Goiás

Sargento da PM é morto após reagir a assalto a restaurante, em Águas Lindas

Sargento estava almoçando quando os suspeitos anunciaram o assalto ao estabelecimento.
22/02/2019, 16h53

O sargento da Polícia Militar (PM) André Balselar Ramos, foi morto durante uma tentativa de assalto a um restaurante, em Águas Lindas de Goiás, no Entorno do Distrito Federal, nesta sexta-feira (22/2).

A Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) afirmou que o sargento estava almoçando no restaurante, quando os suspeitos entraram no estabelecimento e anunciaram o assalto. Conforme as informações da polícia, após os indivíduos anunciarem o roubo, o PM reagiu e trocou tiros com os suspeitos.

A polícia informou que durante a troca de tiros, um dos autores da tentativa de roubo foi atingido pelo sargento e o PM alvejado com vários disparos vindo a óbito no local. Segundo a polícia, além do policial militar que morreu durante o confronto, um primo do policial e o dono do estabelecimento foram baleados.

Após o confronto entre o sargento e o suspeitos, os indivíduos fugiram do local e deixaram o companheiro baleado no hospital de Brazlândia. Conforme as informações da polícia, na unidade hospitalar o rapaz foi identificado e foi preso pela PMGO, enquanto os outros comparsas até o momento não foram localizados pela polícia.

Em nota a PMGO lamentou a morte do sargento e afirmou que policiais militares de Goiás e do Distrito Federal fazem busca na região para prender os outros dois suspeitos da tentativa de assalto ao restaurante.

Confira a nota

“É com imenso pesar que a Polícia Militar do Estado de Goiás informa o falecimento do 2º Sargento PM André Balselar Ramos, 42 anos de idade. O policial militar estava almoçando com amigos no início da tarde de hoje (22) em um estabelecimento comercial, localizado no Distrito de Padre Lúcio, município de Águas Lindas, quando dois indivíduos armados invadiram o comércio e anunciaram o roubo.

Houve troca de tiros onde o sargento foi alvejado indo a óbito no local, outras duas pessoas também foram atingidas e encaminhadas para a unidade de saúde. Os autores fugiram em um veículo de um comparsa que os aguardavam do lado externo. Um deles estava ferido, foi deixado no hospital em Brazlândia (DF), sendo socorrido e ficando sobre a custódia da autoridade policial. Neste momento, policiais militares de Goiás e do Distrito Federal fazem diligências para localizar e deter os outros envolvidos no crime.”

Sargento da PM é morto pela namorada, em São Gabriel

O sargento da PM, Luciano da Silva Melo, de 52 anos, foi morto na noite do dia 6 de fevereiro deste ano, em São Gabriel de Goiás pela namorada Maria Rosa Viana dos Santos, de 37, após uma discussão entre os dois. A namorada do sargento foi presa na manhã do dia (7/2) em Planaltina de Goiás, no Entorno do Distrito Federal, na companhia do ex-marido.

Durante os levantamentos sobre a morte do sargento Luciano, vizinhos relataram aos policiais que durante a noite, o casal discutiu e o ouviram o PM pedido a arma dele de volta. A briga conforme as informações da polícia foi motivada, pelo fim do relacionamento dos dois, pois a mulher não aceitava o rompimento.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Cine Goiânia Ouro ajuda a fomentar a cultura na capital

Com diversos ambientes, o Cine Goiânia Ouro é responsável por receber palestras e mostras de cinema que ajudam a fomentar a cultura na cidade.
22/02/2019, 18h05

Os teatros, museus e centros culturais em Goiânia são as provas de que a cultura de nosso povo precisa ser constantemente alimentada conforme o tempo passa. Por isso é tão importante participar de eventos e frequentar lugares que fomentem esse tipo de conteúdo, a fim de tornar as artes ainda mais acessíveis à população em geral. Muitos lugares pela cidade foram desenvolvidos com tal propósito, sendo o Centro Municipal de Cultura Goiânia Ouro, carinhosamente chamado de Cine Goiânia Ouro, um dos melhores exemplos disso.

Localizado na Rua 3, no centro da cidade, é um lugar onde a cultura está ao alcance de todos, recebendo diversos talentos nas mais variadas áreas de atuação, atraindo aos mais diversos públicos. Embora o local ainda seja muito querido pelos goianienses, é válido lembrar que já foi mais ativo. No entanto, ainda carrega consigo muita responsabilidade cultural e social, recebendo palestras, vitrines e mostras de cinema nacionais e internacionais.

Conhecendo o Cine Goiânia Ouro

Cine Goiânia Ouro
Foto: Reprodução

Construído ainda na década de 70, inicialmente o local possuía uma proposta bem diferente da que conhecemos hoje. Dentro da Galeria Ouro, funcionava apenas como um cinema – que por sinal, é um dos mais antigos da cidade. Sua capacidade era para 700 lugares, mas à medida que o tempo foi passando, seus gestores perceberam a oportunidade de transformar o lugar em algo ainda maior.

