Economia

Receita notifica mais de 8 mil empresas por indícios de sonegação de IR e CSLL

Sonegação chega a aproximadamente R$ 983 milhões.
01/11/2018, 10h29

A Secretaria da Receita Federal informou nesta quinta-feira, 1º de novembro, que está realizando mais uma etapa de cobrança de empresas dentro do Projeto Malha Fiscal, com foco em sonegação envolvendo o Imposto de Renda (IRPJ) e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL). A operação verifica inconsistências em declarações de contribuintes relativas ao exercício de 2014.

Valor da sonegação

Segundo o órgão, o total de indícios de sonegação verificado no período representa aproximadamente R$ 983 milhões.

Nesta etapa, 8.076 contribuintes estão sendo alertados por meio de carta e de mensagens em suas caixas postais e, destaca a Receita, mesmo aqueles que ainda não foram intimados, ao identificarem equívoco na prestação de informações, podem fazer a autorregularização, o que evitará multas e representações ao Ministério Público Federal por crimes de sonegação fiscal, entre outros.

A Receita avisa que o contribuinte poderá se autorregularizar até o dia 28 de dezembro.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Brasil

Remover apêndice reduz em 19% risco de Parkinson, aponta estudo

Parkinson é uma doença que atinge o sistema neurológico.
01/11/2018, 10h49

A remoção do apêndice pode reduzir em 19% o risco de desenvolvimento de Parkinson, conforme indica estudo publicado nesta quarta-feira, 31, na revista científica “Science Translational Medicine”. O papel do pequeno órgão na ocorrência da doença é explicado, segundo os pesquisadores, pelo acúmulo, no apêndice, de uma proteína associada ao Parkinson, a alfa-sinucleína.

Estudos anteriores já haviam demonstrado excesso de formatos mutantes dessa proteína no cérebro de pacientes com Parkinson. “Ela é capaz de viajar pelo nervo que conecta do trato gastrointestinal (onde está o apêndice) até o cérebro, se disseminar e ter efeitos neurotóxicos”, disse Viviane Labrie, uma das autoras do estudo.

Parkinson

Realizada pelo Instituto de Pesquisa Van Andel, o estudo levantou os registros médicos de 1,6 milhão de suecos desde 1964. Por meio dos documentos, os cientistas puderam separar os pacientes que tinham passado pela cirurgia de retirada do apêndice e relacionar os grupos com e sem o órgão com aqueles que desenvolveram o Parkinson.

Ao fim do estudo, os pesquisadores observaram que a incidência da doença entre os pacientes que tinham removido o órgão era 19,3% menor do que entre os indivíduos que não tinham passado pela cirurgia.

O achado, no entanto, só foi observado em pessoas que retiraram o apêndice de forma precoce, ou seja, anos antes do aparecimento da doença. Pessoas que removeram o órgão depois das primeiras manifestações do Parkinson (geralmente motoras, como tremores) não tiveram melhora no quadro.

Início

O estudo revelou ainda que a retirada precoce do apêndice (pelo menos 30 anos antes do aparecimento dos primeiros sintomas) adiou em 3,6 anos o início do Parkinson. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Helicóptero dos bombeiros resgata vítima de acidente em Senador Canedo; veja as fotos

O acidente, que ocorreu em Senador Canedo na manhã desta quinta-feira (1/11), mobilizou as equipes do Samu e do Corpo de Bombeiros.

Por Ton Paulo
01/11/2018, 10h52

O Corpo de Bombeiros Militar de Goiás (CBMGO) teve que mobilizar um helicóptero na manhã desta quinta-feira (1/11) para agilizar o socorro à vítima de um acidente envolvendo um carro e um ônibus de viagem, em Senador Canedo. O veículo ficou absolutamente destruído.

O Helicóptero do CBMGO foi acionado às 8h10 desta manhã e se deslocou até a GO-536, no Park Vitória, Senador Canedo, local onde ocorreu o acidente. Conforme foi registrado, um carro ficou totalmente destruído ao chocar com um ônibus na GO, deixando um homem preso nas ferragens.

Eduardo Rangell Araújo, de 26 anos, que conduzia o veículo, ficou preso nos ferros retorcidos e recebeu os primeiros atendimentos pelo Samu da cidade.

O Samu solicitou o apoio aéreo dos Bombeiros, e foram prontamente atendidos. Os resgate terminou de forma rápida, numa parceria entre o Samu e os bombeiros.

A vítima foi encaminhada com vida ao Hospital de Urgências de Goiânia, o HUGO, em questão de minutos. Ele teve fraturas e escoriações. Contatado pela reportagem do Dia Online, o atendimento do hospital não forneceu informações sobre o estado do paciente, que está fora da UTI, alegando estar sem sistema disponível.

