Goiás

14 lugares incríveis para quem pretende conhecer Goiás

Vai aproveitar as férias para conhecer Goiás? Então se liga na listinha que preparamos com os lugares que você não pode deixar de visitar!
26/11/2018, 17h07

Qual o primeiro lugar em que você pensa quando pretende fazer uma viagem? Muita gente prefere ir para fora do país na expectativa de que os melhores lugares se encontram bem longe, o que não passa de uma ilusão. Viajar para Goiás, então, é algo que passa longe do imaginário de vários brasileiros, o que convenhamos, é uma pena. Conhecer Goiás pode ser um dos mais belos passeios pelo país, já que o estado conta com diversas das mais belas cidades turísticas do Brasil.

Situado no coração do cerrado, possui destinos que podem representar memórias inesquecíveis e maravilhosas para você e sua família ou amigos. Para os fãs da natureza principalmente, uma vez que Goiás está cheio de serras, lagos, cachoeiras, cânions e rios. Dá uma olhada!

Em Goiânia:

Se você pretende conhecer Goiás, uma boa dica é começar pela capital: Goiânia. Embora não tenha lagos e cachoeiras como suas vizinhas, ainda é uma boa representação do que há de melhor dos centros urbanos do estado. Conta com os melhores barzinhos, restaurantes, boates, pubs e é claro que não poderíamos nos esquecer de nossos parques, que ganharão o destaque a seguir!

1 – Parque Flamboyant

conhecer Goiás
Foto: Reprodução/ Parque Flamboyant

Se você é desses que adora um lugar repleto de verde e muita calmaria, nada melhor que conhecer o Parque Flamboyant. Possui gramados abertos, dois lagos maravilhosos e uma charmosa ponte de madeira, além de um coreto e playground para a garotada. É um excelente espaço para praticar atividades físicas também, já que conta com pista para cooper e estação de ginástica.

Endereço: R. 15, 103-157 – Jardim Goiás, Goiânia – GO, 74810-080

2 – Parque Vaca Brava

conhecer Goiás
Foto: Reprodução/ Parque Vaca Brava

Com o nome original de Parque Sulivan Silvestre, nosso querido Vaca Brava está localizado no Setor Bueno e é um dos maiores e mais bonitos de Goiânia. Conta com extensão de 79.800 m², onde é possível encontrar um lindo bosque e um grande lago.

Quem passa por ali ainda desfruta da oportunidade de presenciar variedade em fauna e flora, mantendo um intenso contato com a natureza. Se pretende conhecer Goiás e especificamente Goiânia, não pode deixar de fazer uma visitinha!

Endereço: Av. T-10, s/n – St. Bueno, Goiânia – GO, 74175-120

3 – Lago das Rosas

conhecer Goiás
Foto: Reprodução/ O Hoje

Construído ainda na década de 40, este é um dos parques pioneiros de Goiânia, com área aproximada de 315 mil m². Por ali os visitantes possuem acesso a diversas atividades que vão desde um piquenique entre amigos, até boas caminhadas por exemplo. Também é um ótimo lugar para levar as crianças, já que o zoológico da capital possui pontos de acesso no parque. Vale a pena conhecer!

Endereço: Alameda das Rosas, 957 – St. Oeste, Goiânia – GO, 74110-060

4 – Bosque dos Buritis

conhecer Goiás
Foto: Reprodução

Também reconhecido como um dos mais antigos de Goiânia, é um destino certo para quem pretende conhecer Goiás por pedacinhos de sua capital. Representando um dos mais belos cartões postais da cidade, é formado por três lagos, pista externa e interna para caminhada, mirante, museus de arte, parque infantil, estação de ginástica e ainda há um espaço multifuncional para a realização de eventos. Contato com a natureza é sem dúvida o ponto forte!

Endereço: Av. Assis Chateaubriand – St. Oeste, Goiânia – GO, 74015-080

Em Pirenópolis:

Pirenópolis é uma cidadezinha do interior de Goiás que atrai, anualmente, milhões de turistas. Foi tombada como Patrimônio Nacional e conserva seu aspecto antigo e bucólico, recheada de montanhas e cachoeiras. Representa um verdadeiro retrato da vida goiana, com aquele climinha hospitaleiro, festivo e divertido que todo mundo adora, em um ambiente complemente exuberante.

