Economia

Goiás fecha o ano no vermelho com déficit de R$ 241 milhões de reais

O índice registrado é o menor nas últimas três décadas segundo o atual governador José Eliton (PSDB).
26/10/2018, 13h21

O Estado de Goiás deve fechar o ano de 2018 com um déficit de R$ 241 milhões de reais, as informações foram divulgadas na última quinta-feira (25/10) pelo Governador do Estado, José Eliton (PSDB).

 O Popular na manhã desta sexta-feira (26/10), o déficit é o menor registrado nos últimos anos em Goiás. No ano passado, a diferença entre receita e despesas registrou um déficit superior a R$ 500 milhões do total arrecadado no período, que, em percentual, representa 2,12%. Em 2018, a diferença do valor arrecadado em porcentagem é de 0,99% em relação ao ano passado.

Na reportagem, o governador José Eliton disse que o grande desafio do governador eleito, Ronaldo Caiado, vai ser com a previdência dos servidores do Estado.

Em 2018 saíram dos cofres públicos em Goiás R$ 2,3 bilhões de reais

Segundo José Eliton, em Goiás o aumento registrado foi de R$ 300 milhões de reais no déficit, durante esse ano, quando saiu dos cofres públicos do Estado R$ 2,3 bilhões reais, que representa um aumento de 118% nos últimos quatros anos, apenas para pagar aposentadorias e pensões.

Segundo a publicação, o governador afirmou que se o Estado tivesse R$ 2 bilhões de reais, teria mais condições de fazer investimento e ampliá-los sem maiores dificuldades, mas que isso precisa ser discutido no âmbito na nacional. Ainda conforme o governador, o Estado não têm muito o que fazer, pois, aumentou a alíquota e fez todas alterações possíveis nos anos anteriores.

Além da questão previdenciária, o atual governador informou que o outro detalhe com o qual o governador eleito Ronaldo Caiado (DEM) terá que ter bastante atenção é com a folha dos imperativos legais como: incrementos fiscais, data base e piso da educação, que tem bastante peso na economia do Estado. Isto por que segundo José Eliton as despesas nestas áreas passaram de R$ 9,8 bilhões de reais, em 2014 para R$ 13,2 bilhões em 2018.

Os números mostram que esse é o menor índice registrado nas últimas três décadas no Estado, e que a maioria das dívidas contraídas foram antes dos governos de Marconi Perillo (PSDB) em 1999 e 2010, segundo José Eliton.

Via: O Popular 
Imagens: Diário da Manhã 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Esportes

Tite brinca sobre Allan em lista: 'O Sylvinho me pressionou para convocá-lo'

O treinador disse que foi "pressionado" pelo auxiliar técnico, que o convenceu a dar uma primeira chance ao jogador.
26/10/2018, 13h34

O técnico Tite exibiu bom humor nesta sexta-feira ao comentar a convocação do volante Allan, do Napoli, para os amistosos que a seleção brasileira fará contra Uruguai e Camarões, respectivamente nos dias 16 e 20 de novembro, na Inglaterra. O treinador disse que foi “pressionado” pelo auxiliar Sylvinho, que convenceu o comandante a dar uma primeira chance ao jogador do time italiano após acompanhar de perto o futebol do atleta desde quando integrou a comissão técnica da Inter de Milão.

“Ele (Sylvinho) me pressionou para caramba. Deveria ter convocado antes”, afirmou, sorrindo, o treinador, em entrevista coletiva na sede da CBF, no Rio, onde em seguida deixou o seu novo auxiliar fixo na seleção justificar a presença do atleta de 27 anos, ex-Vasco e Udinese, nesta lista de 23 nomes chamados para defender a equipe nacional.

“Faz sete anos que ele está na Europa. Começou na Udinese. No Napoli, jogava com (o técnico Maurício) Sarri no (esquema) 4-3-3. Sempre fez essa função. Não vai ver número de gols e passes avantajados, mas é dinâmico. Sabe fazer, executar funções no meio de campo. Começou esta temporada com (Carlo) Ancelloti no 4-4-2. Ainda assim, ele continua fazendo o segundo homem de meio. No formato de três no meio, continua sendo o segundo. Ele está aqui por méritos”, disse Sylvinho.

Tite comenta oportunidade dada a Allan

Tite também comentou sobre a convocação de Allan e destacou que o jogador mereceu essa oportunidade em um momento no qual o principal foco de sua comissão técnica é a montagem da seleção que jogará a Copa América, no Brasil, no próximo ano.