Veja as imagens do acidente e resgate:

Helicóptero dos bombeiros resgata vítima de acidente em Senador Canedo

Helicóptero dos bombeiros resgata vítima de acidente em Senador Canedo

Helicóptero dos bombeiros resgata vítima de acidente em Senador Canedo

Helicóptero dos bombeiros resgata vítima de acidente em Senador Canedo

Outro acidente na GO-536, em Senador Canedo, resultou em vítima fatal

No dia 27 de setembro desse ano, uma mulher morreu e outras quatro pessoas ficaram feridas após colisão entre um caminhão e um carro. O acidente aconteceu também na GO 536, na entrada para a cidade de Senador Canedo, na região metropolitana de Goiânia.

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), ao entrar na rodovia, o carro de passeio foi atingido pelo caminhão. Com o impacto da batida, o carro ficou parcialmente destruído.

De acordo com a PRE, quatro pessoas estavam no carro de passeio. Uma mulher que viajava no veículo ficou presa nas ferragens e morreu antes da chegada do resgate.

Via: Mais Goiás 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

MP discute reformas e construção de creches no Brasil e em Goiás

Atualmente, as obras requisitadas estão prontas para licitação e retomada, são elas: Cmei Mendanha, Cmei Parque Atheneu, Cmei Bairro Floresta, Cmei Grande Retiro, Cmei Solar Ville, Cmei Center Ville, Cmei Jardim Real, Cmei Buena Vista III e Cmei Jardim do Cerrado IV.
01/11/2018, 11h51

O Ministério Público de Goiás (MPGO) participou de uma reunião com membros do Ministério Público Federal (MPF) durante essa semana, onde discutiu as obras, reformas e as construções de creches e pré-escolas em todo país.

Por meio de videoconferência, a Coordenadora do Centro de Apoio Operacional da Educação do MPGO (CAOEDUCAÇÃO), Liana Antunes Vieira Tormin, participou da reunião, que teve como objetivo discutir a fiscalização e acompanhamento da construção de creches e pré-escolas que estão previstas no Programa Nacional de Reestruturação e Aquisição de Equipamentos para a Rede Escolar Pública de Educação Infantil (Proinfância).

Segundo o MPGO, os dados revelam que um total de 1.707 obras foram contabilizadas, com 57% delas em andamento, 30% não iniciadas, 4% atrasadas e com 9% sem auditorias. A reunião mostrou que desde o início do programa Proinfância, há 11 anos,  cerca de 9 mil creches deveriam ter sido construídas em todo pais.

Os dados mostraram também que se as creches estivessem prontas, o país teria hoje um total de 1,7 milhões de vagas a mais na educação infantil. Porém, das 9 mil que deveriam ter sido entregues, somente 3,8 mil ficaram prontas.

De acordo com o MP, o número representa atualmente uma média de 500 vagas na educação infantil. Ao final da reunião, os participantes optaram pedir ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) a relação das contas canceladas e das que ainda não foram abertas.

Em Goiás

Em nota ao Portal Dia Online, o Centro do MP-GO afirmou que os dados inicialmente são verificados a nível nacional e que não possui dados referente ao Estado de Goiás. Segundo a nota, o MP levantou junto à Secretaria Municipal de Educação de Goiânia (SME) o número de obras de Centros Municipais de Educação Infantil CMEI’s paralisadas na capital, com um total de 13 obras paradas.

Confira a nota na íntegra:

“Foram abordadas algumas informações sobre a situação de obras de creches e pré-escola, no âmbito nacional. No âmbito estadual, foi citado uma ou outra informação. Todavia, o CAO Educação não possui tais dados. O Centro de Apoio Operacional possui dados referentes ao cenário municipal. Informo que de acordo com os dados da SME de Goiânia, há 13 (treze) obras de CMEI’s paralisadas.”

Em Goiânia

Em nota, à Secretaria Municipal de Educação (SME) afirma que tem mantido o diálogo e atendido as requisições do MPF sobre as obras paradas na capital. Na nota, a SME informa que nove unidades foram entregues no último dia 16 de outubro ao Procurador Geral da República, Marcelo Santiago Wolff, com ordem de licitação para retomar as obras parada na capital.

A SME afirmou que buscou junto ao MPF dar sequência as obras paralisadas e que os CMEIs listados para que as obras sejam retomadas são: Cmei Mendanha, Cmei Parque Atheneu, Cmei Bairro Floresta, Cmei Grande Retiro, Cmei Solar Ville, Cmei Center Ville, Cmei Jardim Real, Cmei Buena Vista III e Cmei Jardim do Cerrado IV.