5 – Santuário de Vida Silvestre Vagafogo

conhecer Goiás
Foto: Reprodução/ Vagafogo

A Fazenda Vagafogo é um local que contem ampla riqueza natural, onde há espaço principalmente para a vegetação típica do cerrado. Uma visita até lá garante visões exuberantes de suas paisagens. Os turistas ainda podem desfrutar de diversas atividades como trilhas (que adotam metas de preservação e sustentabilidade), ecoturismo com atividades de educação ambiental e ainda podem visitar cachoeiras e piscinas naturais. Vale a pena conhecer essa maravilha!

Telefone: (62) 3335-8515

Endereço: Rua Frota, S/N – Alto do Carmo, Pirenópolis – GO, 72000-980

6 – Centro Histórico de Pirenópolis

conhecer Goiás
Foto: Reprodução

O Centro Histórico de Pirenópolis é algo que parece nunca mudar, até porque, se trata de um patrimônio tradicional e pitoresco da história de nosso estado. Muitos vão até a cidade em busca da diversão de suas cachoeiras, mas por outro lado, vale mencionar que um de seus principais atrativos se encontra também em sua arquitetura que ainda carrega os mesmos traços coloniais de outras épocas.

Em seu centro é possível encontrar casas antigas com detalhes que chamam atenção, restaurantes, cafés, lojas de produtos e lembrancinhas e suas ruas de pedra, característica principal. É por ali que se encontra a Igreja Nossa Senhora do Carmo, que atrai milhares de turistas ao ano e centenas por dia!

7 – Cachoeira das Araras

conhecer Goiás
Foto: Reprodução

Se você vai conhecer Goiás e pretende passar uma estadia na cidade de Pirenópolis, nada melhor que visitar suas lindas cachoeiras. O destaque vai para a Cachoeira das Araras, que é cercada por natureza e uma linda área com vida selvagem.

Não fica tão afastada do centro da cidade quanto outras que podem ser encontradas por lá. Possui paisagens deslumbrantes, apesar de não ser tão grande. Conta com excelente estrutura e recebe diariamente família e amigos, reservando ainda um espaço para estacionamento e conta com um bar.

Endereço: Rodovia GO-338, Km 18 Zona Rural, Pirenópolis – GO, 72980-000

8 – Museu das Cavalhadas

conhecer Goiás
Foto: Reprodução

Com um espaço físico pequeno mas cheio de história, o Museu das Cavalhadas conta com um excelente acervo sobre a tradicional festa do Divino Espírito Santo de Pirenópolis. Se você tem interesse pelas festas tradicionais da cidade, é um passeio indispensável!

Endereço: R. Direita, 39 – Centro, Pirenópolis – GO, 72980-000

Na Chapada dos Veadeiros:

É na Chapada que se encontra a maior porção de cerrado contínuo do mundo! Se encontra na parte nordeste de Goiás e conta com extensão gigante, de aproximadamente 65.514 hectares. Suas formações vegetais são únicas e também se enquadram como algumas entre as mais antigas do planeta.

Com área que se estende para algumas cidades, é assim conhecida pela quantidade de veados campeiros que habitam suas terras. Entre suas atrações podemos encontrar cachoeiras, cavernas, rios e poços, sem contar seus lindos cânions.

9 – Alto Paraíso

14 lugares incríveis para quem pretende conhecer Goiás
Foto: Reprodução

É no município de Alto Paraíso que se encontra o distrito de São Jorge, considerado como porta de entrada para o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Apenas para que você tenha ideia, a cidadezinha possui o título da UNESCO de Patrimônio da Humanidade. Se vai conhecer Goiás, nada melhor que visitar um lugar como esse, não acha?

Sua natureza é exuberante e conta com mais de 120 cachoeiras catalogadas, sempre mantendo suas águas cristalinas e podendo ser encontradas de diversos tamanhos. Também é um excelente lugar para quem adora boas aventuras e atividades de ecoturismo. Conta com hotéis, pousadas e campings para melhor receber e acomodar os turista.

