Goiás

Se comprovados os abusos, João de Deus pode pegar até 150 anos de prisão

No entanto MP alega que não recebeu nenhuma denúncia.
10/12/2018, 12h51

O Ministério Público do Estado de Goiás (MP-GO) criou uma força-tarefa para conduzir as investigações das denúncias de violação sexual contra o médium João de Deus. O caso será acompanhado por quatro promotores e duas psicólogas. As investigações começaram a partir de uma reportagem exibida na última sexta-feira (07/11), no programa “Conversa com Bial”, da rede Globo.

Em Goiás, o MP tem registros de denúncia contra João de Deus desde 2010. Em 2012, o médium foi denunciado pelo MP por abuso sexual, mas o crime foi arquivado por falta de provas. Já em outro caso o médium foi absolvido.

Durante a coletiva de imprensa nesta segunda-feira (10/12), o promotor Luciano Meireles informou que até o momento o Ministério Público não recebeu denúncias das vítimas. “O MP não tem material para acusar João de Deus, pois nós não recebemos nenhuma denúncia”, contou. O promotor esclareceu ainda que se houver provas a casa Dom Inácio de Loyola, onde Joao de Deus atende, pode ser interditada e o médium preso.

De acordo com o promotor Luciano Meireles, se as denúncias forem comprovadas, o suspeito pode ser acusado de estupro, estupro de vulnerável e violação sexual.

Em São Paulo e Minas Gerais polícia recebeu denúncias contra João de Deus

Em São Paulo e Minas Gerais as vítimas já procuraram a polícia para fazer a denúncia, os depoimentos estão marcados para semana que vem. Em Goiás até o momento ninguém procurou a delegacia.

Para denunciar as vítimas podem procurar a delegacia no município em que elas moram ou pelo e-mail [email protected] 

A coletiva de imprensa foi conduzida pela promotora e coordenadora do CAO criminal, Patrícia Otoni, pelo promotor e coordenador do CAO criminal, Luciano Meireles, e pelo promotor substituto de Abadiânia, Steve Gonçalves Vansconcelos.

O Portal Dia Online procurou a assessoria do médium João de Deus, mas, até o momento nossas ligações não foram atendidas.

Imagens: Globo.com 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Durante abordagem, PM descobre homem que aplicava golpes pela OLX, em Goiânia

De acordo com a PM, o homem havia anunciado um carro no site de compra e venda, recebeu adiantamento em dinheiro do comprador e, logo em seguida, desapareceu.

Por Ton Paulo
10/12/2018, 13h34

Policiais militares que realizavam um patrulhamento no Setor Urias Magalhães, em Goiânia, na manhã desta segunda-feira (10/12), ao abordar um homem em atitude suspeita descobriram que se tratava de um homem que aplicava golpes pela OLX, se utilizando do site de compra e venda para enganar compradores. De acordo com a PM, o homem havia anunciado um carro no site, recebeu adiantamento em dinheiro do comprador e, logo em seguida, desapareceu.

De acordo com o Tenente Elismar, uma equipe do 9º Batalhão da Polícia Militar (9º BPM) fazia uma patrulha no Setor Urias Magalhães por volta das 10h30 de hoje, na Rua Rondônia, quando abordaram um indivíduo em atitude suspeita indo na direção de uma motocicleta.

Ao fazerem a checagem do histórico do homem, os policiais descobriram que se tratava de Marcios Vinicius Alves de Sousa, de 21 anos, procurado pelo crime de Estelionato (artigo penal 171).

Ainda segundo informações do Tenente, Marcios havia anunciado um veículo no site de compras e vendas OLX, veículo este em que um homem do município de São Miguel do Araguaia, a 476 quilômetros de Goiânia, demonstrou interesse.

Para fechar o negócio, Marcios Vinicius, então, pediu um adiantamento no valor de R$ 1 mil reais, que foi devidamente pago pelo comprador para garantir a compra. O depósito foi feito em São Miguel da Araguaia.

Entretanto, após verificar que o dinheiro havia sido depositado, Marcios desapareceu, sem entregar o veículo e nem devolver o dinheiro. Diante disso, o sujeito lesado procurou a polícia, dando queixa do ocorrido.

O abordado foi conduzido ao 2º DP onde foi confirmado o fato, sendo detido em seguida.

