Goiás

Bombeiros combatem incêndio em exaustor de restaurante, no Setor Marista

Apesar do susto, ninguém se feriu.
16/03/2019, 15h34

O Corpo de Bombeiros de Goiás foi acionado na tarde deste sábado (16/3) para combater um incêndio em um restaurante localizado na Rua 26, no Setor Marista, região nobre de Goiânia. O fogo teria começado em um exaustor da cozinha do estabelecimento. Apesar do susto, todos que estavam no restaurante escaparam ilesos.

Segundo testemunho de um funcionário, as chamas se iniciaram após um pequeno curto circuito dentro da cozinha. Rapidamente os bombeiros chegaram e conteram o incêndio. De acordo com informações da corporação, seis viaturas atuaram no combate as chamas. Uma perícia já foi solicitada no local.

Restaurante para conhecer em Goiânia

Sabe quando bate aquela preguiça de fazer comida em casa ou simplesmente quando você não tem tempo para isso? Pois e, nesses casos, os restaurantes em Goiânia sempre se transformam em excelentes opções para suprir a necessidade. E se você faz parte do grupo que precisa comer fora de vez em quando, ou que apenas pretende fazer um programa diferente com a família e amigos, nós aqui do Portal Dia Online preparamos uma listinha com os melhores restaurantes para conhecer.

São lugares que não se preocupam apenas em servir produtos de qualidade, mas que também trabalham para que seus clientes tenham experiências únicas e inesquecíveis. O melhor de tudo é que a capital ainda conta com opções para todos os tipos de gostos e bolsos. Abaixo você encontra opções que vão do mais sofisticado até o mais simples, no entanto, todos possuem algo em comum: a qualidade, sabor e o bom atendimento. Confira!

1 – Íz Restaurante

2 – Coco Bambu

3 – Kabanas

4 – L’Etoile D’Argent

5 – Terraço New York Restaurante & Bar

6 – Cantina Sa Marco

7 – Kanpai Blue

8 – Porto Cave

9 – Carne de Sol 1008

10 – Mau Nenhum

11 – Chão Nativo

12 – Tucunaré na Chapa

13 – Faisão Grill

14 – Júnior Cozinha Brasileira

15 – Restaurante Popular

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Mundo

Ciclone atinge Moçambique, Malavi, Zimbábue e deixa 140 mortos

Localidade mais atingida foi a cidade portuária de Beira, em Moçambique, onde o aeroporto está fechado, o fornecimento de energia foi interrompido e muitas casas foram destruídas.
16/03/2019, 16h00

Os países africanos Moçambique, Zimbábue e Malavi foram atingidos por um forte ciclone, que matou mais de 140 pessoas, deixou centenas de desaparecidos e isolou milhares de pessoas, especialmente em áreas rurais pobres. O ciclone Idai afetou mais de 1,5 milhão de pessoas nos três países do sul da África, segundo a ONU e autoridades governamentais.

A localidade mais atingida foi a cidade portuária de Beira, em Moçambique, onde o aeroporto está fechado, o fornecimento de energia foi interrompido e muitas casas foram destruídas. A tempestade atingiu Beira na última quinta-feira e seguiu para o Oeste, em direção a Zimbábue e Malavi.

O presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, afirmou que os danos registrados em consequência do ciclone são “muito preocupantes” e comentou que a inundação dificultou a aterrissagem de aviões e a realização de operações de salvamento, de acordo com a rádio estatal do país.

O porta-voz do governo do Zimbábue, Nick Mangwana, disse neste sábado que 24 pessoas morreram em consequência das enchentes até agora no país. As mortes ocorreram principalmente em Chimanimani, uma área montanhosa perto da fronteira leste com Moçambique que é popular entre os turistas. Segundo ele, nenhuma morte de turistas foi registrada. Estradas e pontes foram destruídas, tornando mais morosos os esforços de resgate. A emissora estatal de televisão do Zimbábue, ZBC, informou que 150 pessoas estão desaparecidas.

As agências da ONU e a Cruz Vermelha estão ajudando nos esforços de resgate nos três países, o que inclui o fornecimento de alimentos e remédios por helicóptero.

Fonte: Associated Press

Imagens: Twitter 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Por "péssima relação", menor planeja e executa morte de pai adotivo, em Pirenópolis

Assassinato ocorreu na manhã desta sexta-feira (15/3), enquanto a vítima dormia.
16/03/2019, 16h57

Um menor de 17 anos foi apreendido suspeito de planejar e matar o pai adotivo, em Pirenópolis, cidade turística de Goiás. Segundo informações preliminares, o crime teve como motivação a relação ruim entre os dois, desde um episódio em que o adolescente apanhou do homem. O assassinato ocorreu na manhã desta sexta-feira (15/3), enquanto a vítima dormia.

O pai, identificado como Elias Cesário dos Santos, de 61 anos, foi morto com um tiro no peito. O menor teria usado uma espingarda que era guardada na fazenda onde eles moravam. O corpo de Elias foi encontrado, ainda na cama, por uma sobrinha que acionou a Polícia Militar.

Menor suspeito de matar o pai adotivo fugiu de Pirenópolis para Interlândia

Após atirar contra o pai, o menor fugiu de Pirenópolis para o Distrito de Interlândia, em Anápolis, região metropolitana de Goiânia, com o objetivo de se esconder na casa de parentes. Mas o adolescente foi encontrado pela PM e e confessou o crime.