10 – Cavalcante

conhecer Goiás
Foto: Reprodução

Também conhecida por abrigar diversas cachoeiras, a cidade de Cavalcante é a que abriga a maior parte da Chapada dos Veadeiros. É exatamente ali que se encontra a exuberante Cachoeira Santa Bárbara, a que mais atrai público por sua imensa beleza.

Para receber os visitante, a cidade conta com boa estrutura de pousadas, hotéis, campings e restaurantes.

11 – Povoado Kalunga do Engenho

conhecer Goiás
Foto: Reprodução

A 27 quilômetros do centro de Cavalcante, o Povoado do Engenho é nada menos que um sítio histórico e um Patrimônio Cultural Kalunga. Apenas para que você tenha ideia, a região conta com 230 mil hectares de cerrado que se encontra sob proteção. Conta também com a maior comunidade remanescente de quilombo de nosso país, abrigando cerca de 4 mil pessoas que até pouco tempo não tinham contato com nossa sociedade.

Mais cidades que você precisa visitar para conhecer Goiás:

12 – Caldas Novas

conhecer Goiás
Foto: Reprodução/ Exame

Quando alguém pensa em conhecer Goiás, não pode deixar de lado a cidade de Caldas Novas, um dos principais destinos de turistas de todo o Brasil e de goianos de cidades vizinhas. Conhecida em todo o país como a terra das águas termais, sempre há diversas atividades de lazer e surpresas para os visitantes.

Para se ter noção, cerca de quatro milhões de turistas passam pela cidade anualmente, também atraindo pessoas de fora. É ali que se encontra o maior polo hoteleiro de Goiás, contando com os melhores parques aquáticos do país. Também é na cidade que se encontra o Parque Estadual da Serra de Caldas, excelente opção para quem curte trilhas, ecoturismo e claro, bons banhos em cachoeiras.

13 – Aruanã

conhecer Goiás
Foto: Reprodução / Viagem em Pauta

Considerado por muitos como o centro Obelisco do Brasil, também é um dos municípios que mais recebem turistas durante o ano. Isso porque é em suas terras que se encontram partes do tão querido Rio Araguaia, que atrai visitantes de todos os cantos do país.

O ambiente também é perfeito para os amantes da pesca esportiva e de qualquer tipo de atividade que envolva água. Essa é considerada como a “praia de Goiás” e sem dúvida, é um dos ambientes mais lindos para visitar!

14 – Cidade de Goiás

conhecer Goiás
Foto: Reprodução

Mais conhecida como “Goiás Velho”, não pode ficar de fora do roteiro de quem pretende conhecer Goiás. É uma das principais cidades turísticas de nosso estado e foi nossa primeira capital. A principal atração turística vai para sua arquitetura que, assim como em Pirenópolis, carrega consigo traços coloniais.

A terra da tão querida poetisa Cora Coralina ainda abriga um museu em sua homenagem, que se concentra na antiga casa em que a própria morou durante tanto tempo. Vale muito a pena conhecer!

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

ONU divulga números de violência contra mulher em 2017; Número de feminicídios em Goiás cresce

Segundo os dados, a casa é o lugar mais perigoso para as mulheres.
26/11/2018, 17h26

No Dia Internacional da Não Violência Contra a Mulher, comemorado no último domingo (25/11), a Organização das Nações Unidas (ONU) divulgou um relatório do número de casos registrados em 2017. De acordo com o documento, cerca de 50 mil mulheres são vítimas de feminicídio por ano. Os dados mostram que 137  mulheres são assassinadas a cada dia, sendo seis homicídios por hora. Na maioria dos casos, os companheiros, ex-maridos ou familiares são os responsáveis pela violência.

O relatório que foi elaborado pelo Escritório das Nações Unidas Contra a Droga e o Crime (Onudd), mostra que 58% dos casos registrados em 2017 foram cometidos por familiares. Segundo os dados, a casa é o lugar mais perigoso para as mulheres.

De acordo com levantamento feito pela Secretaria de Segurança Pública do Estado de Goiás (SSPGO), em Goiás, a média é de 8,5 execuções a cada 100 mil mulheres. Os dados levantados pela SSP no estado demonstram que o número de feminicídios cresceu 82%.