Polícia Civil investiga outro homem que aplica golpes pela OLX

O site OLX parece ter se tornado reduto de golpistas, que se utilizam da boa fé alheia para enganar compradores e subtrair-lhes dinheiro.

A Polícia Civil de Goiás (PC) investiga desde setembro deste ano um homem suspeito de dar golpe na compra e venda de veículos por meio de anúncios na internet. De acordo com a PC a um site local, o golpista finge ser cliente e usa as informações do vendedor para revender os automóveis. Assim, ele faz duas vítimas ao mesmo tempo, pois não paga o vendedor do carro nem entrega o veículo ao cliente.

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Luciano Carvalho, ao G1, o golpista age da seguinte forma: Uma vítima resolve vender o veículo, coloca foto do carro, descrição e o valor, aparece o golpista se apresentando como potencial interessado e, de posse dessas informações, ele replica o anúncio com se ele próprio fosse o dono e o vendedor. Só que neste caso, colocando muito abaixo do que o valor de mercado. Aí aparece outra vítima interessada na aquisição do veículo. Ele passa a conversar, de forma simultânea, com duas vítimas.

A PC investigam seis casos, que resultaram em 12 vítimas.

Via: G1 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Economia

Goiás está entre os Estados que podem ficar sem caixa para cobrir gastos da gestão atual

Com atrasos nos pagamentos dos salários dos servidores estaduais, além de outros problemas, são alguns dos motivos que podem fazer Goiás ficar sem caixa.
10/12/2018, 14h08

A menos de um mês do fim do mandato, 11 governadores correm o risco de deixar seus Estados sem caixa para cobrir despesas realizadas em sua gestão, segundo levantamento feito pelo Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado. A prática é vedada pela Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e criminalizada no Código Penal, sujeita a pena de um a quatro anos de reclusão, embora até hoje ninguém tenha sido responsabilizado formalmente.

A punição foi incluída na lei para que os sucessores no cargo não encontrem uma situação de “terra arrasada” quando começarem os seus mandatos. A reportagem consultou técnicos do Tesouro Nacional para cruzar dados fornecidos pelos próprios Estados ao Ministério da Fazenda e chegar à disponibilidade de caixa de cada um deles até outubro deste ano.

Depois, foram estimados o volume de despesas deste ano que ficará para o próximo exercício (os chamados “restos a pagar”), uma vez que este valor também afeta as disponibilidades financeiras dos Estados.

Os chefes dos poderes precisam pagar todas as despesas feitas em seu mandato. Para isso, devem quitar todos os compromissos até 31 de dezembro do último ano da gestão ou deixar dinheiro em caixa para honrar as parcelas que ficarem para seu sucessor.

No entanto, muitos já admitem publicamente que não terão dinheiro, por exemplo, para pagar o 13.º salário dos servidores. A fatura ficará para os governadores eleitos. Se somadas as disponibilidade de caixa dos governos estaduais, a estimativa do rombo que deve ficar para os eleitos é de R$ 78,4 bilhões.

No ritmo atual, correm o risco de ficar sem caixa para cobrir os gastos os governos de Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Sergipe. Também estão nesse grupo São Paulo e Rio Grande do Norte, mas esses Estados só apresentaram até agora os dados da execução orçamentária até agosto, de acordo com o sistema do Tesouro.

Cortar despesas

Para barrar a ameaça de descumprimento da LRF, os governos estaduais precisariam conter despesas ou cancelar restos a pagar de anos anteriores. Mas a avaliação de técnicos do governo federal é de que essa é uma tarefa difícil, uma vez que o mais provável é que os serviços contratados já tenham sido prestados. Nesse caso, cancelar a despesa corresponderia a uma espécie de “maquiagem”, com a criação de um orçamento paralelo. Por isso, o cenário pouco deve se alterar até o fim de 2018.

Além disso, as informações que constam nos Relatórios de Gestão Fiscal (RGF) e de Execução Orçamentária (RREO) usados pela reportagem para fazer o levantamento são declaratórias dos Estados. Isso significa que há chance de existirem “esqueletos” a serem desvendados pelos próximos governos.

