Goiás

Deputados eleitos serão diplomados em Goiás

Ao todo serão diplomados 106 políticos.
19/12/2018, 10h30

O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE/GO) realiza nesta quarta-feira (19/12), a diplomação dos eleitos, a solenidade começa às 10h, no auditório do Tribunal de Contas do Estado de Goiás (TCE).

Na ocasião, os eleitos receberão o diploma expedido pela Justiça Eleitoral para os cargos de governador, vice-governador, senador, deputado federal, e deputado estadual, bem como os suplentes de senador e os primeiros e segundos suplentes nos cargos de deputado federal e estadual, eleitos por Goiás.

Este ano foram eleitos um governador com vice-governador, 2 senadores com 4 suplentes, 17 deputados federais com 10 suplentes, e 41 deputados estaduais com 30 suplentes.

Para a expedição do diploma pela Justiça Eleitoral o eleito deve estar em dia com o serviço militar.

O Presidente do TRE-GO, Desembargador Carlos Escher, expediu o Ofício Circular n.º 25/2018, por meio do qual solicita aos candidatos eleitos e aos respectivos 1ºs e 2ºs suplentes do sexo masculino com idade até 45 anos que apresentem prova de quitação com o serviço militar para a confecção dos diplomas.

Para os eleitos que não puderem comparecer à solenidade, os mesmos deverão protocolar um requerimento no TRE/GO direcionado à Secretaria Judiciária solicitando o diploma.

Confira a lista dos políticos eleitos por Goiás em 2018: http://bit.ly/2UZG8Pt

Informações

Local: Tribunal de Contas do Estado de Goiás, avenida Ubirajara Berocan Leite, n 640 – Setor Jaó, Goiânia

Horário: 10 horas

Telefone: 3920-4210

Diplomação do presidente eleito Jair Bolsonaro

A cerimônia de diplomação do presidente eleito Jair Bolsonaro, e do seu vice, Antônio Mourão, foi no último dia 10 de dezembro. A solenidade aconteceu no Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília.

Esse ritual é promovido desde 1951, quando Getúlio Vargas retornou à Presidência da República por meio do voto popular. Suspensa durante o regime militar – de 1964 a 1985 –, a solenidade retornou ao TSE após a redemocratização do país, em 1989, com a eleição de Fernando Collor de Mello.

Para receber o diploma, os candidatos eleitos precisam estar com o registro de candidatura deferido e as contas de campanha julgadas. De acordo com o Calendário Eleitoral deste ano, as solenidades de diplomação devem ocorrer até o dia 19 de dezembro.

Imagens: Altair Tavares 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

Trabalhador ganha 3 dias de ausência para fazer exames preventivos de câncer

O decreto passa a prever até doze situações nas quais o empregado poderá deixar de comparecer ao serviço sem prejuízo do salário.
19/12/2018, 10h57

Lei publicada nesta terça-feira, dia 18, em edição extra do Diário Oficial da União (DOU) garante ao trabalhador o direito de ausência ao serviço a fim de permitir a realização de exames preventivos de câncer.

Conforme a Lei nº 13.767, que altera o artigo 473 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), aprovada pelo Decreto-Lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943, o empregado poderá deixar de comparecer ao serviço sem prejuízo do salário até três dias, em cada doze meses de trabalho, em caso de realização de exames preventivos de câncer devidamente comprovada.

Com a alteração, o decreto passa a prever até doze situações nas quais o empregado poderá deixar de comparecer ao serviço sem prejuízo do salário, como casamento, nascimento de filho e doação voluntária de sangue, entre outras.

Imagens: coluna esplanada 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Mundo

'De um jeito ou de outro, ganharemos o muro', diz Trump sobre divisa com México

está estimado em US$ 5 bilhões, para construir a barreira.
19/12/2018, 11h05

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a afirmar em sua conta no Twitter que, “de um jeito ou de outro”, ele “ganhará” a disputa sobre construção de um muro na fronteira com o México.

“No nosso País, tanto dinheiro foi jogado no ralo, por tantos anos, mas quando se trata de Segurança na Fronteira e as Forças Militares, os Democratas lutam até a morte. Ganhamos a disputa sobre financiamento para as Forças Militares, que estão sendo completamente reconstruídas. De um jeito ou de outro, ganharemos na disputa em torno do Muro!”, escreveu.

O impasse com a oposição em torno da falta de apoio no Congresso pela aprovação de uma lei orçamentária que preveja financiamento, estimado em US$ 5 bilhões, para construir a barreira de concreto na divisa sulista americana pode levar a máquina pública federal a ser parcialmente paralisada a partir do primeiro minuto do dia 22 de dezembro.

Isso porque algumas áreas do governo dos EUA operam sob um orçamento ‘tampão’ neste ano fiscal de 2019, iniciado em outubro. A paralisação ocorrerá se nenhum projeto orçamentário for aprovado no Congresso até aquela data.