Os dados da secretaria mostram ainda números em comparação com o ano passado e o ano retrasado. Em 2016, foram registrados 17 casos de feminicídios. Ao comparar com o ano anterior, o número de casos registrados em 2017 mostram um aumento de 14 casos em relação a 2016.

Em Goiás o número de casos de feminicídio aumentou em comparação com o ano passado

Uma reportagem publicada pelo Portal Dia Online conta a história de 25 mulheres mortas esse ano em Goiás. Mas de acordo com dados da SSP o número é ainda maior. Até outubro de 2018 foram registrados em todo o estado 34 feminicídios e 46 tentativas.

O levantamento preocupa as autoridades, pois é maior do que o registrado no ano passado, quando 31 mulheres foram vítimas de feminicídio. Entre os casos registrados, no final do mês de agosto, em um período de 48 horas, quatro mulheres foram mortas pelos namorados ou ex-companheiros no estado.

No último dia (19/11) a Secretaria do Estado da Cidadania do Estado de Goiás (SECCIDADA) lançou a “Campanha 21 dias de Ativismo pelo fim da violência contra a Mulher”. Em entrevista à reportagem, o secretário Murilo Mendonça afirmou que “infelizmente a violência contra a mulher não depende apenas de um ato governamental, e para evitá-la é preciso mudar essa questão cultural, principalmente no Estado de Goiás”.

O secretário afirmou ainda que “é preciso introduzir esse debate de forma incisiva, para mudar essa situação principalmente no Estado de Goiás, para diminuir esse número vergonhoso de feminicídio e de violência contra a mulher.”

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Bandidos explodem carro-forte na BR-040, próximo a Cristalina 

Crime ocorreu na tarde desta segunda-feira (26/11); não há feridos.
26/11/2018, 18h01

Criminosos explodiram um carro-forte na BR-040, próximo ao município de Cristalina, localizado a 280 quilômetros de Goiânia. O crime ocorreu por volta das 15h30 desta segunda-feira (26/11). De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), quatro funcionários estavam no veículo, mas nenhum ficou ferido. Em 2018, este é o terceiro caso registrado na BR-040.

Informações preliminares apontam que os bandidos usaram um carro para bloquear a passagem do carro-forte, na altura do quilômetro 132. Em seguida eles obrigaram os guardas saírem do veículo e logo realizaram a explosão. O carro-forte ficou completamente destruído.

Ainda não se sabe quanto os criminosos conseguiram levar. Equipes da PRF estão no local e contam com apoio do helicóptero da Polícia Militar do Distrito Federal (PM-DF) e viaturas do Batalhão de Choque de Luziânia.

Explosões a carro-forte em Cristalina

Este é o terceiro caso de explosões a carro-forte na BR-040, próximo a cidade de Cristalina.

A primeira ocorrência foi registrada em março de 2018. Na ocasião, os assaltantes estavam encapuzados e divididos em dois veículos. Quatro funcionários estavam no carro-forte, que seguia no quilômetro 142 da rodovia; um sofreu ferimentos no rosto, ao ser atingido por estilhaços.

Não se sabe o valor exato que os bandidos levaram, mas de acordo com os guardas, havia pouco dinheiro nos malotes. O carro da transportadora havia saído de Paracatu, no Triângulo Mineiro, e seguia em direção a Cristalina.

O segundo caso ocorreu no dia 27 de junho. Os bandidos roubaram o carro de uma família que passava pela rodovia, explodiram o carro-forte e em seguida incendiaram o veículo usado no assalto. A explosão ocorreu no quilômetro 150 da BR-040.

Assim como no primeiro caso, o carro-forte viajava de Paracatu para a cidade do interior de Goiás. Após o carro forte ser atingido por vários tiros, os funcionários abandonaram o veículo e se esconderam no matagal às margens da BR. O valor levado pelo grupo criminoso não foi divulgado.

Imagens: G1 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Economia

Número de reclamações da Black Friday 2018 é maior do que no último ano

Em comparação com o último ano, houve aumento de 22%.
26/11/2018, 18h24

No fim de semana pós-Black Friday, o número de insatisfações registradas no site ReclameAQUI chegou a 6.384, superando as 5.607 feitas entre a quinta e a sexta-feira de promoções. Em comparação com o último ano, quando foram feitas 2.874 queixas no mesmo período, houve aumento de 22% .