A apuração do cumprimento ou não do artigo 42 da LRF é feita pelos Tribunais de Contas Estaduais (TCEs) no momento da análise das contas de governo e depende ainda de uma interpretação jurídica do texto legal. Esses tribunais, preenchidos por indicações políticas, até hoje não motivaram nenhuma condenação de governador por deixar rombo no caixa, embora a situação já tenha sido verificada em anos anteriores.

“O que está acontecendo com os órgãos de controle? Quem se beneficia com esse processo? Temos que fazer essas perguntas. Não há o controle externo dos tribunais de contas”, alerta a secretária executiva do Ministério da Fazenda, Ana Paula Vescovi, que passou os últimos anos lidando com o problema. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Taxa do IPTU gera racha entre a Câmara Municipal e a Prefeitura de Goiânia

Versão dada pelo secretário de Finanças do Município, de que a responsabilidade pelo imbróglio criado em relação ao IPTU é da Câmara por não ter aprovado o novo Código Tributário, está gerando polêmica entre vereadores.

Por Ton Paulo
10/12/2018, 15h54

A polêmica em torno da taxa do IPTU, que começou com as notificações em tom de ameaça recebidas por milhares de moradores da capital por parte da Secretaria de Finanças, está gerando um verdadeiro racha entre os vereadores da Câmara Municipal de Goiânia e a Prefeitura. A mais nova polêmica gira em torno da versão dada pelo secretário de finanças do Município, Alessandro Melo, de que a responsabilidade pelo imbróglio criado em relação ao IPTU é da Câmara de Goiânia por não ter aprovado o novo Código Tributário do Município, versão essa que está sendo duramente refutada por vereadores na Câmara.

Um dos contestadores é o vereador Elias Vaz (PSB), eleito recentemente deputado federal. Vaz refuta as informações que o secretário está repassando à imprensa e à população, de que a responsabilidade pela não aprovação do Código seria da Câmara.

O Código em questão permitiria um novo formato de cobrança do imposto. No entanto, de acordo com o vereador, o projeto só foi encaminhado pela prefeitura à Câmara no dia 11 de setembro. Para entrar em vigor em 2019, a matéria deveria ser publicada no Diário Oficial no dia primeiro de outubro de 2018, 90 dias antes do início do ano.

Segundo o vereador Elias Vaz, o projeto tem 384 artigos, e apesar da Prefeitura saber do prazo de 90 dias, não enviou o Código em tempo hábil. Vaz ainda afirmou que o secretário estaria armando uma “armadilha para o povo goianiense”. “O secretário quer transferir a culpa para os vereadores para maquiar a armadilha que foi armada para aumentar o IPTU do goianiense”, destaca.

No início do mês, 543 mil contribuintes receberam notificação determinando a atualização do Cadastro Imobiliário no site da prefeitura. Em tom de ameaça, o documento diz que quem não cumprir a ordem pode ser multado e até preso. O problema é que os vereadores e a OAB perceberam que se tratava de um artifício para aumentar o IPTU no próximo ano.

Para impedir a aplicação da planta cheia nesses casos, os vereadores Elias Vaz (PSB), Lucas Kitão (PSL) e Alysson Lima (PRB) apresentaram projeto que já recebeu aval da CCJ e está na pauta da sessão desta terça-feira (11/12), a partir de 9h. “Queremos evitar que contribuintes tenham aumentos abusivos de mais de 300% no valor do imposto”, explica Elias.

A reportagem do Dia Online entrou em contato com a assessoria do secretário Alessandro Melo para um posicionamento, e aguarda um retorno.

Iris Rezende recua e retira da tramitação projeto que altera a Planta de Valores dos imóveis da capital

O prefeito Iris Rezende (MDB) retirou de tramitação na Câmara Municipal de Goiânia o projeto que alterava a Planta de Valores dos imóveis da capital.  A decisão foi tomada depois que os vereadores aprovaram, na quinta-feira (6/12), em primeira votação, emenda que impedia a cobrança da planta cheia no cálculo do IPTU de quem fez alterações no imóvel ou no Cadastro Imobiliário.