A mudança começou a ser pensada pela família proprietária da própria galeria e do Cine Goiânia Ouro. O contato foi feito  no início de 2005, com o então secretário municipal de cultura, Kleber Adorno, na intenção inicial de transformar o espaço em duas salas para a exibição de filmes.

Foi então que o secretário visitou o lugar, pensando em ampliar ainda mais a proposta. O projeto foi levado até a prefeitura com o intuito de estabelecer uma parceria, que felizmente foi aceita. Segundo Kleber Adorno: “Com o sim do prefeito, desenvolvemos o projeto e passamos a executá-lo. A ideia, desde as primeiras conversas, era democratizar o acesso aos bens culturais, por parte da população e fomentar o talento local em todas as suas formas de manifestação“.

Cine Goiânia Ouro
Foto: Reprodução / O Popular

Dessa forma, em 2006 a prefeitura deu início às reformas. Agora, além da sala de cinema, no Cine Goiânia Ouro ainda é possível encontrar um teatro, biblioteca, uma lojinha do artista, e um lindo café cultura.

O cinema conta com capacidade para 217 pessoas, apresentando longas e curtas metragens nacionais e internacionais, recebendo ainda mostras de cinema alemão, espanhol, argentino e muito mais.

O teatro é originalmente da década de 70, contando com 291 lugares e tendo sua história marcada por diversas apresentações importantes na cena artística de Goiânia. Ali se apresentaram incontáveis artistas importantes na cena teatral.

O Café Cultura é bastante convidativo, com um ambiente bem confortável onde é possível saborear um delicioso café enquanto se aproveita uma boa leitura. Oferece ainda um barzinho encantador. No local acontecem saraus literários, shows e um bom happy hour para ir com os amigos.

A biblioteca oferece um acervo com obras sobre a história de Goiânia, bem como livros de poesias de grandes escritores.

Seja qual for a finalidade, o lugar é muito interessante e vale a pena conhecer, caso você ainda não tenha feito uma visita.

Informações:

Facebook: Goiânia Ouro

Telefone para contato: (62) 3524-2542

Endereço: Rua 3, 1016 – St. Central, Goiânia – GO, 74023-010

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Governo empresta ônibus escolares a Aragarças

Veículos foram emprestados após ônibus escolares serem incendiados no pátio da Secretaria de Obras do município.
22/02/2019, 18h58

O governo de Goiás emprestou a cidade de Aragarças cinco ônibus escolares, para auxiliar no transporte dos alunos da zona rural para a cidade, para não perderem as aulas. A entrega dos ônibus foi feita pela secretária de educação Fátima Gavioli ao prefeito do município José Elias Fernandes (PSD) na última quinta-feira (21/2) e contou com a participação da primeira dama de Argarças Mara Nei Elias e do deputado estadual Karlos Cabral (PDT).

Os ônibus escolares emprestados pelo governo de Goiás por intermédio da Secretaria de Educação do Estado (SEE), é em virtude do incêndio criminoso da madrugada do dia 10 de fevereiro de 2019, quando sete ônibus escolares, uma viatura do Instituto Médico Legal (IML) e uma ambulância que estavam no pátio da Secretaria de Obras de Aragarças ficaram completamente destruídos.

A SEE afirmou que dos cinco veículos emprestado ao município afetado pelo incêndio, quatro tem 29 lugares e um conta com 60 lugares. Durante a entrega dos ônibus, a secretária afirmou que recebeu uma ligação do deputado Karlos Cabral e em seguida do governador Ronaldo Caiado (DEM), para auxiliar no que fosse preciso ao município que perdeu quatro dos sete ônibus escolares usados para o transporte dos alunos em Aragarças.

Suspeitos de provocar incêndio que destruiu ônibus escolares de Aragarças são presos

No mesmo dia cinco pessoas que afirmam serem integrantes do Comando Vermelho (CV), foram presas suspeitas de provocar o incêndio no pátio da Secretaria de Aragarça. Conforme as informações divulgadas, o incêndio criminoso foi provocado por vingança, devido a morte de um homem identificado como Jefinho, em um confronto com a Polícia Militar (PM), em Bom Jardim de Goiás.

Os suspeitos de praticar o crime foram presos no Mato Grosso após trabalho conjunto da PM com a Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) e apoio do Grupo de Patrulhamento Tático (GPT) e a PM do Mato Grosso.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Presidente do IMAS de Goiânia consegue liminar na justiça e é solto

Sebastião Peixoto foi preso durante a Operação Fatura Final do MPGO deflagrada na última quinta-feira.
22/02/2019, 19h30

O presidente do Instituto de Assistência à Saúde e Social dos Servidores Municipais de Goiânia (IMAS) Sebastião Peixoto foi liberado na noite desta sexta-feira (22/2) após conseguir uma liminar no Tribunal de Justiça de Goiás (TJGO).