“É oportunizar, mas montando uma estrutura básica para Copa América. Há atletas que seriam difícil ir à Copa América, ainda mais Copa do Mundo. Mas é fazer essa transição. No 4-3-3 ou no 4-4-2, o Allan alterna saída, como foi no jogo (do Napoli) contra o PSG (na última quarta-feira, pela Liga dos Campeões). Fez por merecer”, enfatizou o treinador, para em seguida lembrar que anteriormente não teve como “assegurar a convocação” do volante Jorginho, ex-Napoli e hoje no Chelsea, e isso motivou o atleta a optar por defender a seleção italiana.

Paulinho

Outra novidade da convocação da seleção nesta sexta-feira foi a volta de Paulinho, do Guangzhou Evergrande, da China, chamado para atuar pelo Brasil pela primeira vez após ter sido titular da equipe nacional na Copa do Mundo de 2018. E Tite defendeu o retorno do atleta e ao mesmo tempo avisou que Fernandinho, do Manchester City, vai voltar a ser chamado depois de ter ficado fora desta lista.

“O Paulo tem lastro muito grande com a seleção brasileira. Se reinventou mais agressivo. O Paulinho é mais rompedor. Não veio o Fernandinho, não que eu não quisesse. Ele vai retornar. São grandes virtudes morais e técnicas. Não sei para a Copa, mas pela qualidade técnica, pelo que vem jogando no City, pela qualidade moral. Não vai ser acidente de percurso que vai retirar”, disse, se referindo ao jogo no qual o atleta fez um gol contra na derrota por 2 a 1 para a Bélgica, na Rússia, nas quartas de final do Mundial.

Imagens: Globoesporte.com 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Foragido, cantor confessa em vídeos no WhatsApp que matou mulher, em Caldas Novas

"Não adianta arrepender mais", diz suspeito em vídeo, em tom de deboche.
26/10/2018, 13h46

Foragido depois de matar a mulher, Nayara Gama, de 25 anos, em Caldas Novas, Osmarildo da Gama Borges, conhecido como Kauan Cigano, de 28 anos, enviou vídeos em um grupo de ciganos no WhatsApp tentando justificar porque matou a jovem, fugiu e ainda levou o filho do casal, um bebê de 1 ano e três meses.

Nayara foi encontrada morta no último dia 19 de outubro em uma estrada da zona rural de Caldas Novas, em Goiás.

Ciganos de vários estados deram nove dias para Osmarildo se entregar, ao contrário, ele seria morto. Por isso, ele resolveu gravar os vídeos para culpar a vítima. Conforme contaram membros da comunidade da vítima para a reportagem, se o tempo determinado pelos ciganos se esgotar, um familiar próximo dele pode ser assassinado.

“Todo mundo sumiu porque na comunidade cigana o costume é a vingança”, comenta ao Portal Dia Online, o delegado responsável pelas investigações, Tibério Martins Cardoso. “Ele tem parente pelo interior e em outros estados”, relata o delegado.

No vídeo, o suspeito diz, em tom de deboche: “Não adianta arrepender mais.” Para o delegado, os vídeos mostram um homem com medo dos ciganos e não arrependido pelo crime.

“Do jeito que ele falou, está pedindo desculpas. Se qualquer cigano que tiver ligação com a família da jovem, vai querer vingar a morte em qualquer lugar do Brasil. Do jeito que uma cigana falou pra gente aqui na delegacia, eles levam isso muito a sério”, considera o delegado.

Dor

“Estou vivendo ainda por ‘mode’ meus netos”, diz a mãe de Nayara, Cirlene Gama Feitosa, de 47 anos, por telefone. “Ele matou minha caçulinha, minha menina, que nunca me abandonou. Ela me deu dois netos, que são minha força de vida.”

Nayara era a caçula de duas filhas e, para Cirlene, uma amiga. Emocionada,  conta para a reportagem que a violência era comum na vida do casal. “Ele batia muito nela. Na última vez, ele deixou o corpo dela marcado, ela foi na delegacia, mas voltou atrás com medo dele ser preso”, revela.

Cirlene conta que não consegue dormir pensando no terror que a filha passou ao ter uma arma descarregada em seu corpo. “Eu falava muito para ela: ‘Minha filha, esse homem vai fazer uma arte com você’. Ele matou minha filha, levou os documentos e jogou o corpinho dela na beira da estrada. Por falta dos documentos, a gente teve dificuldade até para enterrar. Ele não pensou na família. Ele judiou demais dela”, disse ao telefone.

