Trânsito

Homem morre após motocicleta bater em mureta de proteção na GO-060

Acidente ocorreu na noite desta segunda-feira (29/4), sentido Goiânia/Trindade.
30/04/2019, 08h06

Um homem morreu e outro ficou ferido após a motocicleta em que estavam bater contra a mureta de proteção, na GO-060, em Goiânia. O acidente ocorreu na noite desta segunda-feira (29/4), na altura do quilômetro três da rodovia, sentido Goiânia/Trindade.

De acordo com informações da Delegacia Especializada em Investigação de Crimes de Trânsito (DICT), tudo teria ocorrido após o condutor da motocicleta perder o controle da direção, por motivo ainda a ser apurado, e bater na mureta de proteção, bem próximo a passarela de pedestres, localizada no início da via.

Na motocicleta estavam Edivan Thomás de Andrade, de 30 anos, que morreu no local, e Leonardo Barbosa Martins, dono da motocicleta. Ele foi socorrido e encaminhado ao Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), onde recebeu atendimento na emergência.

Acidente com motociclistas em Goiânia

Segundo levantamento das Secretarias Municipais de Saúde (SMS) e de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT) de Goiânia, por meio do Projeto Vida no Trânsito (PVT), divulgado na última semana, em 2017 ocorreram 190 mortes por acidentes de trânsito na capital. Somente no primeiro semestre de 2018 foram 88.

Entre os motociclistas, o número de mortes registradas foi 51%, seguido dos pedestres com 21%. O perfil das vítimas com maior ocorrência são homens motociclistas, com idade de 20 a 39 anos. Na maioria das ocorrências, os acidentes fatais foram causados pelo excesso de velocidade nas vias e direção após o uso de bebida alcoólica.

De acordo com a Dict, no ano passado, 70% das vítimas fatais de acidentes de trânsito em Goiânia pilotavam ou eram passageiros de motocicletas.

A pesquisa apontou ainda que dirigir  sem a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), e a falta de atenção do motorista na sinalização e paradas obrigatórias nos semáforos foram as infrações mais cometidas durante os períodos. Os acidentes aconteceram principalmente nos horários de pico, pela manhã e à noite.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Aparecida de Goiânia comemora 97 anos com tradicional festa e programação diversificada

Mês de maio será repleto de comemorações, entre desfile cívico, rodeios e shows.
30/04/2019, 08h24

Aparecida de Goiânia é uma das mais importantes do país e completará 97 anos de história no dia 11 de maio. A cidade comemora neste mês de maio uma intensa programação em virtude do seu aniversário. As festividades e ações terão início nesta quarta-feira, 1º com a tradicional festa do trabalhador. Entre os dias 8 e 12 de maio será realizada a 9ª edição do Aparecida é Show com a presença de artistas locais e nacionais com entrada gratuita para que todos possam participar dos festejos.

E no dia 11 de maio, data do aniversário de Aparecida, será realizado o desfile cívico municipal, com os parabéns sendo cantado com um bolo de 97 metros, que será distribuído para a população presente. As comemorações terão início às 8h, na Avenida Independência, no Parque da Família, setor Village Garavelo. O bolo de 97 metros é personalizado com imagens da cidade. A festa contará com a presença do prefeito Gustavo Mendanha, deputados federais e estaduais, secretários municipais, vereadores e outras autoridades do Estado.

O aniversário da cidade se deve a história de fé, devoção e tradição do seu antigo povoado. Segundo relatos históricos, a fundação de Aparecida foi realizada no dia 11 de maio de 1922, quando uma cruz de aroeira foi erguida por missionários católicos no Centro da Praça Matriz. No local, a comunidade religiosa celebrou a primeira missa e depois construiu a Paróquia Santuário Nossa Senhora de Aparecida, que foi rota histórica dos missionários que realizavam a evangelização dos povos na época.

Com população atual de cerca de 600 mil habitantes, que forma o segundo município de Goiás, os aparecidenses de nascimento e quem escolheu a cidade para viver, presencia a experiência de um desenvolvimento social e econômico vertiginoso. Isso porque a qualidade de vida e o desenvolvimento econômico em ascensão, mesmo em tempos de crise, são conquistas do investimento continuado da administração pública municipal. A cidade, que possui mais de 46 mil CNPJs ativos, tornou-se altamente atrativa para investidores e empresários de diversos setores.