Ele disse aos policiais que planejou a morte do pai adotivo durante toda a noite de quinta-feira (14/3), véspera do assassinato. O menor confessou ainda que foi motivado pela péssima relação entre ele e o pai, principalmente após um desentendimento no qual ele acabou apanhando.

O adolescente foi apreendido e deve ficar sob custódia até a próxima segunda-feira (18/3), data em que o juiz deve se inteirar sobre o caso. Se responsabilizado pelo crime, ele pode pegar até três anos de reclusão – pena máxima para menores infratores.

Apreensão de menores infratores em Goiás

Só nestes três primeiros meses de 2019, este é o 27º menor infrator apreendido no estado, pela Delegacia de Polícia de Apuração de Atos Infracionais (DEPAI). Nesta última sexta-feira (15/3), além do menor suspeito de matar o pai, os policiais civis cumpriram, na capital e em Abadia de Goiás, mandados de busca e apreensão em desfavor dos adolescentes L. L. C. e W. P. S. G. F., menores investigados por roubos de veículos, furto e tráfico de drogas.

Imagens: G1 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Policiais resgatam cadela e filhotes vítimas de maus-tratos, em Morrinhos

Animais foram levados para o centro de zoonoses do município, onde recebem os cuidados necessários.
16/03/2019, 18h11

Policiais civis de Morrinhos, região Sul de Goiás, resgataram uma cadela e os filhotinhos, com cerca de dois meses de vida, vítimas de maus-tratos. De acordo com informações da Polícia Civil de Goiás (PCGO), os animais viviam em situação precária, se alimentando até com fezes, além de estarem infestados de carrapatos.

A família de cães foi resgatada após a corporação receber uma denúncia anônima. Ao chegarem na casa, localizada no Setor Vila Nova, em Morrinhos, os agentes encontraram um homem de 50 anos, proprietário da residência, que matinha os animais em situação de risco. Ele alegou aos agentes que cuidava bem da cadela, mas, após o nascimento dos filhotes, não teve mais condições de cuidar.

O dono dos animais assinou um termo circunstanciado e deve ser indiciado pelo crime de maus-tratos. Já os animais, depois de resgatados, foram levados para o centro de zoonoses do município, onde recebem os cuidados necessários.

Centro de acolhimento para animais vítimas de maus-tratos

Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR) aprovou, na última semana, a criação do hospital veterinário, visita de animais domésticos a pacientes internados e a criação do Centro de Acolhimento Animal (CAA) para cães e gatos, em Goiânia. Depois de verificada a constitucionalidade e legalidade, os projetos continuam em tramitação no Plenário da Câmara Municipal da capital.

A proposta de criação do CAA, de autoria do vereador Zander Fábio (Patriotas), tem como objetivo controlar a população de animais na rua e a proliferação de doenças, resgatar e recuperar animais abandonados, atropelados ou em estado de sofrimento.

Depois do resgate, o CAA também poderá fazer castração, vermifugação, vacinação, encaminhamento de adoção e campanhas. Segundo o texto apresentado, o Centro de Acolhimento terá sede própria separada do Centro de Zoonose e será composto de canil, gatil e centro cirúrgico.

Imagens: Polícia Civil 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Explosão de botijão de gás deixa dois gravemente feridos, em Goiânia

Coordenador dos Bombeiros acredita que antes da explosão as vítimas tiveram uma briga e durante a briga uma delas teria dito que abriria a mangueira do gás.
17/03/2019, 13h39

A explosão de um botijão de gás de cozinha na madrugada deste domingo (17/3) em um prédio situado na avenida 3ª radial, no setor Pedro Ludovico, em Goiânia, deixou dois homens gravemente feridos.

A ocorrência foi registrada pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) e pela Defesa Civil, por volta das 04h52. Conforme as informações divulgadas pelo CBMGO, a explosão do gás de cozinha ocorreu no primeiro andar do prédio, que no total contém seis andares.

A corporação afirmou que durante a ocorrência, oito viaturas trabalharam no combate ao incêndio provocado pela explosão e no salvamento e resgate das vítimas. Os bombeiros afirmaram que num primeiro momento foi feita a evacuação dos moradores do prédio e em seguida de dois homens que ficaram gravemente feridos após a explosão.

Segundo as informações da corporação as duas vítimas do sexo masculino foram identificadas como Anderson Costa de Oliveira e Michel Feitosa de Sousa, ambos de 28 anos. A corporação afirmou que os dois ficaram gravemente feridos e foram levados para o Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) para receber atendimento médico adequado.

Durante uma discussão um dos feridos na explosão afirmou que iria abrir a mangueira do gás

O Hugo afirmou por meio de nota que o estados de saúde dos rapazes é graves e que eles estão sendo acompanhados de perto por uma equipe multidisciplinar de médicos. Conforme as informações divulgadas pelo hospital, um dos rapazes continua sedado e entubado, enquanto o outro respira em o auxílio de aparelhos.

O Coordenador de operações dos bombeiros, Major Adely Henrique de Souza, acredita que antes da explosão houve uma briga entre os rapazes, segundo os vizinhos relataram. Conforme o Major, em entrevista a um Jornal local, os moradores do prédio e vizinho dos rapazes ouviram a discussão e o momento que um deles afirmou que iria abrir a mangueira do gás.

O coordenador lembrou que apenas abrir a mangueira do gás não é suficiente para causar o incêndio, e que é necessário uma faísca com um fósforo ou isqueiro por exemplo para provocar as chamas.

Via: G1 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.