Brasil

Incêndio de grandes proporções atinge 600 casas em Manaus e deixa 4 feridos

O fogo teve início por volta das 21 horas e ao menos quatro pessoas ficaram feridas. Uma delas foi encaminhada ao hospital e pronto-socorro 28 de Agosto, em Adrianópolis.
18/12/2018, 12h28

Um incêndio de grandes proporções atingiu cerca de 600 casas de madeira no bairro de Educandos, zona sul de Manaus, na noite da segunda-feira, 17. A estimativa é da Defesa Civil da capital amazonense. O fogo teve início por volta das 21 horas e ao menos quatro pessoas ficaram feridas. Uma delas foi encaminhada ao hospital e pronto-socorro 28 de Agosto, em Adrianópolis.

Até o momento, não há registro de mortes. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, o fogo foi controlado.

Muitas das residências estão localizadas próximas ao Rio Negro. De acordo com o Corpo de Bombeiros, há indícios de que o fogo tenha começado após a explosão de uma panela de pressão em uma das casas.

O vento estava muito forte e ajudou a alastrar as chamas.

De acordo com a corporação, foram mobilizados 100 bombeiros e 14 caminhões, e mais de 100 mil litros de água foram usados para combater o incêndio.

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), lamentou o ocorrido e afirmou que irá declarar estado de emergência. “Toda a Prefeitura estará à disposição das vítimas da tragédia enquanto o problema durar”, disse ele em sua conta no Twitter.

No fim da noite, a Prefeitura anunciou uma força-tarefa para atender às vítimas. Equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Defesa Civil, Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manautrans), Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc) e Fundo Manaus Solidária prestaram atendimento às pessoas prejudicadas pelo incêndio.

Duas escolas e um centro social foram colocados à disposição dos desabrigados. Todos os acessos para o bairro de Educandos foram interditados.

O presidente Michel Temer colocou os órgãos do governo federal à disposição das autoridades estaduais do Amazonas para apoiar as ações na região. “Minha solidariedade às famílias vítimas do incêndio em Manaus. Falei com o prefeito Arthur Virgílio e coloquei o governo federal à disposição”, afirmou, no Twitter.

Calamidade pública

Arthur Virgílio e sua mulher e presidente do Fundo Manaus Solidária, Elisabeth Valeiko Ribeiro, estiveram nas primeiras horas desta terça-feira, 18, na área atingida pelo incêndio. “Irei assinar um decreto de calamidade pública para comprar com agilidade, sem a necessidade do burocrático processo de licitação, tudo o que for necessário neste momento para ajudar estas famílias que perderam o pouco que tinham”, disse ele.

O prefeito também destacou as doações feitas às famílias. “O que for possível e estiver dentro das nossas forças será feito para mitigar o sofrimento dessas pessoas.”

De acordo com dados da Prefeitura de Manaus, ao menos 500 famílias ficaram desabrigadas.

Elisabeth pediu à sociedade que se mobilize. “Estamos aqui prontos para receber doações de roupas, sapatos, remédios, colchões. Tudo é muito bem-vindo numa situação como essa.”

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Economia

Mansueto evita falar sobre reforma do FGTS e cita alta em remuneração de contas

O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, classificou o debate e a remodelagem do FGTS como muito interessante.
18/12/2018, 14h53

O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, afirmou que o debate sobre a remuneração e remodelagem do FGTS é muito “interessante”. Mas Mansueto evitou comentar se a proposta apresentada na segunda-feira, 17, pela secretária-executiva do Ministério da Fazenda, Ana Paula Vescovi, sobre mudanças no FGTS será encampada pela equipe econômica do futuro ministro Paulo Guedes.

Ele ponderou que o governo Michel Temer já melhorou a remuneração do FGTS ao permitir que metade do lucro das aplicações do fundo sendo revertidos para as contas individuais dos trabalhadores.

Presidente do Conselho de Administração da Caixa Econômica Federal, a secretária-executiva do Ministério da Fazenda, Vescovi defendeu uma ampla remodelagem do FGTS para melhorar a remuneração dos recursos do trabalhador.

Em entrevista ao Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado), Vescovi alertou que o dinheiro do trabalhador hoje é “subremunerado”. “A remuneração do FGTS é uma das fontes de desigualdade de renda do País”, avaliou. A secretária também propôs à equipe de transição comandada pelo futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, a segregação dentro da Caixa da contabilidade do banco das suas ações de função social e a parte comercial, de varejo. Na sua avaliação, é possível fazer essas mudanças por meio da atualização das normas, que já foi feita pela atual gestão, em relação à medida de cálculo de risco e retorno das operações.

