Brasil

Brinquedo trava e deixa pessoas penduradas em parque no DF; veja vídeo

De acordo com direção do parque, o atendimento foi imediato e sem nenhuma gravidade para os visitantes.
13/10/2018, 14h13

Um brinquedo do parque de diversões Nova Nicolândia, localizado no Parque da Cidade Sarah Kubitschek, no Distrito Federal, travou e deixou cerca de dez pessoas penduradas. O incidente ocorreu no sábado (12/10), Dia das Crianças.

Por um vídeo que circula nas redes sociais é possível ver algumas pessoas penduradas e o exato momento do resgate, que de acordo com  informações de jornais locais, foi feito inicialmente por funcionários da parque.

Confira abaixo:

Pessoas ficam presas em brinquedo no Nicolândia do parque da cidade hoje😲Algumas pessoas foram se divertir em um brinquedo do Nicolândia e acabaram ficando presas de cabeça. Felizmente não se feriram, mas o susto foi muito grande

Posted by Cerrado InFoco on Friday, October 12, 2018

Tudo teria ocorrido após o brinquedo Mixer, que havia apresentado falha semelhante em 2017, travar no ar. As pessoas que estavam na atração ficaram penduras pelas travas de segurança do equipamento. Informações de testemunhas apontam que uma das vítimas teria quebrado o pé durante enquanto tentava descer do brinquedo.

Alguns adolescentes conseguiram se soltar sozinhos e outros foram retirados com o auxílio dos funcionários,  por uma escada. O Corpo de Bombeiros não chegou a ser acionado.

Ao Metrópoles, Anderson Souza, de 33 anos, que gravou o vídeo contou que o parque estava lotado devido a comemoração ao Dia das Crianças. “Foi muito tenso. As crianças penduradas choravam e pediam socorro. Embaixo, as pessoas não sabiam como ajudar. O parque estava lotado”, disse.

Minutos antes do acidente acontecer a filha dele de 13 anos havia descido do brinquedo. “Foi muita sorte. Mas desde cedo eu percebi algo errado. De manhã ele estava fechado para manutenção, só abriu à tarde”, relata Anderson.

Brinquedo trava e deixa pessoas penduradas

Por meio de nota, a direção do Nova Nicolândia explicou que após o ocorrido a equipe de segurança do parque realizou o “atendimento de forma imediata, sem nenhuma gravidade para os visitantes do brinquedo. No texto, a direção esclarece ainda que o brinquedo continua interditado para averiguação. Veja a nota na íntegra:

“A equipe de segurança da Nova Nicolândia realizou o atendimento de forma imediata, sem nenhuma gravidade para os visitantes do brinquedo e os demais que estavam no parque. Foi dado todo apoio, suporte e atenção aos envolvidos. Seguimos um protocolo rígido de segurança e vistorias diárias em todos os brinquedos.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Política

A partir de hoje, candidatos do 2º turno só podem ser presos em flagrante

Regra consta no Código Eleitoral; segundo turno ocorre no dia 28 de outubro.
13/10/2018, 15h11

A partir deste sábado, 13 de outubro, todos os candidatos que concorrem no 2º turno das Eleições 2018 só podem ser presos em flagrante. A regra, que restringe a prisão de candidatos nos 15 dias que antecedem as eleições, consta no parágrafo 1º do artigo 236 da Lei nº 4.737/1965, do Código Eleitoral.

No dia 28, data do segundo turno, os candidatos Jair Bolsonaro, da Coligação Brasil Acima de Tudo, Deus Acima de Todos (PSL/PRTB), e Fernando Haddad, da Coligação O Povo Feliz de Novo (PT/PC do B/PROS) disputam o cargo de presidente da República. Também haverá segundo turno para governador em 13 estados e no Distrito Federal.

Em Goiás, também no dia 28 de outubro, ocorrerão ainda eleições suplementares para prefeitos e vices de cinco cidades goianas. Na data, os eleitores de Davinópolis, Divinópolis, Planaltina de Goiás, Serranópolis e Turvelândia vãos às urnas para votar em seus representantes municipais.

Propaganda eleitoral no 2º turno

Em 26 de outubro, termina o prazo para divulgação da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão, assim como para a divulgação paga, na imprensa escrita, de propaganda eleitoral. Os debates se encerram também nessa data.

Já no dia 27, um dia antes das eleições, ainda é permitida propaganda eleitoral com alto-falantes ou amplificadores de som. Até as 22h poderá ocorrer distribuição de material gráfico e a promoção de caminhada, carreata, passeata ou carro de som que transite pela cidade divulgando jingles ou mensagens de candidatos.

Onde denunciar propaganda irregular

Caso o eleitor se depare com propagandas eleitorais, proibidas no dia 28 de outubro, ele pode denunciar pelos canais citados abaixo:

Aplicativo Pardal: voltado para a fiscalização por parte do eleitor quanto à campanha de partidos e candidatos, o aplicativo Pardal permite encaminhar denúncias de irregularidades eleitorais, juntamente com evidências que podem servir de provas em eventual processo (fotos, áudio e vídeo). Podem ser encaminhadas denúncias de diversos temas, como propaganda eleitoral, uso da máquina pública, compra de votos, crimes eleitorais, doações/gastos eleitorais, dentre outros.

Ouvidoria Regional Eleitoral: quando a denúncia for relacionada a candidatos à presidente e vice-presidente e para qualquer candidato, quando se referir à propaganda no rádio, TV e internet. Já o Ministério Público Eleitoral estará disponível para denúncias em geral, por meio do telefone 3543-5462.

