Economia

Com reajuste de mais de 3%, botijão de gás fica mais caro a partir de domingo

Preço do botijão de 13kg vai custar R$ 26,20 às distribuidoras.
04/05/2019, 15h21

A Petrobras vai reajustar em 3,43%, em média, a partir do próximo domingo (5/5), o preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP Residencial), o gás de cozinha, para botijão de 13 quilos (kg) às distribuidoras sem a cobrança de tributos. O preço do botijão de 13kg vai custar R$ 26,20.

O último reajuste ocorreu no dia 5 de fevereiro, exatamente há três meses, quando o valor do gás de cozinha subiu para R$ 25,33 para as distribuidoras.

Em nota, o Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) informou que as empresas distribuidoras associadas à entidade foram comunicadas na tarde de hoje pela Petrobras que o GLP residencial para embalagens de até de 13kg ficará mais caro a partir do próximo domingo. De acordo com o Sindigás, o reajuste oscilará entre 3,3% e 3,6%, de acordo com o polo de suprimento.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Educação

Educação de Santo Antônio do Descoberto anuncia concurso com 1.059 vagas 

Salários variam de R$ 998 a R$ 2.557, de acordo com a carga horária trabalhada.
04/05/2019, 16h52

A Secretaria de Educação de Santo Antônio do Descoberto, cidade goiana localizada no Entorno do Distrito Federal, anunciou um novo concurso público com 1.059 vagas, sendo 258 para contratação imediata e 801 para cadastro reserva. Os salários variam de R$ 998 a R$ 2.557, de acordo com a carga horária. A seleção é aberta para todos, inclusive para os servidores com contratos em vigor.

Segundo o secretário da pasta, Mauro da Mata, o processo seletivo em questão “se justifica pelo fato do prazo do processo seletivo realizado em 2017, está terminando, deste modo para o funcionamento das unidades escolares, as contratações são necessárias”. Os contratos foram prorrogados por mais um ano, conforme permitido em edital.

Cargos ofertados em concurso da Educação de Santo Antônio do Descoberto

As vagas ofertadas no concurso público de 2019 contemplam as níveis fundamental, médio e superior. Confira a lista de cargos com vagas em aberto:

  • Professor Pedagogo
  • Professor de Língua Portuguesa
  • Professor de Matemática
  • Professor de Geografia
  • Professor de Ciências
  • Professor de história
  • Professor de Inglês
  • Professor de Educação Física
  • Professor de LIBRAS
  • Psicopedagogo
  • Nutricionista
  • Monitor Para CMEI e ou Escolas
  • Monitor para Transporte Escolar
  • Auxiliar Administrativo
  • Auxiliar de Serviços Gerais

Inscrição e documentação exigida

A inscrição consiste na entrega da documentação exigida no edital diretamente na prefeitura da cidade; os documentos devem se protocolados a partir de 20 de junho. A avaliação será feita em etapa única e os aprovados serão convocados já em agosto.

Documentos exigidos (duas cópias legíveis de cada):

  • Curriculum Vitae datado e assinado
  • Carteira de Identidade
  • CPF
  • Título eleitoral
  • Certidão de Quitação Eleitoral
  • PIS ou PASEP
  • Comprovante de residência
  • Carteira de reservista (para os homens)
  • Certidão de nascimento dos dependentes
  • Nº de conta corrente
  • Certidão negativa de débitos da receita federal
  • Certidão negativa de débitos da receita estadual
  • Certidão negativa de débitos trabalhistas
  • Certidão negativa criminal de Goiás e certidão negativa tributária municipal.

Observações: nas vagas para professores, deve-se entregar certificado ou diploma de conclusão de curso superior reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC); para os cargos de monitor e Auxiliar Administrativo, é necessário apresentar histórico do ensino médio; para as vagas de Auxiliar de Serviços Gerais e Merendeira, deve-se entregar a declaração de Ensino Fundamental Incompleto.

Veja o edital completo no site da Prefeitura de Santo Antônio do Descoberto.

Imagens: Concurso 2019 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Africano e brasiliense são encontrados mortos na Casa da Acolhida, em Goiânia

Uma das vítimas tinha perfuração no pescoço.
05/05/2019, 13h16

O africano Mohamed Alie Jalloh, de 25 anos, e o brasiliense Emanuel de Barros Cezario, de 35, foram encontrados mortos na Casa da Acolhida, no setor Campinas, em Goiânia, na manhã deste domingo (5/5).

Um dos corpos estava com uma perfuração profunda no pescoço, conforme o delegado plantonista da Delegacia Estadual de Investigações de Homicídios (DEIH), Klayter Camilo Resende Farinha. Também existe a suspeita de que as vítimas tenham sido asfixiadas.

Dois suspeitos, que dividiam quarto com as vítimas, simularam uma briga e foram expulsos da unidade que acolhe pessoas em situação de rua da capital.

No quarto em que foram encontrados, tem capacidade para quatro pessoas.

A reportagem busca mais informações.

Casa da Acolhida em que morreram africano e brasiliense é de responsabilidade da Prefeitura

Com capacidade para atender em torno de 240 pessoas, distribuídas em quartos em 3 andares, a Casa da Acolhida é um dos serviços sociais da Prefeitura de Goiânia.

No primeiro andar, existe uma recepção, cozinha, refeitório e banheiros. No segundo andar, o espaço é reservado aos homens solteiros, com uma sala de televisão, banheiros, espaço para a realização de curativos que se façam necessários. No terceiro andar, o espaço é reservado às famílias e mulheres e também conta com uma sala de televisão, banheiros e uma brinquedoteca para as crianças.