Essa atração resultou em um significativo crescimento do mercado imobiliário e logístico de Aparecida. Para o prefeito Gustavo Mendanha, o município se destaca em Goiás em várias frentes e áreas. “Aparecida é referência em desenvolvimento econômico, em qualidade de vida, geração de emprego, valorização da cultura e saúde pública. Nossa cidade cresceu. Deixamos de ser a cidade problema e passamos a ser uma das principais locomotivas de desenvolvimento do Estado”, afirmou.

Programação de aniversário de Aparecida de Goiânia

 1º de maio

  • Evento: Festa do Trabalhador
  • Local: Praça da Igualdade, setor Garavelo
  • Horário: início 15h

8 a 12 de maio

  • Evento: Aparecida é Show
  • Local: Centro de Cultura e Lazer José Barroso – Avenida Gervásio Pinheiro, APM, Setor Village Garavelo.
  • Horário: A partir das 19h, com entrada franca.

O Aparecida é Show terá entrada franca todos os dias. O local será palco de atrações musicais que este ano incluem artistas nacionais como Isadora Pompeo e Casa Whorship (dia 8), Gustavo Lima (dia 9), Naiara Azevedo (dia 10) Gabriel Diniz (dia 11), e Leo Magalhães no domingo (12) Dia das Mães. As competições do tradicional rodeio começam às 21h nos dias 09 a 12. E a partir das 23h30 têm início os shows com artistas nacionais no palco principal da festa.

Os artistas regionais também terão seu espaço. Os cantores, escolhidos por meio do Concurso Canta Aparecida, se apresentarão no palco da Cultura, no Aparecida é Show, a partir das 20h.

11 de maio 

  • Evento: Desfile Cívico e Bolo de 97 metros
  • Local: Parque da Família, na Avenida Independência, Residencial Village Garavelo (em frente ao Aparecida Shopping).
  • Horário: A partir das 8h

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Advogado preso em Anápolis organizava eventos e esquemas do PCC

Calisto Abdala Neto, o advogado preso hoje (30/4), atuou na defesa de Geovani Pereira da Silva, apontado como contador do grupo de Carlinhos Cachoeira.

Por Ton Paulo
30/04/2019, 10h11

O advogado Calisto Abdala Neto, preso na manhã desta terça-feira na Operação Advocatus Diabolis, deflagrada pela Delegacia Estadual de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco), além de advogar para a facção PCC, atuava como líder e organizador de vários esquemas criminosos dentro da organização de São Paulo. O advogado preso hoje também era o responsável pela comunicação entre os envolvidos presos.

Conforme informações da Polícia Civil, a prisão preventiva do advogado ocorreu no município de Anápolis. Calisto Abdala Neto é investigado por ocupar posição de grande destaque dentro de uma estruturada e sofisticada facção criminosa de São Paulo especializada em diversas práticas criminosas, neste caso especialmente lavagem de dinheiro proveniente de roubos e receptações de caminhões.

Estão ligados a Abdala, de acordo com a Polícia Civil, os presos Pedro Joaquim Batista (diretor do núcleo do PCC em Goiás), Adão Noel Mazetto (diretor do núcleo do PCC em Mato Grosso) e Welton Ferreira Nunes Jr. (hacker do PCC em Goiás), além do foragido Alexandre Keller (diretor do núcleo do PCC em São Paulo).

Em Goiás, no que tange aos delitos praticados pelos faccionados, a facção foi completamente desarticulada com a prisão do advogado em destaque.

Advogado preso em Anápolis defendia membro de esquema de Carlinhos Cachoeira

Calisto Abdala Neto, preso hoje na Operação Advocatus Diabolis, atuou na defesa de Geovani Pereira da Silva, apontado como contador do grupo de Cachoeira. O contador Geovani Pereira da Silva, segundo o MPF, era responsável pela gestão financeira de uma organização criminosa chefiada por Carlinhos Cachoeira na exploração de jogos de azar.