Ana Paula Vescovi propôs que os recursos das aplicações do fundo sejam remunerados pela Taxa de Longo Prazo (TLP) como já foi feito com o dinheiro do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). O FGTS é uma poupança compulsória dos trabalhadores com carteira assinada que rende 3% ao ano mais TR.

“O exemplo da TLP com o FAT deveria ser pensado para o FGTS”, disse ela, ponderando que qualquer aplicação num fundo de renda fixa ou do Tesouro Nacional é maior do que a do FGTS. Outra proposta é que o trabalhador possa aplicar os seus recursos no Tesouro Direto, programa de venda de títulos do Tesouro Nacional pela internet.

Nessa modelagem, a secretária defendeu também a abertura do FGTS para outros bancos além da Caixa. Hoje, a Caixa tem exclusividade na gestão dos fundos e recebe uma taxa de 1%. “A Caixa é remunerada por isso, mas também carrega todo o risco da gestão do FGTS, inclusive repasses que são feitos para outros bancos”, ressaltou. Segundo ela, é importante que a Caixa possa abrir essas funções para que haja uma competição entre todos os bancos, com regras bem definidas.

A secretária lembrou que quando o dinheiro do FAT passou a ter a remuneração pela TLP houve muita polêmica, mas o mercado de capitais de lá para cá “floresceu” e está mais dinâmico. A TLP seria o custo de captação dos empréstimos. “Qualquer mudança na remuneração do FGTS precisa ser responsável, preservando a remuneração já contratada nos estoques e mudando daqui para frente”, ponderou.

Ela avaliou ainda que a poupança do trabalhador é subremunerada porque é uma fonte de recursos mais barata para habitação e infraestrutura. “Se fizéssemos com a TLP, tiraríamos o crédito direcionado da economia, permitindo que a taxa de juros, que faz a política monetária, seja mais baixa para todo mundo”, disse.

Para os projetos de baixa renda com recursos do FGTS, como de habitação que não se viabilizem com a TLP, a secretária disse que se justifica o governo entrar com subsídio. Uma das propostas é que o próprio FGTS faça leilões de subsídios.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Educação

MEC divulga lista atualizada das melhores faculdades de Goiás

A UFG, instituição pública, e a FacUnicamps, faculdade privada, conquistaram as primeiras posições no ranking das melhores.

Por Ton Paulo
18/12/2018, 15h17

O Ministério da Educação (MEC), através do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), divulgou nesta terça-feira (18/12) a lista atualizada com as melhores instituições de Ensino Superior de Goiás. A avaliação divulgada hoje se refere ao ano de 2017, e traz as notas dos principais indicadores de qualidade e desempenho, que são o Índice Geral de Cursos (IGC) e o Conceito Preliminar de Curso (CPC). A Universidade Federal de Goiás (UFG), instituição pública, e a Faculdade Unida de Campinas (FacUnicamps), faculdade privada, conquistaram as primeiras posições no ranking das melhores.

O IGC é calculado anualmente e leva em conta a média dos CPC do último triênio, relativos aos cursos avaliados da instituição, a média dos conceitos de avaliação dos programas de pós-graduação stricto sensu atribuídos pela Capes na última avaliação trienal disponível e a distribuição dos estudantes entre os diferentes níveis de ensino, graduação ou pós-graduação stricto sensu.

Já o CPC é composto de oito componentes, agrupados em quatro dimensões que se destinam a avaliar a qualidade dos cursos de graduação. Para que um curso tenha o CPC calculado, é preciso que ele possua no mínimo dois estudantes concluintes participantes no Enade.

As notas variam de 1 a 5, sendo que 4 e 5 são consideradas excelentes e notas abaixo de 3 são insatisfatórias. Nenhuma instituição de ensino goiana conseguiu a nota máxima, e o ranking das melhores – que conseguiram conquistar para si o conceito 4 no IGC – ficou na seguinte ordem:

MEC divulga lista atualizada das melhores faculdades de Goiás
Instituições goianas de Ensino Superior que atingiram o conceito 4 no IGC (Fonte: INEP)

Na linha nacional, ainda de acordo com o INEP, 278 instituições de ensino superior no Brasil tiveram desempenho inferior às demais instituições avaliadas em 2017. De acordo com a autarquia do Ministério da Educação (MEC), 13,5% das instituições de ensino no Brasil tiveram um Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC) 1 ou 2 em uma escala que vai de 1 a 5.

