ministério da Casa Civil, onde trabalhou com o ministro da Educação, Abraham Weintraub, no período em que ele foi secretário executivo da pasta.

Segundo o MEC, Lopes é servidor público da carreira desde 1999 e já atuou como secretário de Gestão Administrativa e Desburocratização e subsecretário de Políticas Públicas do Governo do Distrito Federal. Ele é formado em engenharia química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e em direito pela Universidade de Brasília (UnB).

Esta é a terceira troca no comando do Inep desde o início do ano. Lopes assumirá após o delegado Elmer Coelho Vicenzi pedir para deixar o cargo, após menos de um mês na função.

Imagens: Último Segundo 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.