Cantor e violento: o cigano que matou mulher em Caldas Novas

Osmarildo é conhecido nos botecos de Caldas Novas por cantar músicas sertanejas que escrevia para a mulher que ele matou. Por ali, seu nome é Kauan. O Kauan cigano, que atravessava as noites cantando modas de viola.

Meses antes de cometer o crime, o casal se separou e ele escreveu uma melancólica canção para Nayara.  “É uma música horrível. Um pavor”, conta uma familiar da vítima.

Quase ninguém gosta de comentar sobre o suspeito de matar a mulher e, quando falam, não querem ser expostos. Em um vídeo no YouTube, Osmarildo ameaça um homem com um revólver. Veja o vídeo aqui.

Além de ciumento, o cantor romântico, que postou vários vídeos no YouTube com mais de 40 mil acessos, proibia a mulher usar celular. “Ele era possessivo, deixava ela ligar para mim apenas pelo telefone dele”, lembra a mãe dela, Cirlene Gama.

Nayara foi assassinada, conta a família, depois que o marido espancou ela durante a madrugada anterior. O delegado suspeita que a criança viu tudo. A mesma criança que não conseguiu se despedir da mãe, outra vítima de feminicídio em Goiás.

“Minha filha morreu porque não queria entregar meu neto para o pai. Ela não conseguia ficar sem o filho”, lembra Cirlene, chorando.

Veja vídeo de confissão de suspeito:

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Instituto Gerir pede recisão dos contratos do Hugo e Hutrin, em Goiás

Falta de pagamento dos funcionários e de dinheiro para insumos obrigou instituto a pedir a recisão.
26/10/2018, 14h30

A crise no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) e no Hospital de Urgências de Trindade (Hutrin) parecia ter chegado ao fim durante essa semana, mas nesta sexta-feira (26/10) a história ganhou um novo capítulo, o Instituto Gerir, que administra as duas unidades, pediu a recisão de contrato com a Secretaria do Estado da Saúde de Goiás (SES).

As duas unidades administradas pela Organização Social (OS) tem passado por problemas financeiros nos últimos dias, com atrasos de salários dos servidores e a falta de insumos, impossibilitando o trabalho de enfermeiros, médicos e farmacêuticos.

Durante a semana os profissionais chegaram a cruzar os braços pelo atraso de salários, que foi solucionado com o pagamento dos vencimentos atrasados. Apesar de quitar os salários, o instituto optou por pedir junto a Secretaria a recisão de contrato com o governo de Goiás.

Hugo foi interditado em setembro deste ano

O Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo), além da greve que começou na terça-feira (23/10) e se encerrou ontem (25/10), teve no dia 24 de setembro a sua interdição decretada, depois que a Superintendência Regional do Trabalho (SRT/GO) recebeu denúncias de funcionários sobre a situação do hospital e protocolou junto ao Ministério Público Federal em Goiás o pedido de interdição.

Menos de um mês depois da interdição, o Ministério Público Federal em Goiás (MPF) por meio de uma ação civil pública bloqueou mais de R$ 27 milhões do governo de Goiás, devido a crise no Hugo.

Em nota enviada a imprensa o Instituto afirmou que fez o pedido devido aos problemas financeiros e por falta de recursos necessários para o trabalho dos profissionais de saúde.

Confira a nota do Instituto na íntegra

“O Instituto Gerir informa que protocolou, na manhã desta sexta-feira (26/10), ofício na Secretaria Estadual de Saúde (SES), solicitando a rescisão dos contratos de gestão do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) e do Hospital de Urgências de Trindade (Hutrin). A solicitação se deve aos atrasos recorrentes de pagamento e déficits constantes, que resultam em falta de recursos materiais e humanos para que a organização social continue prestando o trabalho de excelência desenvolvido nas duas unidades, em parceria com a SES.”

Em nota enviada ao Portal Dia Online a secretaria confirmou o recebimento do pedido de rescisão contratual por parte do instituto e ressaltou que a rescisão não implica na entrega imediata das unidades.

Confira a nota na íntegra

“A Secretaria de Estado da Saúde de Goiás (SES-GO) informa que recebeu, no fim da manhã desta sexta-feira, 26, documento da OS Gerir solicitando a rescisão dos contratos de gestão do Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo) e do Hospital de Urgências de Trindade (Hutrin). A SES já está analisando todas as medidas e os trâmites necessários para rescindir o contrato. É importante ressaltar que essa solicitação de rescisão não implica “entrega” imediata dos hospitais, que continuarão atendendo a população.”

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Dicas para curtir o fim de semana em Goiânia

O fim de semana em Goiânia conta com atrações para todos os gostos e estilos!
26/10/2018, 15h27

Finalmente o fim de semana em Goiânia nos dá o ar de sua graça. E se você ainda não sabe o que fazer durante esses dias livres, preparamos uma listinha com algumas dicas que podem te agradar.