Em Aparecida de Goiânia

A Secretaria Municipal de Educação de Aparecida de Goiânia (SME-AP), em nota, informou que 22 creches foram inauguradas na cidade, e que trabalha com uma parceria com instituições para oferecer mais vagas no ano que vem.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Trânsito

Operação Finados amplia fiscalização em estradas até domingo

Em 2017, houve 224 acidentes graves com 73 mortes em todo o país.
01/11/2018, 12h00

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) iniciou hoje (1º) em todo o país a Operação Finados 2018, que reforça a fiscalização nas rodovias de todo o país no fim de semana prolongado até o próximo domingo (4).

Como em anos anteriores, ao planejar a distribuição de seus agentes, a PRF, além de focar nas localidades com maior incidência de acidentes de trânsito, leva em conta os horários com maior movimento.

Nessa mesma época no passado, quando houve um dia a mais, foram registrados 224 acidentes graves, que resultaram em 73 mortes. Ao todo, segundo a PRF, 1.015 pessoas ficaram feridas.

Operaçāo finados

De 2 a 5 de novembro de 2017, as equipes de policiais rodoviários fiscalizaram mais de 59 mil veículos e aplicaram 31.241 testes de alcoolemia, como é formalmente chamado o bafômetro, autuando mais de 700 condutores que dirigiam sob o efeito de álcool.

No período, como de costume, foram organizadas também ações de educação para o trânsito, que serão repetidas este ano. Em 2017, 21.597 pessoas participaram das atividades de orientação.

Além das tarefas de prevenção, os agentes têm a função de combater o tráfico de drogas. Ao longo dos quatro dias da Operação Finados 2017, foram apreendidos mais de 770 quilos de maconha e quase 14 quilos de cocaína. Durante as abordagens aos motoristas, a PRF recuperou, ainda, 83 armas de fogo ilegais e 109 veículos roubados.

Restrições de circulação

Combinações de Veículos de Cargas (CVC) que exijam a Autorização Especial de Trânsito (AET) para circulação, Combinações de Transporte de Veículos (CTV) e Combinações de Transporte de Veículos e Cargas Paletizadas (CTVP), independentemente da exigência de AET para circulação, e demais veículos portadores de AET ficam impedidas de trafegar em trechos rodoviários de pista simples hoje, das 16h às 22h; amanhã (2) das 6h ao meio-dia, e no domingo (4), das 16h às 22h. A norma foi estabelecida pela Portaria nº 117, da PRF, e está em vigor desde dezembro de 2017.

Dicas para as viagens

A PRF enumera algumas recomendações importantes para um trânsito mais seguro. Tudo começa com o planejamento da viagem, ou seja, o ideal é que o motorista verifique, antes de pegar a estrada, qual a distância e o trajeto que irá percorrer, buscando identificar os pontos em que poderá parar para descansar, postos de gasolina e restaurantes na região e fazendo um cálculo estimado do tempo de viagem.

Segundo sugestão da PRF, as pausas devem ser feitas a cada três horas. É prudente que se cumpra esse intervalo porque quem dirige por muitas horas fica sujeito ao fenômeno da “hipnose rodoviária”, quando, embora a pessoa se mantenha com os olhos abertos, a percepção da realidade e a resposta corporal a eventos à sua volta ficam comprometidas.

É importante também que o motorista verifique se está portando toda a sua documentação pessoal e também do veículo e que assegure que todo o mecanismo do veículo está em bom estado.

Os faróis, por exemplo, devem reluzir de forma que o veículo ilumine a pista e possa também ser visto por outros veículos. O conjunto de pneus deve estar calibrado e o motor, revisado, com óleo e nível de água do radiador em dia.

Outra dica da PRF é não esquecer de checar se equipamentos de porte obrigatório, sobretudo pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, estão dentro do veículo, além de examinar as condições dos limpadores de para-brisa, úteis para a visibilidade da pista.

Viagem com crianças

Crianças com até 12 anos de idade completos que não estejam na companhia dos pais ou responsáveis (tutores ou guardiões) só podem viajar para fora das comarcas onde residem mediante expressa autorização judicial, segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente.

A autorização é dispensada somente quando a criança estiver acompanhada de ascendente (avô ou bisavô) ou colateral (irmão ou tio), maior de 18 anos de idade. O parentesco deve ser comprovado por documentos do parente e da criança. Ainda segundo o estatuto,  a autorização judicial pode ser substituída por uma autorização elaborada pelo pai, mãe ou responsável da criança, se o adulto encarregado de acompanhá-la for citado nominalmente no documento assinado por eles.

Imagens: Agência Brasil 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.