Imagens: Veja 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Enquanto ministro de Temer vira alvo da PF, presidente recebe homenagem em Goiânia

O presidente Temer receberá a comenda do Mérito Industrial da FIEG.

Por Ton Paulo
19/12/2018, 11h17

O presidente da República Michel Temer receberá uma homenagem num dia atribulado para sua equipe ministerial. Nesta quarta-feira (19/12), enquanto Temer vem a Goiânia cumprir agenda oficial e receber uma homenagem da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg), seu ministro de Ciência e Tecnologia, Gilberto Kassab, vira alvo da Polícia Federal (PF) numa operação em que o órgão cumpre mandados de busca e apreensão contra o político.

Enquanto a PF ação apura denúncias de que Kassab teria recebido vantagens indevidas entre os anos de 2010 e 2016, incluindo o período no qual foi prefeito de São Paulo, cumprindo mandados de busca e apreensão em sua residência e outros endereços relacionados no estado de São Paulo e Rio Grande do Norte, Michel Temer marca presença, ao lado do governador eleito de Goiás Ronaldo Caiado, na capital de Goiás para ser homenageado pela FIEG.

A Federação das Indústrias do Estado de Goiás realiza hoje, às 19h30, a cerimônia de posse da nova diretoria da instituição, gestão 2019-2022. Na oportunidade, também será outorgada a comenda do Mérito Industrial ao presidente da República, Michel Temer, com presença já confirmada na solenidade.

A nova diretoria da entidade será liderada pelo empresário Sandro Mabel, nome de consenso entre os 36 Sindicatos das Indústrias que compõem a Fieg. Segundo Sandro Mabel, o foco da nova gestão será o atendimento ao setor industrial, o fortalecimento da prestação de serviços dos sindicatos e o aumento da formação de jovens para a indústria.

A cerimônia de posse acontecerá no Teatro Sesi, em Goiânia, e reunirá lideranças classistas, empresários e autoridades do Executivo, Legislativo e Judiciário. Além do presidente Michel Temer, também está confirmada a presença do governador de Goiás, Zé Eliton, do governador eleito Ronaldo Caiado e do presidente da Confederação Nacional da Indústria, Robson Braga de Andrade.

Ministro de Temer é alvo de operação autorizada por ministro do STF

Aproximadamente 40 policiais federais estão envolvidos na operação, que inclui buscas e apreensões na residência de Gilberto Kassab e outros endereços relacionados no estado de São Paulo e Rio Grande do Norte.

De acordo com a TV Globo, a casa do irmão do político, Renato Kassab, também é alvo de investigação. A operação investiga os crimes de corrupção passiva e falsidade ideológica eleitoral. As informações são da revista Veja.

De acordo com o veículo, a ação da PF foi autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF, em decorrência de delação de Wesley Batista e Ricardo Saud, da J&F, que controla o frigorífico JBS.

Via: O Hoje 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Política

PF acha R$ 300 mil em dinheiro no apartamento de Kassab

O dinheiro foi encontrado durante buscas realizadas por ordem do ministro Alexandre de Moraes.
19/12/2018, 11h21

A Polícia Federal (PF) encontrou R$ 301 mil em dinheiro vivo no apartamento do ministro Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicação). O dinheiro foi encontrado durante buscas realizadas por ordem do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), nesta quarta-feira (19). Kassab (PSD) é alvo da delação premiada de executivos do grupo J&F.

A partir de janeiro, Kassab, que já foi prefeito da capital paulista, será o secretário da Casa Civil do Governo João Doria (PSDB), em São Paulo. Além dos R$ 301 mil, a PF apreendeu documentos na residência de Kassab, um apartamento situado nos Jardins, bairro nobre da zona sul paulistana.

Ao todo, a PF cumpre nesta quarta-feira oito mandados de busca e apreensão. Além de Kassab, são alvo de mandados endereços relacionados ao governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria. Os federais também fazem busca em endereços ligados a Renato Kassab, irmão do ministro.

Segundo a PF, o objetivo da ação é “investigar o recebimento de vantagens indevidas”, entre os anos de 2010 a 2016, por parte de Kassab. Os repasses teriam sido feito pelo Grupo J&F, de Joesley e Wesley Batista.

Defesa

Kassab afirma, em nota, “que confia na Justiça brasileira, no Ministério Público e na imprensa” e diz saber “que as pessoas que estão na vida pública estão corretamente sujeitas à especial atenção do Judiciário”. O ministro reforça “que está sempre à disposição para quaisquer esclarecimentos que se façam necessários e ressalta que todos os seus atos seguiram a legislação e foram pautados pelo interesse público”.

Imagens: Estadão 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.