A Casa Acolhida Cidadã (CAC), segundo a Prefeitura de Goiânia, abriga temporariamente famílias e adultos em situação de rua, pessoas com passagens, migrantes e imigrantes, e pessoas que não possuem familiar na na cidade.

A Prefeitura, por meio da Assistência Social, oferece alimentação, higiene pessoal, e pernoite.

No local ainda deveria ter atendimento de Psicologia e Serviço Social, com orientação e encaminhamento para aquisição de documentos pessoais.

Na Casa da Acolhida ainda tem atividades culturais, desportivas e de lazer. As assistentes sociais ainda orientam e encaminham ao mercado de trabalho e procuram atendimento médico por meio do 0800.

No local, segundo a Prefeitura, as pessoas podem ser medicadas, terem feridas tratadas com curativos.

A Casa da Acolhida funciona na Rua: Minas Gerais n.º 839, no Setor Campinas

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Jovem é morto a tiros na Praça da Paz, em Goiânia

Até o momento nenhum suspeito do crime foi preso pela polícia.
05/05/2019, 13h48

Um jovem identificado como Daniel Yuri Alves, de 22 anos, foi morto com cerca de cinco tiros na madrugada deste domingo (5/5) na Praça da Paz, no Setor Cândida de Morais, em Goiânia.

A Polícia Militar do Estado de Goiás (PMGO) esteve no local e fez o isolamento da área, até a chegada dos agentes da Delegacia Estadual de Investigação de Homicídios (DIH) e dos peritos para fazer a perícia do local.

Os policiais da DIH ouviram algumas testemunhas do caso, eles contaram à  polícia que o homem estava na Praça da Paz quando o suspeito ou suspeitos se aproximaram e atiraram contra Daniel, que morreu na hora.

Apesar das testemunhas do local, eles não souberam informar as características do atirador que fugiu logo após o crime. Daniel tinha passagens pela polícia por receptação e tráfico de drogas, ainda não há informações sobre a autoria ou motivação do crime. O caso vai ser investigado pela DIH.

Em outro caso, um jovem foi morto a tiros em Caldas Novas

Na última quarta-feira (1/5) o jovem Thiago Raider Alves, de 18 anos, foi morto a tiros na frente de dois amigos, em Caldas Novas, a 152 quilômetros de Goiânia.

Na ocasião o Dia Online conseguiu contato por telefone com o delegado Wilisses Valentim, que registrou a ocorrência. Segundo o delegado, Thiago caminhava pela rua 6 no Setor Estância Itaguí 3 no município, quando os suspeitos passaram em um veículo do modelo Fiat/Pálio de cor prata e atiraram contra Thiago.

Os tiros foram apenas contra Thiago, os dois amigos que estavam com ele nada sofreram. O delegado disse à reportagem como os disparos foram direcionados apenas ao jovem, acreditar que se trata de uma execução, uma vez que o rapaz tinha passagem por receptação, furto qualificado e posse de drogas para consumo. O caso é investigado pelo Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) de Caldas Novas.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Mundo

Israel responde a ataques em Gaza e nova escalada da violência ameaça a região

"Eles estão pagando um preço muito alto por isso", disse Netanyahu.
05/05/2019, 14h14

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, ordenou “ataques em massa” contra a Faixa de Gaza neste domingo, com uma nova escalada de violência ameaçando as negociações de cessar-fogo entre israelenses e palestinos.

Netanyahu disse que o exército de Israel irá reforçar suas unidades nos arredores da Faixa de Gaza com armamentos, artilharia e infantaria em meio aos temores de que a violência continuará a escalar com o início do pior confronto entre Israel e Gaza desde que as tensões começaram a crescer em maio do ano passado.

Gaza disparou 450 foguetes contra Israel entre sábado e domingo, incluindo 180 foguetes durante a noite, e Israel respondeu atingindo o que definiu como 220 “alvos militares” em Gaza. O confronto prossegue neste domingo, com sirenes tocando em Beer Sheba e em comunidades próximas a fronteira em Gaza. O clima de tensão é crescente.

O primeiro-ministro israelense culpa o Hamas, que comanda Gaza, pelos ataques. “Eles estão pagando um preço muito alto por isso”, disse Netanyahu.

Os ataques provocaram a morte de um israelense de 58 anos em Ashkelon – o primeiro cidadão israelense morto por um foguete desde a guerra com Gaza de 2014 – e pelo menos 12 pessoas em Gaza, incluindo uma mulher grávida e seu filho de 14 meses de vida. O exército de Israel diz que um foguete do Hamas acidentalmente matou a mulher e a criança.

Oficiais israelenses disseram não ter interesse em uma escalada no conflito a uma semana do festival Eurovision, um dos concursos de música mais assistidos do mundo e que deve atrair milhares de visitantes para a cidade de Tel Aviv. Alguns analistas têm sugerido que grupos militares de Gaza podem estar usando a ameaça de retomada dos ataques às vésperas do Eurovision para pressionar Israel a fazer concessões.

Representantes da televisão israelense e do Eurovision afirmam que estão monitorando a situação e os ensaios em Tel Aviv seguem de acordo com o previsto. Segundo as duas fontes, o concurso na próxima semana está mantido sem qualquer alteração. Fonte: Dow Jones Newswires.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.