Entretenimento

Cachoeiras na Chapada dos Veadeiros: conheça as 11 mais bonitas

Quer conhecer as cachoeiras da Chapada dos Veadeiros mas não sabe por onde começar? Aqui você encontrará as melhores dicas para curtir!
16/05/2019, 17h51

Considerada como um dos principais atrativos turísticos de Goiás, a Chapada dos Veadeiros é um dos destinos preferidos pelos aventureiros e amantes da natureza não apenas do estado, mas também de todo o Brasil. Se estende por diversos municípios do interior, como Alto Paraíso, Cavalcante e Colinas do Sul. Um passeio pelo local pode ser recheado de aventuras ou de muita tranquilidade pelas cachoeiras mais bonitas de Goiás.

Além do Parque Nacional, responsável por abrigar boa parcela do cerrado e animais silvestres, a região ainda reserva diversos vales, jardins naturais e claro, as cachoeiras, que são os principais destaques e motivo maior do turismo na região.

Embora o local ofereça um roteiro completo para todos os gostos e idades, é de extrema importância que os visitantes tenham responsabilidade ambiental. Portanto, se porventura produzir lixo durante a visita, não deixe no local. O recomendado é levar mochilas e sacolas, guardando todo o lixo no interior destes para que seja descartado assim que possível. Todos merecem visitar estes paraísos naturais, mas claro, de forma consciente! Dito isso, confira abaixo as maiores belezas resguardadas na Chapada dos Veadeiros!

Encontre as cachoeiras mais bonitas da Chapada dos Veadeiros:

1 – Cachoeira Santa Bárbara

Cachoeiras na Chapada dos Veadeiros
Foto: Reprodução

Sem dúvida, uma das maiores maravilhas da Chapada dos Veadeiros. Não há como sair de lá sem se encantar com o verdadeiro paraíso formado pela Cachoeira Santa Bárbara. Por ali os visitantes encontram águas cristalinas que formam lindas piscinas naturais, sem falar de suas formações rochosas por todos os lados.

Apenas para se ter ideia, conta com 30 metros de altura e  a trilha para chegar até lá possui dificuldade média, com cerca de 2 km. Para ter acesso é preciso desembolsar R$ 20, sendo ainda obrigatória a presença de um guia.

Vale destacar ainda que, por ser um dos destinos mais procurados da Chapada, é preciso se planejar com antecedência para conseguir fazer uma visita. Isso porque o local pode receber apenas 300 visitantes por dia, então o ideal é também chegar cedinho! Em todo caso, é um lugar que vale a visita e é extremamente bonito!

Horário de visitação: todos os dias, das 8h às 17h

2 – Catarata dos Couros

Cachoeiras na Chapada dos Veadeiros
Foto: Reprodução

Se você está em busca das melhores cachoeiras na Chapada dos Veadeiros, não pode deixar de visitar a Catarata dos Couros. Um verdadeiro tesouro da região, concentra uma beleza inexplicável, com diversos paredões e quedas d’água, sem falar da série de corredeiras que também podem ser encontradas por ali.

A experiência que o lugar proporciona é incrível, garantindo cenários deslumbrantes, perfeitos para quem está procurando por momentos de conexão com a natureza. Vale destacar que é preciso percorrer por 35 km de estrada de terra até chegar no lugar, claro, boa parte do percurso pode ser feito de carro.

É interessante ter o apoio de um guia, já que o caminho não conta com uma sinalização satisfatória. A entrada é gratuita! Vale muito a pena conhecer essa maravilha!

Horário de visitação: todos os dias, das 8h às 17h

3 – Cachoeiras Almécegas I e II

Cachoeiras na Chapada dos Veadeiros
Foto: Reprodução

Situadas na Fazenda São Bento, em Alto Paraíso, as cachoeiras Almécegas I e II entram para a lista das mais queridas da Chapada dos Veadeiros. Também vale considerar que estão entre as mais famosas, recebendo diversos visitantes diariamente.

Embora a trilha não seja difícil, não é recomendada para crianças muito pequenas, idosos ou pessoas com problemas de locomoção. São aproximadamente 800 metros de caminhada e o percurso conta com pequenos obstáculos. Vale ponderar ainda que o valor para ter acesso às cachoeiras é de R$ 25.

