Mundo

Coreia do Sul diz estar 'muito preocupada' com lançamento de mísseis

De acordo com o JCS, a Coreia do Norte lançou mísseis de curto alcance no Mar Leste da península coreana - se confirmado, seria o primeiro uso de mísseis balísticos do país desde novembro de 2017.
04/05/2019, 09h52

A Coreia do Sul disse em comunicado estar “muito preocupada” com a atitude da Coreia do Norte, afirmando ser uma violação do acordo do ano passado entre as Coreias para reduzir tensões entre os países. De acordo com o Comando Conjunto da Coreia do Sul (JCS, na sigla em inglês), a Coreia do Norte lançou mísseis de curto alcance no Mar Leste da península coreana – se confirmado, seria o primeiro uso de mísseis balísticos do país desde novembro de 2017. A porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, disse em comunicado que os Estados Unidos estavam cientes das ações da Coreia do Norte e que continuariam a monitorar a situação.

O ministério de Relações Exteriores da Coreia do Sul afirmou que o país e os EUA estão analisando o lançamento dos mísseis. A declaração foi dada após conversas por telefone entre o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, e sua homóloga em Seul.

A ministra de Relações Exteriores da Coreia do Sul, Kang Kyung-wha, também falou por telefone com o ministro das Relações Exteriores do Japão, Taro Kono. Eles concordaram em manter coordenação enquanto respondem cuidadosamente aos lançamentos. O ministério da Defesa do Japão afirmou que os projéteis não eram uma ameaça de segurança e que eles não se aproximaram da costa do país. O Japão deve evitar qualquer resposta mais forte, pois o primeiro-ministro Shinzo Abe tenta conseguir uma cúpula com o líder norte-coreano Kim Jong-un.

O exército da Coreia do Sul aumentou sua vigilância para o caso de haver mais disparos. O país afirmou inicialmente que um único míssil havia sido lançado, mas depois divulgou comunicado que falava em “diversos projéteis” e que eles chegaram a voar 200 quilômetros antes de atingirem o mar.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Após cair em fossa destampada, menino de 2 anos morre, em Luziânia

A tampa da fossa tinha sido retirada pois, segundo os moradores da casa, uma nova seria feita para que o local tivesse mais segurança.

Por Ton Paulo
04/05/2019, 11h31

Uma tragédia comoveu a população de Luziânia, no Entorno do Distrito Federal (DF), na última sexta-feira (3/5). Um garotinho de apenas 2 anos de idade acabou caindo em uma fossa destampada enquanto brincava em uma residência. Infelizmente, o pequenino não resistiu aos ferimentos e foi a óbito.

Conforme informações adiantadas por um jornal local, o pequeno Davi Vasconcelos de Melo brincava na casa de uma amiga da família ontem por volta das 11h30, em Luziânia. Sem que os adultos percebessem, Davi foi para perto de uma fossa para continuar brincando. A fossa, que estava destampada, tinha 12 metros de profundidade.

A tampa da fossa tinha sido retirada, pois, segundo os moradores da casa, uma nova seria feita para que o local tivesse mais segurança. Duas cadeiras sinalizavam o buraco. Porém, a criança passou por elas e acabou caindo.

Os bombeiros foram acionados para resgatar o menino, sendo necessário ventilar o local para retirar os gases da fossa para evitar que os militares passassem mal ou desmaiassem. Em seguida, um deles desceu com equipamentos e retirou a criança.

Após cair em fossa destampada, menino de 2 anos morre, em Luziânia
Davi não resistiu aos ferimentos após cair em fossa / Foto: Reprodução

Davi Vasconcelos de Melo chegou a ser encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Pai da criança que caiu em fossa destampada, em Luziânia, estava no trabalho quando recebeu a notícia da morte do filho

A notícia da morte de Davi chegou ao seu pai, Tarcísio Vasconcelos, enquanto ele estava no trabalho. Conforme o homem em entrevista ao jornal local, foi uma sobrinha que ligou para dar a triste notícia. “Uma sobrinha minha me ligou dizendo que meu filho tinha caído em um buraco, em uma fossa. A gente entrega na mão de Deus. Deus sabe o que faz”, disse Tarcísio.

Conforme apurado pela reportagem do Dia Online, Davi completaria 3 anos na próxima semana.

Via: G1 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Mundo

Mistério cerca avião da Turquia

Segundo fontes militares ouvidas, a aeronave é um Bombardier Global Express prefixo TC-TSR operada pela empresa turca MNG Jet, com base em Istambul, e teria pousado em Caracas.
04/05/2019, 12h51

O governo brasileiro constatou que uma aeronave, de prefixo TC-TSR, decolou na terça-feira de Moscou rumo a Caracas, às 14h23 (hora local) ou às 6h23 na capital venezuelana, quando o autoproclamado presidente da Venezuela Juan Guaidó saiu, de surpresa, às ruas para anunciar que o fim do regime de Nicolás Maduro estava próximo.