Antes, com o projeto, a Prefeitura poderia aumentar a cobrança do imposto caso o cidadão realizasse alguma reforma em seu imóvel ou alterasse o cadastro. Para além disso, a Secretaria de Finanças havia enviado às residências uma Notificação de Divergências nos Dados Cadastrais, que obrigava a população a atualizar o cadastro, ficando sujeita, portanto, ao aumento do valor de seu IPTU.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

O que fazer em Caldas Novas: 13 lugares incríveis para conhecer

Procurando o que fazer em Caldas Novas? Vai passar pela cidade durante as férias? Então confira pois preparamos um roteiro especial com atrações que você não pode deixar de conhecer!
10/12/2018, 15h54

É dezembro e muita gente já está de férias organizando um belo roteiro de viagens. Se você ainda está em dúvida e não sabe exatamente para onde ir, que tal conhecer um pouquinho mais de Caldas? Este é um dos principais destinos do país quando as férias chegam, conhecido até mesmo internacionalmente por suas deliciosas águas termais. Para aqueles que procuram o que fazer em Caldas Novas, podemos dar algumas boas dicas!

Justamente por ser reconhecida como a maior estância hidrotermal do mundo, não é muito difícil adivinhar quais são suas principais atrações. A terra das águas quentes faz a alegria de muita gente que vai até o lugar apenas para aproveitar momentos de sossego e calmaria em águas que são naturalmente agradáveis.

A cidade conta com ampla estrutura para receber milhares de turistas ao mesmo tempo, uma vez que esta é sua principal fonte de renda. Portanto, sempre há um hotel, pousada, chalé ou outros tipos de acomodações, que são ideais para cada necessidade.

Abaixo separamos uma listinha com os principais pontos turísticos e parques aquáticos que simbolizam destinos que não podem faltar em seu roteiro. Dá uma olhada!

Procurando o que fazer em Caldas Novas? Confira!

Principais pontos turísticos:

1 – Casarão dos Gonzaga

o que fazer em Caldas Novas
Foto: Reprodução

Construído por Orcalino Santos, o casarão é um dos principais pontos turísticos para quem procura o que fazer em Caldas Novas. Com seu estilo arquitetônico colonial, leva seus visitantes para uma “viagem no tempo” onde é possível reviver um pouquinho de como era a vida há anos.

O centenário, que ganha o título por ser uma das casas mais antigas da cidade, é considerado hoje como um patrimônio histórico e cultural de Caldas. No interior do ambiente é possível encontrar um enorme acervo de peças antigas que guardam consigo as características daquela época.

Mas é válido lembrar que a casa funciona atualmente como um grande centro de apoio a artesões, onde podem vender seus produtos e imagens da história.

Telefone para contato: (64) 3454-3526

Endereço: R. Cel. Gonzaga, s/n – Itaguaí I, Caldas Novas – GO, 75690-000

2 – Santuário Nossa Senhora da Salette

o que fazer em Caldas Novas
Foto: Reprodução

Inaugurado no dia 17 de outubro de 2004, o Santuário se encontra em uma das regiões mais bonitas de Caldas Novas e permanece aberto a qualquer pessoa, seja residente da cidade ou turista que pretende conhecer as belezas do lugar.

Entre suas atividades estão: celebrações de missas, atendimento e confissões, orientações espirituais, bênçãos de objetos religiosos, dentre tantas outras. Embora o maior público do local seja de fiéis, não significa que se restrinja a isso.

Independente de sua fé, sempre vale a pena visitar o lugar quando se procura o que fazer em Caldas Novas. Certamente a experiência será inesquecível e você terá a oportunidade de vislumbrar um ambiente belíssimo.

Telefone para contato: (64) 3455-2829

Endereço: Rua 03, s/n, quadra 14/18 Mansões Recanto da Serra; Caixa Postal, 273, Caldas Novas – GO, 75690-000

3 – Monumento das Águas

o que fazer em Caldas Novas
Foto: Reprodução

Se você busca pelo o que fazer em Caldas Novas, não pode deixar de dar pelo menos uma passadinha pelo Monumento das Águas. Localizado bem na entrada da cidade, é um lugarzinho pequeno mas muito bonito, com certeza lhe renderá boas fotos e momentos agradáveis.

Por ali é possível encontrar lindos monumentos feitos em pedra e cascatas que apenas acrescentam beleza ao local. É um dos principais cartões postais e tem fácil acesso, vale a pena!

4 – Cachaçaria Vale das Águas Quentes

o que fazer em Caldas Novas
Foto: Reprodução

A Cacharia Vale das Águas Quentes também é um excelente destino para os turistas que pretendem degustar boas bebidas diretamente de seu centro de produção.