O local é incrível e constitui visões belíssimas. A cacheira I possui queda d’água de nada menos que 45 metros, enquanto a II possui 8 metros. Vale a pena conhecer!

Horário de visitação: todos os dias, das 8h às 17h

Telefone para mais informações: (62) 3459-3000

4 – Loquinhas

Cachoeiras na Chapada dos Veadeiros
Foto: Reprodução

Também considerada como uma das cachoeiras mais bonitas da Chapada dos Veadeiros, a  Loquinhas é capaz de despertar paixões. Por ali você encontra paredões rochosos, muita vegetação e poços naturais formados por águas de tom esverdeado. Já imaginou? É realmente lindo, perfeito para relaxar e encontrar paz interior.

Como se não bastasse, é possível contemplar uma sequência de cachoeiras e poços, sendo uma mais impressionante que o outro. Um verdadeiro paraíso natural! Para ter acesso é preciso pagar uma taxa de R$ 20. O melhor ainda é que o local possui uma das trilhas mais fáceis da região, sendo quase toda suspensa e feita em madeira.

Portanto, também é o destino certo para quem estiver acompanhado de crianças, idosos ou ainda para quem tem dificuldades de locomoção.

5 – Cachoeira Poço Encantado

Cachoeiras na Chapada dos Veadeiros
Foto: Reprodução

A Cachoeira Poço Encantado se encontra dentro da Fazendo Rio de Pedra, na Chapada dos Veadeiros. É um dos lugares mais deslumbrantes que você poderá conhecer, com quedas d’água de encher os olhos e águas cristalinas, cercadas por uma vegetação densa e típica do cerrado.

Conta com 38 metros de altura, divididos entre a parte de baixo da cachoeira, que possui 20 metros, e a de cima, com 18 metros. Enquanto isso, o poço ali presente mede nada menos que 50 metros de diâmetro, formando uma deliciosa piscina natural.

Como se não bastasse, os visitantes ainda encontram uma pequena praia de areias brancas na borda, que muda de formatos a cada cheia do poço. Um lugar lindo para conhecer e levar a família! O acesso é bem tranquilo. Clique aqui e confira mais detalhes.

Telefone para mais informações: (61) 99936-0160

6 – Cachoeira Carioquinhas

Cachoeiras na Chapada dos Veadeiros
Foto: Reprodução

Um lugarzinho mágico, representando uma das melhores cachoeiras na Chapada dos Veadeiros. Com trilha fácil de fazer e bem sinalizada, é possível levar os amigos e toda a família para curtirem com você.

Por ali é possível apreciar as quedas d’água e dar aquele mergulho que traz paz. No entanto, vale lembrar que durante o período de chuva o poço fica muito cheio e o lugar se torna perigoso. No mais, vale muito a pena fazer uma visita!

7 – Cachoeira dos Cristais

Cachoeiras na Chapada dos Veadeiros
Foto: Reprodução

Aqui temos mais uma excelente opção para quem pretende fazer um passeio em família, já que a trilha de acesso também não conta com grandes dificuldades. Apenas para se ter ideia, são apenas 400 metros de caminhada super tranquila.

A cachoeira é formanda por várias menores, sendo que o Poço da Vovó é um dos ambientes preferidos pelos visitantes. Ainda é possível encontrar o Paraíso, Recanto da Paz, Massagem, Corredeiras, Segredo e Véu de Noiva, formando a Cachoeira dos Cristais.

O lugar é maravilhoso e conta com águas cristalinas, muita vegetação e inspira aquele ar de paz e tranquilidade que todo mundo precisa!

Telefone para mais informações: (62) 98414-9054

8 – Macaquinhos

Cachoeiras na Chapada dos Veadeiros
Foto: Reprodução

A Macaquinhos é formada por um complexo de cachoeiras, também um excelente destino na Chapada dos Veadeiros. Por ali é possível encontrar águas cristalinas, com muita vegetação e poços para banho incríveis.

No entanto, é válido mencionar que o acesso ao local é um dos mais difíceis da Chapada, com descidas e subidas bastante íngremes. São cerca de 30 km para chegar até lá e se o carro for menos potente, certamente irá sofrer um pouquinho. Neste caso o ideal é parar antes de chegar na portaria. A entrada custa R$ 30.