O avião, que supostamente seria usado para a fuga de Maduro, informação que não foi confirmada pelo governo brasileiro, apesar da coincidência, tem origem turca e não russa, como se pensou inicialmente, e voou mais de 12 horas entre o Aeroporto Internacional de Vnukovo, em Moscou, e o Aeroporto Internacional Simón Bolívar, em Caracas. Ali permaneceu por pouco mais de uma hora e decolou às 21h12. O avião permaneceu em Punta Cana até quinta-feira, quando retornou para sua base, na Turquia.

Restaram muitas perguntas ao governo brasileiro para serem respondidas. Não se sabe se o jato privado turco, de país aliado a Maduro, levou algo ou alguém para Caracas. Não se sabe, também, se depois, quando decolou de Punta Cana para Istambul, levou alguém. Mas o governo brasileiro reconhece que são muitas as coincidências.

Segundo fontes militares ouvidas, a aeronave é um Bombardier Global Express prefixo TC-TSR operada pela empresa turca MNG Jet, com base em Istambul. O avião teria retornado apenas com a tripulação a bordo. As mesmas fontes lembram que esta não é a primeira vez que uma aeronave não militar, de nação amiga do bolivariano, pousa em Caracas, em uma operação suspeita. Lembram que já houve ocasião em que um Boeing 777-200ER, da empresa russa Nordwind, também chegou a Caracas, em meio às crises da Venezuela.

Durante a terça-feira, autoridades americanas diziam que um “avião russo” estava na Venezuela, pronto para levar Maduro para Cuba, ou outro país amigo, onde pudesse ficar exilado. As notícias que circularam, também sem confirmação, foram de que Moscou havia convencido Maduro a resistir ao “golpe” e permanecer em Caracas. Como o avião tem autonomia de mais de 11 mil quilômetros, caso a operação de saída tivesse sucesso, Maduro poderia cruzar o oceano e ir para países amigos, como a própria Turquia. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Saúde

Dia D de vacinação contra gripe: veja onde se vacinar em Goiânia

Vacinas estão disponíveis em 74 postos na capital.
04/05/2019, 14h17

Ocorre neste sábado (4/5), o dia D de vacinação contra a gripe, em Goiânia e demais capitais do país. Em Goiás, 1.830.408 pessoas devem ser imunizadas. De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO), a intenção é que pelo menos 1.647.408 dessas pessoas procurem um dos 907 postos de vacinação fixos instalados em todo o estado.

O cronograma de vacinação foi divulgado pelo Ministério da Saúde, de acordo com maior vulnerabilidade do grupo. O primeiro grupo, composto por gestantes, puérperas e crianças de 6 meses até 5 anos, tiveram prioridade entre os dias 10 e 18 de abril; o grupo 2, de trabalhadores da saúde, entre os dias 22 e 26 de abril. Já o terceiro grupo prioritário, de pessoas com 60 anos ou mais, se vacinaram entre 29 de abril a 3 de maio.

Após o dia Dia D, que ocorre hoje (4/5), terão prioridade, do dia 6 ao 10 de maio, os portadores de doenças crônicas ou comorbidades; de 13 a 17 de maio: professores; e 20 a 31 de maio: todos os grupos prioritários, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

Dia D de vacinação contra gripe: veja onde se vacinar

Na capital, as vacinas estão disponíveis em 74 postos de vacinação. O objetivo é imunizar no mínimo 90% (404.610 pessoas) do público-alvo até o encerramento da campanha, em 31 de maio. Confira abaixo a lista de postos de vacinação divulgada pela Prefeitura de Goiânia.

Região Campinas / Centro

  • Cais Campinas
  • Cais Deputado João Natal
  • Centro de Saúde Cidade Jardim
  • Secretaria Municipal de Saúde
  • Diretoria de Vigilância Epidemiológica
  • Centro de Saúde Vila Santa Helena
  • CFS – Crimeia Oeste
  • UABSF – Setor Leste Universitário
  • Centro de Saúde Norte Ferroviário
  • Centro de Saúde Vila Canaã
  • Centro de Saúde Vila Moraes
  • Centro de Saúde Marinho Lemos
  • Centro de Saúde Fama
  • Centro de Saúde Criméia Leste
  • Centro Esplanada do Anicuns