Sebastião Peixoto foi preso na manhã da última quinta-feira (21/2) durante a Operação Fatura Final deflagrada pelo Ministério Público do Estado de Goiás (MPGO), que investiga a participação do até então presidente do IMAS em um esquema de autorização de exames irregulares.

Durante as investigações os promotores encontraram dezenas de procedimentos fraudulentos, com atendimentos médicos inexistentes, feito em uma clínica de fachada, credenciada ao Imas por meio de um contrato no valor de R$ 10 milhões de reais.

Além disto os promotores afirmaram que o uso indevido do convênio com o instituto, foram feitos de forma fraudulenta, e beneficiava uma clínica vinculada ao então Diretor de Saúde do Imas, que foi nomeado por Sebastião Peixoto e que o presidente do instituto autorizava os procedimentos. Além do presidente do instituto, cinco médicos do Imas também foram presos durante a operação deflagrada pelo MPGO.

Presidente do Imas foi solto após a decisão

O MPGO informou que não foi notificado da decisão liminar em favor do presidente do IMAS, e que vai se pronunciar sobre o assunto após ser notificado da decisão liminar. O Portal Dia Online entrou em contato com a Diretoria Geral de Administração Penitenciária (DGAP), por meio de nota informou ter recebido a notificação no final da tarde desta sexta-feira e cumpriu a determinação judicial ao soltar o preso no início da noite de hoje.

Confira a nota

“A direção do Núcleo de Custódia do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia informa que recebeu, no final da tarde desta sexta-feira, 22/02, a expedição do alvará de soltura do preso Sebastião Peixoto. Seguindo a decisão do Poder Judiciário e cumprida pelo sistema penitenciário, o preso foi solto no início da noite de sexta-feira.”

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Força-tarefa para inspecionar barragens em Goiás ganha R$ 500 mil do MPT

Valor vai ser usado para comprar equipamentos para o Centro de Monitoramento Ambiental.
22/02/2019, 20h29

Durante uma reunião com o Ministério Público do Trabalho (MPT) o governo de Goiás recebeu o repasse de R$ 500 mil reais para compra de bens e serviços para o cadastramento e fiscalização de barragens no Estado. No final do mês de janeiro, o governo estadual anunciou a criação de uma força-tarefa para inspecionar as barragens e evitar tragédias como a de Brumadinho, em Minas Gerais que matou 176 pessoas e outras 134 estão desaparecidas.

A força-tarefa para inspecionar as barragens de Goiás foi criada pela Secretaria do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) com apoio do Batalhão de Policiamento Ambiental e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO).

O valor foi repassado ao governador Ronaldo Caiado (DEM) pelo procurador-chefe do MPT em Goiás, Tiago Ranieri e o procuradora Meicivan Lima. Conforme a assessoria do governo estadual, o valor foi arrecadado a partir de sanções a empresas que desrespeitaram as normas trabalhista e vai ser usado para compra de equipamento como drones e computadores para reforçar o Centro de Monitoramento Ambiental da Polícia Militar e do CBMGO.

“Diante de casos como o de Minas não podemos deixar o cidadão exposto. Precisamos agir antes de uma catástrofe”, afirmou o governador. O procurador-chefe do MPTGO, afirmou que o ministério tem com atuação fiscalizar e articular a cidadania. Além disto Tiago Ranieri ressaltou que como em Goiás não tinha uma fiscalização efetiva, os recursos foram destinados para contribuir para que o trabalho de fiscalização das barragens no Estado comecem o mais rápido possível.

Goiás possuí nove mil barragens

Uma pesquisa do Instituto Mauro Borges (IMG) levantou que em Goiás existem aproximadamente nove mil barragens. Os números foram levantados via satélite e as barragens no Estado variam de pequenos lagos aos grandes barramentos. Conforme os dados da pesquisa, a maioria são de espelhos d’água e servem para irrigação, abastecimento e outros usos.

De acordo com instituto em Goiás, existem pelo menos 11 barragens de rejeitos de mineração, com características distintas da lama que atingiu Brumadinho. A Semad vai atuar fiscalizando e monitorado cada barramento do Estado junto com a Agência Nacional de Mineração (ANM).

“Assim que encerrar o prazo ou até mesmo durante o curso do cadastro já podemos atuar mais especificamente na fiscalização”, afirmou a secretária do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Andréia Vulcanis

De acordo com a secretária a prioridade do governo é o cadastramento e a fiscalização das maiores e menores barragens no Estado. De acordo com a Secretaria, a partir do cadastramento dos barramentos, a Semad vai classificar o dando potencial de cada uma delas.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.