A lojinha conta com uma ambientação rústica que chama atenção de qualquer um que passe por ali. As bebidas são produzidas de forma 100% artesanal , exclusivamente com caldo de cana que é produzida na própria fazenda e envelhecida em barril de carvalho por mais de 13 meses.

Como se não bastasse, os visitantes ainda tem a oportunidade de presenciar o processo de fabricação dos produtos! Há uma grande variedade de preços e tipos de bebidas, sempre com uma opção ideal para cada gosto e bolso.

Vale lembrar que além de cachaças com diferentes sabores (a exemplo de pequi), o visitante ainda pode pedir sorvetes e alguns pratos, com destaque para as farofas.

Horário de atendimento: segunda a sábado, das 9h às 18h

Telefone para contato: (64) 3453-3760

Endereço: Av. Coronel Bento Godoy, 2000 – Estância Itanhangá – Itanhangá, Caldas Novas – GO, 75690-000

5 – Jardim Japonês

o que fazer em Caldas Novas
Foto: Reprodução

Este é um dos destinos em Caldas Novas que não pode faltar em seu roteiro. O parque possui um clima místico de paz, harmonia e profundidade de espírito capaz de contagiar qualquer um que passe por ali.

O lugar oferece para seus visitantes, ambientes capazes de criar conexões, perfeitos para meditação.

Cheio de significados, a ponte presente por ali simboliza um ritual de passagem, onde as energias negativas devem ser deixadas para trás.

Certamente você se sentirá com as energias renovadas após passar algum tempo por ali.

Horário de funcionamento: todos os dias, das 8h15 às 17h45

Telefone para contato: (64) 3455-9393

Endereço: Av. Santo Amaro, s/n – Chácara Roma, Caldas Novas – GO, 75690-000

Parques aquáticos

6 – Hot Park

o que fazer em Caldas Novas
Foto: Reprodução

O Hot Park é uma das melhores opções para quem procura o que fazer em Caldas Novas. Embora se encontre especificamente em Rio Quente, fica a nada mais que 30 km do centro de Caldas.

Apenas para que você tenha ideia, este é o maior complexo de lazer no que se refere a parques aquáticos de toda a América do Sul, sendo considerado também como um dos melhores parques aquáticos do mundo. Vale lembrar ainda que é o único com águas quentes!

São mais de 15 atrações espalhadas por todo o parque, onde os visitantes podem encontrar a “Praia do Cerrado”, que é a maior praia artificial com águas naturalmente quentes do mundo, quadras de areia, clubinho da criança e nada menos que Xpirado, um enorme tobogã com 31 metros de altura e 142 metros de comprimento! Para você ter ideia, a descida dura em média 17 segundos! Adrenalina pura! E é claro que ainda conta com diversas outras atrações!

Horário de funcionamento: todos os dias, com exceção de quinta, das 9h30 às 18h

Telefone para contato: (64) 3512-8000

Endereço: Complexo Turístico Rio Quente Resorts – Rua Particular, S/N – Esplanada, Rio Quente – GO, 75695-000

7 – Clube Privé

o que fazer em Caldas Novas
Foto: Reprodução

Um dos pioneiros em Caldas Novas, é também um dos parque aquáticos mais procurados pelos turistas. Com inúmeras atrações, é por lá que se encontra o tão famoso “Clubinho da Criança”, que é praticamente um mundo destinado ao público infantil, com atrações lúdicas que fazem o imaginário da garotada.

Mas é claro que não para por aí! Existem opções de piscinas para adultos e enormes toboáguas, sem contar que o bar molhado é uma graça e atrai diversos visitantes.

Horário de funcionamento: quarta a domingo, das 8h às 20h

Telefone para contato: (64) 3455-9568

Endereço: Avenida Coronel Cirilo Lopes de Morais, 237 – Do Turista, Caldas Novas – GO, 75690-000

8 – diRoma Acqua Park

o que fazer em Caldas Novas
Foto: Reprodução

O diRoma é diversão garantida para todas as idades, com atrações que agradam a todos os gostos. Por ali os visitantes podem aproveitar os melhores momentos para lazer e diversão, com escorregadores gigantes, piscinas com chafariz, mini gruta, entre outros.