Geovani foi condenado no processo da Operação Monte Carlo.

Errata: Ao contrário do informado na última matéria do Dia Online sobre o caso, e conforme esclarecido acima, o advogado Calisto Abdala Neto era advogado de Geovani Pereira da Silva, que integrava o esquema criminoso de Carlinhos Cachoeira, e não de Carlinhos.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Trânsito

Vídeo mostra momento em que motociclista é arremessada em árvore, na Vila Mauá

Pedestre e a passageira da motocicleta foram encaminhados ao HUGOL.
30/04/2019, 10h33

Uma motociclista morreu na manhã desta terça-feira (30/4), depois de atropelar um pedestre e bater em uma árvore no canteiro central da Avenida General Couto Magalhães, na Vila Mauá, em Goiânia. Uma câmera de segurança de um comércio local registrou o momento exato em que um jovem tenta atravessar a rua correndo, mas acaba entrando na frente da moto que seguia na faixa esquerda da via.

Com o impacto, a motociclista, Dayane Paula da Costa Soares, de 36 anos, foi arremessada contra uma árvore do canteiro central da avenida. Ela morreu no local. Veja o exato momento da batida (canto esquerdo da tela):

Também ficaram feridos o pedestre, Lindomar Ferreira Silva, de 22 anos, e a filha de Dayane, passageira da moto. As vítimas foram socorridas e levadas para o Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol). 

Uma equipe da Delegacia Especializada em Investigação de Crimes de Trânsito (DICT), que atendeu a ocorrência, foram até a unidade de saúde em busca de outras informações. No hospital, a filha de Dayane, uma adolescente de 16 anos, contou que a mãe a levava para a escola. Ela está em estado regular.

A mãe do pedestre também foi ouvida por agentes da Dict. Ela informou que Lindomar possui problemas mentais. O estado de saúde dele também é regular.

Em menos de 24 horas, dois motociclistas morrem em acidentes, em Goiânia

Na noite desta segunda-feira (29/4), na altura do quilômetro três da GO-060, sentido Goiânia/Trindade, um homem morreu e outro ficou ferido após a motocicleta em que estavam bater contra a mureta de proteção da rodovia. Segundo a DICT, tudo teria ocorrido após o condutor da motocicleta perder o controle da direção, por motivo ainda a ser apurado.

Na motocicleta estavam Edivan Thomás de Andrade, de 30 anos, que morreu no local, e Leonardo Barbosa Martins, dono da motocicleta. Ele foi socorrido e encaminhado ao Hugol, onde recebeu atendimento na emergência.

Mortes

No ano passado, conforme levantamento da Delegacia de Trânsito, 70% das vítimas fatais de acidentes de trânsito em Goiânia pilotavam ou eram passageiros de motocicletas. As Secretarias Municipais de Saúde (SMS) e de Trânsito, Transporte e Mobilidade (SMT) de Goiânia, por meio do Projeto Vida no Trânsito (PVT), apontam que, no mesmo período, o número de mortes de motociclistas registradas foi 51%, seguido dos pedestres com 21%.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Economia

Taxa de desemprego fica em 12,7% no trimestre até março, afirma IBGE

Resultado representa alta de 1,4% em relação ao mesmo período do ano anterior.
30/04/2019, 10h47

A taxa de desocupação no Brasil ficou em 12,7% no trimestre encerrado em março, de acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados nesta terça-feira, 30, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado ficou abaixo da mediana (12,8%) das expectativas dos analistas ouvidos pelo Projeções Broadcast, que estimavam uma taxa de desemprego entre 12,5% e 13,0%.

Em igual período de 2018, a taxa de desemprego medida pela Pnad Contínua estava em 13,1%. No trimestre até fevereiro, a taxa foi de 12,4%. No trimestre até dezembro de 2018, o resultado ficou em 11,6%.

A renda média real do trabalhador foi de R$ 2.291,00 no trimestre encerrado em março. O resultado representa alta de 1,4% em relação ao mesmo período do ano anterior.

A massa de renda real habitual paga aos ocupados somou R$ 205,3 bilhões no trimestre até março, alta de 3,3% ante igual período do ano anterior.

Imagens: Veja 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.