Região Leste

  • Cais Parque Amendoeiras
  • Cais Jardim Novo Mundo
  • Cais Chácara do Governador
  • Centro de Saúde “Dr. Afonso Honorato da Silva e Souza”
  • Departamento de Vigilância Epidemiológica
  • CSF – Ville de France
  • CSF- Recanto de Minas Gerais
  • CSF Parque Atheneu
  • CSF Aruanã III
  • CSF Dom Fernando
  • CSF Recando das Minas Gerais
  • CSF Santo Hilário

Região Noroeste

  • Cais Finsocial
  • Cais Setor Cândida de Morais
  • CFS Vila Mutirão
  • CFS- Jardim Primavera
  • CSF- Boa Vista
  • CSF Jardim Curitiba I
  • CSF – Residencial Brisas da Mata
  • CSF São Carlos
  • CSF – Estrela D ́alva

Região Sudoeste

  • CIAMS Novo Horizonte
  • Centro de Saúde “José do Egídio Martins” – Vila União
  • CSF- Condomínio das Esmeraldas
  • CSF – Madre Germana II
  • CSF – Parque Santa Rita
  • CSF – Real Conquista
  • CSF – Jardim Caravelas
  • Centro de Saúde Pq. Anhanguera
  • Centro de Saúde Jardim Vila Boa
  • Centro de Saúde Vila Mauá
  • CSF Eli Forte
  • CSF Garavelo B
  • CSF Residencial Itaipu

Região Norte

  • Centro de Saúde Jd. Balneário M. Ponte
  • CSF- Setor São Judas Tadeu
  • CSF-Guanabara I
  • CSF Antônio Carlos Pires
  • CSF – Residencial Vale dos Sonhos
  • Cais Jardim Guanabara III
  • CSF- Cachoeira Dourada
  • CSF- Conjunto Itatiaia
  • CIAMS Urias Magalhães
  • CSF Vila Rica
  • CS Benedito dos Santos Vieira (Perim)

Região Oeste

  • Cais Bairro Goiá
  • CSF- Vila Regina
  • CSF – Parque Vera Cruz II
  • CSF – Cerrado VI
  • CSF – Parque Eldorado Oeste
  • CSF – Residencial Goiânia Viva
  • CSF – Buena Vista
  • CSF- JD. Cerrado IV
  • CSF- Parque Vera Cruz I
  • CSF – Parque dos Buritis

Região Sul

  • Centro Municipal de Vacinação e Orientação do Viajante
  • Centro Saúde Vila Redenção
  • Centro de Saúde Parque Amazônia
Imagens: Veja 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Economia

Justiça condena empresa por humilhações a funcionário que 'ia muito ao banheiro'

Funcionário, indenizado em R$ 3 mil por danos morais, afirma que 'sofria frequentemente humilhações públicas e ameaças de demissão'.
04/05/2019, 14h42

A Segunda Turma do Tribunal Superior do Trabalho condenou a Positivo Tecnologia, de forma unânime, a pagar R$ 3 mil de indenização por danos morais a um funcionário. O analista de suporte era ridicularizado pelo supervisor por ir ao banheiro com mais frequência que os colegas.

O funcionário afirma que ‘sofria frequentemente humilhações públicas e ameaças de demissão motivadas pelo incômodo do supervisor’.

As pausas para ir ao banheiro receberam até um apelido: “Pausa Nei”, como o funcionário era conhecido.

De acordo com uma testemunha, logo os colegas passaram a usar o apelido também de forma pejorativa. O analista de suporte relata ainda que, por várias vezes, ‘recebia advertências injustificadas e não era autorizado a deixar o posto de trabalho para usar o sanitário’.

Na sentença em primeira instância, o juiz do Trabalho reconheceu que havia discriminação, mas alegou que ‘não houve demonstração do abalo e constrangimento sofridos, capaz de gerar um constrangimento moral que merecesse compensação’. A decisão foi mantida pelos desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho.

O analista de suporte recorreu ao TST e, no acórdão, os ministros determinaram o pagamento da indenização.

De acordo com o relator, ministro José Roberto Freire Pimenta, a empresa violou direitos constitucionais como a intimidade, a vida privada e a honra.

“Não restam dúvidas de que a prática realizada pela empresa expunha o empregado à situação vexatória, passível de reparação. (…) O constrangimento por parte do superior hierárquico e a limitação diária ao uso de banheiro restaram incontroversos nos autos””, defendeu.

Com a palavra, a Positivo Tecnologia

A Positivo Tecnologia respeita a decisão judicial. A empresa, por meio de seu código de alinhamento de conduta, repugna atitudes que afetam a dignidade, principalmente de funcionários. Esclarece ainda que estimula boas práticas de gestão com foco no respeito às relações interpessoais.

Imagens: TAG Jurídica 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.