9 – Cachoeira dos Anjos e Arcanjos

Cachoeiras na Chapada dos Veadeiros
Foto: Reprodução

Se você busca por cachoeiras na Chapada dos Veadeiros que contem com um fluxo menor de pessoas, esta é uma das melhores opções. Por não ser muito conhecida e estar longe de ser uma das mais frequentadas, aqui é possível encontrar um verdadeiro refúgio, com muita paz e tranquilidade.

Com cenários deslumbrantes, se encontra no Povoado do Moinho e o acesso não é difícil, embora a estrada seja de terra. A entrada para o lugar custa R$ 15. Vale muito a pena conhecer!

Horário de visitação: todos os dias, das 8h30 às 17h30

Telefone para mais informações: (62) 99926-1706

10 – Cachoeira de São Bento

Cachoeiras na Chapada dos Veadeiros
Foto: Reprodução

Aqui é possível encontrar um lugarzinho perfeito para todas as idades. Com uma trilha fácil, que pode ser percorrida em 5 minutinhos, os visitantes encontram um cenário deslumbrante, perfeito para renovar as energias com um bom banho no poço da cachoeira. Para ter acesso é preciso pagar a taxa de R$ 15. É nas proximidades que se encontram ainda as cachoeiras Almécegas I e II. Vale a pena conhecer!

Horário de visitação: todos os dias, das 9h às 17h

Telefone para mais informações: (62) 3459-3000

11 – Cachoeira Morada do Sol

Cachoeiras na Chapada dos Veadeiros
Foto: Reprodução

E para fechar com chave de ouro, nada melhor do que falar sobre este lugarzinho especial da Chapada dos Veadeiros. Para ter acesso é possível pegar uma trilha bem tranquila, podendo contar ainda com um guia próprio do lugar. O caminho até a cachoeira, por si só, já é incrível. Ao chegar no lugar os visitantes são recompensados por uma paisagem ainda mais exuberante.

Além da cachoeira, ainda é possível contar com as piscinas naturais do local e avistar um lindo cânion. O lugar perfeito para quem pretende divertir e relaxar! Vale a pena conhecer! Para ter acesso é preciso desembolsar R$ 20.

Horário de visitação: todos os dias, das 7h às 17h

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Mulher é presa suspeita de fraudar o DPVAT, em Luziânia

Segundo as investigações a fraude no seguro causou um prejuízo de R$ 220.000,00.
16/05/2019, 18h54

Uma mulher foi presa nesta quinta-feira (16/5) em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal (DF) suspeita de fraudar o seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT) durante a Operação Parálysis.

A polícia afirmou que a operação foi deflagrada hoje após 10 meses de investigação e tem como objetivo evitar fraudes contra o Seguro DPVAT. Durante a ação os policiais cumpriram quatro mandados de busca e apreensão domiciliar e um de prisão preventiva.

Durante as investigações, a polícia identificou E.G.S.A, de 41 anos, como responsável por fraudar o processo de recebimento do DPVAT em 16 ocasiões. As fraudes registradas pela suspeita segundo a polícia causaram um prejuízo de R$ 220.000,00 ao sistema do seguro obrigatório.

A polícia informou que a mulher tem uma empresa de eventos no município, onde eram contratado vários trabalhadores para prestar serviços como garçons, cozinheiros e seguranças, em eventos organizados por ela.

Durante as investigações foi levantado que E.G.S.A tirava proveito do vínculo de trabalho com esses funcionários, neste processo a proprietária da empresa pegava os documentos pessoais dos trabalhadores com a alegação de era para registrar a carteira de trabalho o que não ocorreu.

Para fraudar o DPVAT mulher se aproveitava da confiança dos funcionários e falsificava seus documentos

Depois de conquistar a confiança dos funcionários, a investigada afirmava que tinha dinheiro para receber, mas sua conta estava bloqueada e em seguida pedia o cartão bancários dos trabalhadores com suas respectivas senhas para receber o valor devido. Diante das alegações da empresária e com medo de perder o empreso os empregados entregavam os documentos a E.G.S.A.

Em posse dos documentos dos empregados, a investigada os falsificava com Boletins de Ocorrência na (PCGO e PCDF), laudos do Instituto Médico Legal de Goiás e do Distrito Federal, ocorrências no Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás, relatórios médicos do Hospital de Base de Brasília e do Hospital Municipal de Luziânia, em Goiás. Além de falsificar os documentos dos trabalhadores da empresa, E.G.S.A falsificou seus próprios documentos entre eles seu comprovante de endereço.