De acordo com Felipe Paniago, diretor de operações do ReclameAQUI, o aumento das reclamações no final de semana logo depois da data acompanha o crescimento geral do evento no site. “Se acontecer como todos os anos, a tendência é mudar o perfil das reclamações e, ao invés de queixas sobre propaganda enganosa e maquiagem de preço, os problemas sobre atraso de entrega tendem a aparecer nas primeiras posições. Vamos ficar atentos”, diz.

Lojas com mais reclamações durante a Black Friday

Até esta segunda-feira, as lojas mais reclamadas, de acordo com o site que reúne as reclamações, são Americanas.com, Casas Bahia (loja online), Netshoes, Magazine Luiza (loja online), Ifood e Ponto Frio (loja online). E o horário mais crítico de reclamações, somando uma a cada 30 segundos, foi de 0h a 1h, da sexta-feira (23/11).

São Paulo representa 37,1% do total de reclamações: são 4.949, sendo 2.380 entre a quinta e a sexta-feira e 2.569 entre sábado e domingo. Para Paniago, esse dado pode ser explicado pelo número de consumidores no Estado. “Não nos surpreende o Estado de São Paulo ter mais reclamações do que outros Estados, porque acompanha o mercado. É a região com mais consumidores e com maior pode aquisitivo, então isso se reflete nas nossas reclamações, como também deve refletir nas vendas”, conclui.

Felipe Paniago explica ainda que o ReclameAQUI ampliou o período de monitoramento das reclamações sobre Black Friday em relação a outros anos para acompanhar o movimento do mercado, que começou cedo a oferecer promoções de Black Friday. Logo a medição que antes começava na tarde da quinta-feira, agora se inicia às 0h desse dia.

Imagens: Blah Cultural 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Política

Temer sanciona reajuste do Judiciário após acordo com o STF

Ministros passarão a receber R$ 39 mil mensais.
26/11/2018, 19h24

O presidente Michel Temer sancionou no início da noite desta segunda-feira (26/11), o reajuste salarial para os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que passarão a receber R$ 39 mil mensais ante os R$ 33 mil atuais. O valor é também a referência para o teto do funcionalismo público.

Temer sancionou o reajuste mediante acordo feito com o Supremo para que o ministro Luiz Fux revogasse as liminares que garantiam o auxílio-moradia a juízes e procuradores de todo o País para não impactar as contas públicas. O benefício é de R$ 4,3 mil.

O reajuste foi aprovado pelo Congresso em 7 de novembro. Temer tinha até quarta-feira, 28, para sancioná-lo ou vetá-lo. Ele usou praticamente todo o prazo disponível para negociar a medida compensatória com o Supremo.

Entidades de representação de categorias do Judiciário pressionaram o STF nos últimos dias para impedir o fim do auxílio-moradia. No domingo, a Associação de Magistrados Brasileiros (AMB) pediu a Fux que não revogasse as liminares de sua autoria.

Apesar da pressão, o governo buscou manter o entendimento para não estourar o teto de gastos, regra que limita o aumento das despesas. Atualmente os cofres públicos despendem pelo menos R$ 139 milhões por mês com auxílio-moradia, de acordo com um estudo da Consultoria de Orçamento e Fiscalização Financeira da Câmara dos Deputados.

O aumento no salário dos ministros do Supremo aprovado pelo Senado, de 16,38%, elevará dos atuais R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil o salário de magistrados e procuradores e poderá custar R$ 4,1 bilhões às contas da União, em razão do efeito cascata em Estados.

Reajuste salarial do STF deve ter impacto de R$ 72,5 milhões em Goiás

O reajuste de 16,38% no salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que representa um aumento de mais de R$ 5 mil reais no salários dos magistrados, deve ter impacto de R$ 72,5 milhões no orçamento de Goiás.

O presidente Michel Temer (MDB) havia sinalizado anteriormente que que sancionaria o aumento. No final de agosto deste ano, Temer fechou um acordo com o Judiciário para incluir o reajuste salarial dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) no Orçamento de 2019, que foi enviado ao Congresso e aprovado.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.