A estrutura é ampla e moderna, fazendo com que todos possam se divertir ao mesmo tempo em que desfrutam de máxima segurança. Além de opções para aqueles que gostam de aventuras, também há espaços perfeitos para quem apenas pretende relaxar e esquecer a rotina. Para quem procura o que fazer em Caldas Novas, é uma excelente escolha!

Horário de funcionamento: todos os dias, com exceção de quinta, das 8h às 20h

Telefone para contato: (64) 3453-1586

Endereço: R. São Cristóvão, 805 – São Cristoóvão, Caldas Novas – GO, 75690-000

9 – Lagoa Termas Parque

o que fazer em Caldas Novas
Foto: Reprodução

Com ampla estrutura e diversas atrações para todos os gostos, o parque é uma excelente opção de lazer para a família e amigos. Com um completo parque aquático, conta com piscinas adulto e infantil e diversos tobogãs para garantir a alegria de todos.

Destaque também para as praças de alimentação do lugar, que sempre oferecem as melhores comidas. Os serviços são sempre de qualidade!

Horário de funcionamento: todos os dias, das 9h às 19h

Telefone para contato: (64) 3455-0150

Endereço: Avenida Lagoa Quente, 5 – Lagoa Quente, Caldas Novas – GO, 75690-000

10 – Náutico Praia Clube

o que fazer em Caldas Novas
Foto: Reprodução

Este é um lugar que reúne lazer aquático temático, experiências náuticas uma vista simplesmente deslumbrante para o majestoso lago de Caldas. Além das piscinas frias e aquecidas, ainda é possível encontrar toboáguas radicais, quadra de vôlei de praia, quiosques e um lindo bar molhado.

O destaque ainda vai para a MegaHidro, onde os visitantes podem desfrutar de uma deliciosa hidromassagem para relaxar. É sem dúvida um ótimo passeio! Vale a pena conhecer!

Horário de funcionamento: terça a domingo, das 9h às 18h

Telefone para contato: (64) 3455-9100

Endereço: Av. Caminho do Lago, s/n – Fazenda S. Antônio das Lages, Caldas Novas – GO, 75690-000

11 – Water Park

o que fazer em Caldas Novas
Foto: Reprodução

Ainda para aqueles que procuram o que fazer em Caldas Novas e não dispensam um bom passeio pelos parques aquáticos, o Water Park é uma excelente opção. Com ampla estrutura e atrações para todos os gostos, há espaço para adultos e crianças se divertirem.

Com diversas piscinas e toboáguas, os visitantes ainda podem encontrar o “rio das calmas”, onde você pode simplesmente relaxar e ser empurrado pelas águas. Também há piscinas com ondas, que fazem a diversão de todos.

Horário de funcionamento: todos os dias, com exceção de quinta, das 9h às 18h

Telefone para contato: (64) 3454-8400

Endereço: R. Doná Madalena, 98 – Do Turista, Caldas Novas – GO, 75690-000

Outros lugares para conhecer:

12 – Parque Estadual da Serra de Caldas

o que fazer em Caldas Novas
Foto: Reprodução

Situado a 5 km do centro de Caldas e com extensão de aproximadamente 120 km², o parque é uma unidade de conservação que foi criada ainda em 1970, com a intenção de proteger o principal ponto de recarga do lençol termal que passa por ali.

Recebe visitantes desde 1999, proporcionando paisagens paradisíacas e riqueza em fauna e flora. Quem passar pelo local pode fazer trilhas, ir até cachoeiras ou mirantes e se deliciar com as águas termais. É um passeio imperdível!

Telefone para contato: (64) 3453-5805

Endereço: Acesso pela Av. Bento de Godoy, sentido Uberlândia

13 – Lago Corumbá

o que fazer em Caldas Novas
Foto: Reprodução

Considerado como um dos principais pontos de encontro dos praticantes de esportes náuticos, o Lago Corumbá é responsável por abastecer a Usina Hidrelétrica de Corumbá I.

Por ser extenso, é perfeito para passeios de barco, lancha e jet-ski, que podem levar até belas cachoeiras e alguns barzinhos encontrados pela orla. É um dos melhores passeios ecológicos para quem procura o que fazer em Caldas Novas, proporcionando intenso contato com a natureza.

Imagens: CVC 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.