Com os documentos falsos, a mulher alegava que a pessoa em questão tinha sofrido um acidente de trânsito, e em função do acidente tinha ficado paraplégica, hemiplégica ou perdido algum membro do corpo. A mulher então aproveitava a oportunidade para entrar com o pedido do seguro DPVAT no valor de R$ 13.500, em razão de sua deficiência.

Levando em conta os documentos apresentados, a seguradora não conseguia constatar a fraude e efetuava o pagamento com o depósito do valor na conta do provável beneficiário. Após os depósitos serem efetuados, E.G.S.A aproveitava que tinha os cartões e senhas da vítimas para efetuar os saques até retirar o valor total da indenização.

Segundo levantou a polícia, além dos documentos falsificados dos empregados, a investigada usou em outros processos fraudulentos documentos de quatro familiares sendo dois filhos, um cunhado e um genro.

Mesmo com a operação deflagrada nesta quinta-feira, a polícia seguem investigando o caso com o intuito de identificar outras pessoas que participaram do esquema, e descobrir outras fraudes.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

Presidente do Inep é demitido

Vicenzi estava em meio a uma disputa com integrantes da procuradoria do Ministério da Educação (MEC), órgão ao qual o Inep é ligado.
16/05/2019, 19h16

O presidente do Instituto Nacional de Pesquisas e Estudos Educacionais (Inep), Elmer Vicenzi, foi demitido nesta quinta-feira, 16. Ele estava no cargo desde 29 de abril.

Vicenzi é ex-delegado da Polícia Federal e assumiu após a demissão de Marcus Vinicius Rodrigues, que foi o primeiro a assumir o posto na gestão de Jair Bolsonaro e caiu porque resolveu acabar com a avaliação de alfabetização.

O órgão é responsável pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Vicenzi estava em meio a uma disputa com integrantes da procuradoria do Ministério da Educação (MEC), órgão ao qual o Inep é ligado. Ele defendia a transparência dos dados produzidos pelo Inep, como avaliações e indicadores educacionais. havia divergências também em relação ao Enem.

Vicenzi é a primeira baixa do MEC na gestão de Abraham Weintraub. A pasta ficou marcada pelas dezenas de demissões quando Ricardo Vélez Rodríguez era o ministro.

O ex-presidente elogiava da forma como o Enem é atualmente e inutilizou o relatório de uma comissão que foi formada na gestão anterior para analisar a “adequação” das questões. A ideia era a de que o grupo identificasse questões que tivessem “teor ofensivo”. Ele chegou a declarar que os itens (como são chamadas as perguntas da prova) são bens públicos e não poderiam ser jogados fora.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

MPGO aciona UEG para impedir fechamento da unidade em Goianésia

Notícia mobilizou estudantes e moradores da cidade para impedir o encerramento das atividades da universidade.
16/05/2019, 20h07

Uma ação civil pública em caráter de urgência foi protocolada na última quarta-feira (15/5) pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO), para impedir o encerramento das atividades da unidade da Universidade Estadual de Goiás (UEG), em Goianésia.

Segundo a ação movida pelo promotor de justiça Antônio de Pádua Freitas Júnior, o órgão além de impedir o fechamento da unidade, determinou que seja apresentada uma cópia do processo administrativo que fala sobre extinção do câmpus de Goianésia.

De acordo com o MPGO, a UEG afirmou ser necessária uma nova estruturação da unidade devido a dificuldades financeiras e por essa razão daria início ao processo de extinção do câmpus universitários e cursos de sua grade curricular. A unidade afirmou que uma “Comissão de Redesenho” foi criada e vai ser responsável por constatar quais os câmpus não atendem os critérios necessários e os que atendem para rediscutir a sua permanência ou fechamento.

Comissão para rediscutir permanência da UEG em Goianésia foi criada sem aprovação do Conselho Acadêmico

O MPGO afirmou que a UEG fez uma reunião no dia 31 de janeiro deste ano, onde foram estabelecidos os critérios para serem aplicados em cada unidade da Universidade espalhada pelo estado. Entretanto, o promotor afirma que houve irregularidades na formação do colegiado, pois a comissão foi criada no momento da reunião sem a aprovação do Conselho Acadêmico e seus integrantes, ou diretores do câmpus que estavam presentes.