Embora domingo tenhamos mais um dia de eleições, ainda há muito para se fazer na capital. Tem festinha temática em comemoração ao Dia das Bruxas, tem show de humor, festival gastronômico, apresentação teatral, show de rock, enfim… Sempre há aquele rolê que mais combina com você! Confira!

O que fazer no fim de semana em Goiânia?

1 – Participar do Festival Alemão do Glória

Dicas para curtir o fim de semana em Goiânia

Está chegando ao fim a décima edição do Festival Alemão do Glória Bar. Inspirado nas tradicionais comidas e bebidas da Alemanha, a ideia é trazer para os goianienses, até o dia 31 de outubro, um pouquinho da gastronomia dos alemães, com um cardápio repleto de petiscos como salsichões, chucrutes, saladas de batata, embutidos, joelho de porco, molhos especiais e deliciosas sobremesas.

E é claro, para quem é fã de uma cerveja gelada, o bar também terá uma boa variedade em seu menu, sem contar que ainda será possível pedir bons chopes. Vale lembrar que o Oktoberfest, tradicional festival de cerveja que é tradicionalmente celebrado na cidade alemã de Munique, também acontece neste mês.

Então, se está procurando uma boa opção para comer bem neste fim de semana em Goiânia, aproveita!

Para saber mais, confira nossa agenda cultural!

2 – Participar do projeto “Feiras Mágicas”

Dicas para curtir o fim de semana em Goiânia

Com 10 apresentações até o fim do mês de outubro, o Projeto “Feiras Mágicas” visa fazer um resgate cultural, promovendo atividades circenses e de ilusionismo pelas feiras livres de Goiânia. Misturando técnicas do teatro e muita comédia, as apresentações são garantia de diversão para o público que acompanha, fazendo a alegria principalmente da criançada.

As apresentações acontecem nesta sexta, sábado e domingo. Para saber mais, confira nossa agenda cultural!

3 – Ir ao show do Cascavelvet, em homenagem ao Pink Floyd

Dicas para curtir o fim de semana em Goiânia

Se o fim de semana em Goiânia começa hoje para você, se liga nessa! O Teatro Sesc em Goiânia recebe neste dia 26 de outubro (sexta), a banda goianiense Cascavelvet, em uma eletrizante homenagem para a banda inglesa Pink Floyd. Neste show, a banda executará na íntegra, com a ajuda de alguns elementos teatrais e cinematográficos, um dos mais reconhecidos e aclamados discos já produzidos pelo Pink Floyd, o The Wall.

Para saber mais, confira nossa agenda cultural!

4 – Dar boas gargalhadas com Matheus Ceará

Dicas para curtir o fim de semana em Goiânia

O humorista Matheus Ceará virá para Goiás apresentar seu primeiro show de stand up comedy: “De Cara Limpa e Boca Suja”. O fim de semana em Goiânia está garantido com muitas risadas e diversão. Isso porque, além da apresentação marcada para este dia 27 (sábado) em Goiânia, também se apresentará na cidade de Anápolis na sexta e no sábado.

Para saber mais, confira nossa agenda cultural!

5 – Participar do espetáculo “O que ainda Aguardo”, da Quasar Cia de Dança

Dicas para curtir o fim de semana em Goiânia

O espetáculo comemora os 30 anos da Companhia de Dança Quasar e será apresentando no Teatro Goiânia na sexta (às 21h), sábado (às 21h) e domingo (às 19h). A coreografia foi desenvolvida para o projeto “Preciosidade Vivara”, com o apoio do Ministério da Cultura e da Vivara.

6 – Ir para a festa “Halloween F-250”

Dicas para curtir o fim de semana em Goiânia

O fim de semana em Goiânia também vai contar com festinha de Dia das Bruxas. A badalada festa virá com todo vapor no sábado (27 de outubro), marcada para acontecer no Atlanta Music Hall e com previsão de início para as 22 horas. Entre as atrações estão Matheus Mpc, Soulshine Monstee, Bas, Fogueteiro e Gaab. A noite promete!

7 – Participar da Fargo

Dicas para curtir o fim de semana em Goiânia

Com o objetivo de fomentar o mercado em torno das artes visuais, a Fargo acontece neste domingo (28 de outubro), na Vila Cultural Cora Coralina. Serão 30 estandes que vão reunir profissionais, artistas e expositores.

A entrada é gratuita e acontece das 10h às 22h.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.