Ao todo, 10.210 cursos tiveram o Conceito Preliminar de Curso (CPC) e 2.066 instituições de ensino tiveram o Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC) de 2017 divulgados hoje.

Visão de mercado e investimento em pesquisa colocam instituições na lista das melhores faculdades de Goiás

Diversos fatores são levados em conta para que uma faculdade ou universidade entre no “top” das melhores em sua área de abrangência. O investimento em pesquisa e qualidade de ensino e a abertura da visão de mercado são alguns deles.

A Universidade Federal de Goiás, a UFG, desfruta de uma sólida reputação no que se refere à pesquisa. Para se ter uma ideia, dois professores da UFG aparecem na lista dos pesquisadores mais influentes do mundo, a Highly Cited Researchers 2018, divulgada em novembro deste ano pela consultoria Clarivate Analytics. Luísa Gigante Carvalheiro (professora efetiva) e Robert Colwell (professor visitante) atuam no Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Evolução da UFG.

A Highly Cited Researches reúne os pesquisadores mais citados em artigos publicados ao redor do mundo em um período de dez anos. A lista possui cerca de 4 mil pesquisadores em 21 áreas do conhecimento – apenas 12 são brasileiros. Dos 12, apenas a Dra. Luísa Gigante e o Dr. Robert Colwell são de uma instituição de Goiás.

Ao mesmo tempo, a visão de mercado e o preparo do discente para a atuação no mundo competitivo e globalizado é outro ponto essencial. E, segundo o Professor João Rodrigues, diretor da FacUnicamps (que também vigora na lista das melhores faculdades de Goiás), é o que a instituição oferece.

Segundo o professor, a boa nota da faculdade se deve a um “conjunto de fatores”. “Temos uma seleção de professores capacitados e com vivência de mercado, um bom projeto pedagógico e também uma boa infraestrutura”, explica.

João Rodrigues também conta que o Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes, o Enade, é um fator decisivo na consolidação da qualidade no ensino oferecido pela faculdade. “É o fator principal [o Enade]. É através dele que nossos alunos mostram a qualidade do ensino que recebem”, finaliza.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Utilidades e presentes em Goiânia: 7 opções para encontrar de tudo um pouco

Podem ser encontradas diversas lojinhas de utilidades e presentes em Goiânia, ideais para quem pretende decorar a casa ou presentear aquela pessoa querida!
18/12/2018, 15h30

Sabe quando você está reformando a casa e pretende fazer uma decoração à altura, mas sem gastar muito? Ou quando você precisa presentear alguém mas não faz a menor ideia do que comprar? Embora pareçam situações um pouquinho difíceis de serem contornadas, as lojas de utilidades e presentes em Goiânia podem dar aquela ajudinha!

A capital goiana conta com diversas opções e sempre há aquela lojinha que melhor se adapta às suas necessidades e ao valor que pretende investir. Quer saber qual é a que fica mais próxima de você? Então dá uma olhadinha na listinha especial que preparamos!

Lojas de utilidades e presentes em Goiânia:

1 – Casa Goianita

presentes em Goiânia
Foto: Reprodução

Presente no mercado goianiense há mais de 60 anos, a história da loja praticamente se confunde com a história da cidade. Apenas para que você tenha ideia, os produtos da loja compõem a casa de muitas famílias de Goiânia, principalmente as mais tradicionais.

Inicialmente tinha o nome de “Armazém Goianita”, mas em 1958, acabou se transformando em uma grande loja de utilidades e presentes em Goiânia, fazendo com que também precisasse de uma pequena alteração em seu nome, que foi quando passou a ser chamada de “Casa Goianita”

Por lá é possível encontrar de tudo, desde itens para bares e copas, até artigos de decoração e cozinha. E o melhor é que você sempre encontra bom atendimento e qualidade nos produtos. Quer presentear alguém querido para você? Então faça uma visitinha até o local e encontre o que tanto procura!

Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 9h às 19h (os horários podem ser diferentes de acordo com cada unidade)

Telefones:

  • (62) 3091-6979
  • (62) 3088-9650
  • (62) 3945-9181
  • (62) 3224-4919
  • (62) 3095-3737
  • (62) 3945-9181

Endereços:

  • R. 69, 75 – Jardim Goiás, Goiânia – GO, 74810-340
  • Av. 85, 327 – St. Sul, Goiânia – GO, 74080-010
  • Av. T-4, 299 – St. Bueno, Goiânia – GO, 74230-035
  • Rua 69 – Jd. Goiás, Goiânia – GO, 74000-000
  • Rua 4, 311 – Centro, Goiânia – GO, 74020-045
  • Av. 24 de Outubro, 789 – St. Campinas, Goiânia – GO, 74505-010
  • Av. T-12, 3092 – St. Bueno, Goiânia – GO, 74223-080

2 – Louças e Presentes

presentes em Goiânia
Foto: Reprodução

Inaugurada no ano de 2000, a loja trabalha principalmente com o mercado atacadista de artigos para decoração e presentes em Goiânia. Buscam sempre inovar no assunto, oferecendo para seus clientes as principais tendências do momento.

É possível encontrar boa diversidade de produtos e garantia de bom atendimento. Vale lembrar que, embora o foco seja o atacado, a loja também trabalha com o varejo.

Dentre os produtos é possível encontrar flores, arranjos, cestas e baús, vasos. cerâmicas, pelúcias, móveis decorativos, importados e muito mais! Vale a pena fazer uma visita!

Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 8h às 18h / sábado, das 8h às 13h

Telefone: (62) 3233-4853

Endereço: Av. Anhanguera, 8851 – St. Campinas, Goiânia – GO, 74503-111

3 – Imaginarium

presentes em Goiânia
Foto: Reprodução

A marca nasceu em Florianópolis, no ano de 1991, vendendo inicialmente enfeites de Natal produzidos artesanalmente. No entanto, a demanda foi apenas crescendo e o sucesso fez com que a loja precisasse profissionalizar seu ramo de atuação e aumentar até mesmo seu espaço físico.

Apenas para que você tenha ideia, em apenas 4 anos já haviam mais de 15 unidades espalhadas por todo o país. Atualmente são 192 lojas exclusivas, 600 multimarcas e ainda contam com o e-commerce. Hoje, já se consolidaram como uma das mais lembradas lojas de utilidades e presentes em Goiânia.

É possível encontrar de tudo um pouco, desde eletrônicos e luminárias, até mochilas e almofadas. Vale a pena conhecer! Confira a loja virtual clicando aqui!

Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 10h às 22h / domingo, das 14h às 20h

Telefone: (62) 3226-3830

Endereço: Flamboyant Shopping Center – Av. Dep. Jamel Cecílio, 3300 – Jardim Goiás, Goiânia – GO, 74810-100

4 – Atmosfera Presentes e Decoração

presentes em Goiânia

Com duas unidades em Goiânia, esta é uma das lojas preferidas por quem deseja decorar a casa ou presentear aquela pessoa especial. Trabalha com artigos de altíssima qualidade, visando sempre atender seus clientes com excelência e carinho.

Entre os produtos é possível encontrar canecas, copos, garrafinhas, porta retratos, quadros, almofadas e muito mais. O custo-benefício é um dos pontos fortes do estabelecimento!

Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 9h às 21h (os horários podem ser diferentes de acordo com cada unidade)

Telefones:

  • (62) 3922-0474
  • (62) 3954-5687

Endereços:

  • T38 Setor Bueno, n.466, Buena Vista Shopping – St. Bueno, Goiânia – GO, 74230-030
  • Banana Shopping – Avenida Araguaia, 376 – Centro, Goiânia – GO, 74030-100

5 – Mercadão das Cestas

presentes em Goiânia
Foto: Reprodução

No mercado desde 1997, o Mercadão das Cestas nasceu da vontade de distribuir produtos diretamente para o consumidor. A primeira unidade foi inaugurada no Distrito Federal, a segunda em Vitória, no Espírito Santo e finalmente, chegaram em Goiânia, Goiás.

É uma das melhores lojas de presentes em Goiânia, sem dúvidas! Entre seus produtos é possível encontrar xícaras, fitas, acessórios para cestas e floricultura e produtos alimentícios para café da manhã. Além disso, os clientes também encontram artigos para festa, diversas opções de presentes e até móveis para decoração. Que tal fazer uma visitinha?

Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 8h às 18h / sábado, das 8h às 12h

Telefone: (62) 3941-4488

Endereço: Av. T-9, 1857 – Jardim America, Goiânia – GO, 74255-020

6 – Kazapê Artigos de Presentes e Decoração

presentes em Goiânia
Foto: Reprodução

A Kazapê é uma das mais lembradas lojas de decoração e presentes em Goiânia. Trabalham com um mix incrível de produtos, sempre oferecendo boa variedade para seus clientes. Contam com fornecedores nacionais e internacionais, visando sempre oferecer produtos de alta qualidade e com preços acessíveis.

É possível encontrar itens para a cozinha, escritório e lindos artigos de decoração.

Horário de funcionamento: segunda a sexta, das 8h às 18h

Telefone: (62) 98107-1977

Endereço: R. T-37, 3344 – St. Bueno, Goiânia – GO, 74230-022

7 – Big Lar

presentes em Goiânia
Foto: Reprodução

A Big lar conta com diversas unidades espalhadas por toda a capital, oferecendo para seus clientes sempre boa variedade de produtos, prezando também pela qualidade e preços em conta. É possível encontrar de tudo um pouco, desde artigos para uso doméstico, até itens de decoração, brinquedos para as crianças e presentes para aquela pessoa que você gosta. Vale a pena conferir!

Horário de funcionamento: segunda a sábado, das 8h às 19h / domingo, das 8h às 14h (os horários podem ser diferentes de acordo com cada unidade)

Telefones:

  • (62) 3093-7692
  • (62) 3094-5390
  • (62) 3945-9904
  • (62) 4006-5353
  • (62) 3945-9597

Endereços:

  • Av. T-63, 1443 – St. Nova Suica, Goiânia – GO, 74280-230
  • Av. Rio Verde Quadra 95, Lote 23/24 – Jardim Luz, Aparecida de Goiânia – GO, 74915-015
  • Palácio do Comércio – Quadra 74 – Lote 11, Av. Anhanguera, 5674 – St. Central, Goiânia – GO, 74043-010
  • Av. Pio XII, 750 – Vila Aurora Oeste, Goiânia – GO, 74425-098
  • Av. Goiás, 461 – St. Central, Goiânia – GO, 74005-010

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Variação no preço das frutas para Ceia de Natal pode chegar a 560%, em Goiás

Pesquisa completa será divulgada nesta quarta-feira (19/12) na sede do Procon Goiás.
18/12/2018, 15h36

Na próxima terça-feira (25/12) é comemorado o natal, e o que muitos esperam, além de estarem reunidos com os membros da família, é compartilhar da ceia. Para ajudar o consumidor a economizar, o Procon Goiás visitou entre os dias 6 e 18 de dezembro, vários supermercados e atacadistas da capital, para observar o preços de 121 produtos que compõem a ceia de natal.

Entre os alimentos analisados durante a pesquisa estão: castanhas, frutas, panetones, peru, pernil, chester, frango, lombo, azeite, bebidas e etc. O Procon divulgou parcialmente os dados nesta terça-feira (18/12) e verificou um aumento médio de 3,77% nas frutas frescas e de 8,29% nas carnes.

Um outro item da lista da ceia de natal observado pelo Procon foi o Panetone, que segundo o órgão teve uma queda de 3,49% em relação ao ano passado.

Variação no preço das frutas para ceia de natal, pode chegar a 560%

Fazer a pesquisa antes de comprar os alimentos da ceia é um grande aliado do consumidor, para auxiliar a economizar no momento da compra. Segundo os dados divulgados, a variação nos preços dos panetones que pode chegar a 174% de um lugar para outro. Conforme os dados divulgados inicialmente pelo Procon, a maior variação que o consumidor vai encontrar é no preço das frutas, que pode chegar a 560% de um supermercado ou atacadista para outro na capital.

O Procon divulga os dados completos nesta quarta-feira (19/12) na sede do órgão, em Goiânia e depois todo o levantamento ficará disponível à sociedade no site do órgão, no endereço www.procon.go.gov.br.

Preço dos alimentos da ceia de natal em 2018

No ano passado, a mesma pesquisa foi feita pelo Procon na capital, e constatou uma variação que poderia chegar a 319% em cada item de um supermercado para outra em Goiânia. Em 2018, o órgão visitou 13 supermercados na grande Goiânia, onde constatou que os alimentos da ceia de natal ficou aproximadamente 3,18% mais caros.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.