“Nomeados voluntariamente à comissão de redesenho, não tiveram aprovação prévia do plenário do Conselho Acadêmico e possuem interesses diretos na análise de aplicação dos critérios de avaliação, pois vários são diretores dos câmpus envolvidos”, justifica o promotor na ação.

Conforme documento protocolado junto ao MPGO, foram verificadas irregularidades na alteração da aplicação dos critérios pré-fixados pela comissão. Segundo ação, as modificações feitas prejudicaram diversas unidades da UEG, entre elas o câmpus de Goianésia, que integra a lista dos campis que vão ser submetidos a rediscussão de permanência.

O MPGO afirmou que desde que as informações sobre o fechado da unidade de Goianésia chegou ao conhecimento da população, houve uma grande mobilização popular descontentes com a situação. Vale lembrar que a UEG é a única instituição de ensino superior que há no município.

O promotor destacou na ação que após o anúncio do possível fechamento da unidade, foi promovida uma audiência pública para debater o assunto e elaborado um abaixo-assinado que reforça a necessidade da manutenção da UEG em Goianésia.

Via: MPGO 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Campanha de vacinação da CASAG imuniza 13 mil pessoas em Goiás

“Nós da CASAG, nos esforçamos muito para atender a toda a advocacia goiana. A sensação é de dever cumprido. Continuaremos trabalhando para que em 2020, seja ainda melhor”, declara Rodolfo.
16/05/2019, 20h42

Em uma ação de quase 30 dias, a segunda edição da Campanha de Vacinação contra o virus H1N1, realizada pela Caixa de Assistência dos Advogados de Goiás (CASAG), imunizou cerca de 13 mil pessoas, entre advogados, estagiários e familiares, em uma força tarefa de grandes proporções e que envolveu oito veículos, que deslocaram mais de 10 mil quilômetros, levando mais de 130 colaboradores, vacinas e equipamentos.

Foram adquiridas 13.000 doses da imunização contra o vírus H1N1 e, pela segunda vez na história da Caixa de Assistência, todo o estado foi atendido com pontos de vacinação da CASAG, ou seja, todas as 53 subseções goianas da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/GO), que abrangem os 246 municípios goianos, contaram com pontos de atendimentos. A CASAG é a única entidade de classe a realizar uma campanha de vacinação nestas dimensões e proporções.

Ao todo foram 23 dias de campanha, nos quais a equipe de colaboradores da CASAG se desdobrou ao lado de profissionais da saúde, para atender a todos os advogados e dependentes que adquiriram as doses, pelo simbólico valor de R$ 50,00 (dose). Cada advogado teve a oportunidade de comprar até quatro unidades da vacina, que imuniza contra os vírus da gripe H1N1, H3N3 e os dois subtipos da Influenza B.

Presidente da CASAG diz que o sentimento ao final da campanha é de dever cumprido

De acordo com a secretária-geral da CASAG, Valéria Alves dos Reis Meneses, a instituição buscou mais uma vez atender às demandas de imunização da gripe H1N1 e obteve êxito na tarefa. “Mais uma vez, fomos em Goiás a instituição que mais assegurou a vacinação em larga escala, a exceção da rede de saúde pública. É a CASAG cuidando do bem-estar e da saúde da advocacia”, afirma Valéria.

Para o presidente da CASAG, Rodolfo Otávio Mota, o sentimento ao final da campanha é de dever cumprido. “Nós da CASAG, nos esforçamos muito para atender a toda a advocacia goiana. A sensação é de dever cumprido. Continuaremos trabalhando para que em 2020, seja ainda melhor”, declara Rodolfo.

Rede Pública

Na Rede Pública, a campanha de vacinação, segue até o dia 31 de maio. Em Goiás, o número de pessoas que devem se vacinar é de 1,6 milhões de pessoas. No entanto, a cobertura até o momento chegou a somente 30%.

De acordo com o Ministério da Saúde, até o último dia 27 de abril, 99 brasileiros morreram devido à Síndrome Respiratória Aguda Grave, a gripe, em todo o país. Em Goiás, a Secretaria Municipal de Saúde divulgou a confirmação de seis casos, sendo cinco de H1N1 e um de Influenza B. Duas mortes por H1N1 foram confirmadas.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.