Via: TSE 
Imagens: InfoMoney 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Acidente entre carro e caminhão deixa motorista morto na BR-020

Ainda não se sabe qual dos veículos invadiu a pista contrária.
13/10/2018, 16h32

Um motorista morreu após bater o carro que dirigia de frente com um caminhão, na BR-020, em Formosa, Entorno do Distrito Federal. O acidente ocorreu neste sábado (13/10), por volta das 4h30. O veículo ficou totalmente destruído. De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, o homem de 40 anos estava sozinho no carro e além de sofrer ferimentos graves, ficou preso às ferragens.

O carro de passeio tem placa do Rio de Janeiro e seguia no sentido da Bahia ao DF. Já o caminhão seguia no sentido oposto, com placa de Feira de Santana, Bahia. Testemunhas apresentaram diversas versões sobre o acidente, então de acordo com a corporação, ainda não se sabe qual dos veículos invadiu a pista contrária. Um perícia deve esclarecer as causas do acidente.

Acidente no feriadão prolongado

Nos últimos dois dias, já foram registrados cinco mortes em acidentes nas rodovias de Goiás. Os acidentes ocorreram nas BRs-060 e 153. Com objetivo de reduzir o número de acidentes durante o feriado prolongado, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realiza a Operação Nossa Senhora Aparecida nas estradas federais de todo o estado.

De acordo com a corporação, o feriado reflete no aumento do fluxo de veículos e de passageiros nas rodovias federais. Além da preocupação em garantir aos usuários segurança, conforto e fluidez do trânsito, a PRF está empenhada em reduzir 50% do número de mortos e de feridos em decorrência de acidentes de trânsito.

Entre as principais infrações flagradas pela PRF estão o excesso de velocidade, a ultrapassagem em local proibido e o não uso do cinto de segurança. O mau estado de conservação do veículo, e a falta de documento obrigatório ou documentação vencida também entram nas infrações recorrentes em períodos de feriados prolongados.

A operação, que espera conscientizar e alertar os motoristas, tem como metas:

– Redução dos índices de embriaguez ao volante;

– Redução da alta velocidade empregada por alguns condutores através dos diversos radares colocados em pontos estratégicos;

– Utilização do cinto de segurança e cadeirinhas para crianças;

– Uso do capacete por ocupantes de motocicletas;

– Coibir as ultrapassagens proibidas ou indevidas.

Via: G1 
Imagens: G1 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Polícia procura vigilante suspeito de matar porteiro em Itumbiara

Segundo delegado, crime foi provocado por causa de uma bolinha de papel jogada no chão.
14/10/2018, 08h44

Ninguém consegue explicar muito bem  o que aconteceu na madrugada do último sábado (13/10), quando o procurado pela polícia, o vigilante Wallas Gomes de Lima, atirou no colega de trabalho, o porteiro Guilherme Alves Pereira, de 22 anos, em Itumbiara, interior de Goiás.

Desde o crime, o delegado titular da 6ª Delegacia Regional da Polícia Civil, em Itumbiara, Ricardo Chueire, tenta capturar o vigilante e, com informações que já conseguiu apurar, concluir o inquérito policial.

Como o suspeito conseguiu fugir do flagrante, o delegado pediu a prisão preventiva dele que baleou a vítima com três tiros.

Imagens de câmera de segurança, diz o delegado, mostram que Wallas mandou Guilherme levantar as mãos e virar de costas, antes de atingi-lo, primeiramente, com um tiro na cabeça. Guilherme caiu, mesmo assim foi baleado outras duas vezes.

Depois de deixar a arma em um armário, o vigilante, que estava no período de experiência na empresa – o porteiro trabalhava há um ano -, desapareceu.

Crime banal: Vigilante mata a sangue frio colega em Itumbiara

Conforme o delegado Ricardo Chueire, o crime foi desencadeado por uma briga banal. As imagens obtidas pela Polícia Civil mostram o vigilante Wallas tentando acertar uma bolinha de papel no lixo. Como o vigilante errou o cesto, o porteiro e o segurança iniciam a confusão.

O porteiro é obrigado a levantar-se, ficar de costas, quando é baleado. O delegado conta, ainda, que no momento do crime havia outro vigilante condomínio residencial, mas não conseguiu fazer nada porque teria ficado em choque.

“Deus abençoe que a Polícia solucione o caso. Aguardamos a Justiça divina porque a do homem a gente não consegue prever”, lamenta o tio do porteiro, Ricardo Alves, enquanto o corpo de Guilherme era velado por familiares e amigos que foram ao local se despedir do jovem.

Ninguém ali conseguia entender como, um jovem cheio de sonhos, pudesse ter morrido por tão pouco.

Via: G1 

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Paraense vence sozinho Mega-Sena e vai receber R$ 27 milhões

Com o dinheiro, ganhador poderá comprar frota de 180 carros de luxo ou adquirir 33 imóveis no valor de R$ 800 mil.
14/10/2018, 10h30

Um apostador de Marabá, no Pará, acertou sozinho o concurso 2.087 da Mega-Sena e vai receber um prêmio de R$ 27 milhões.

Ele acertou as dezenas 02,18,19,23,34 e 53 sorteadas nesse sábado (13) em Joaçaba (SC). A quina teve 52 apostas ganhadoras e pagou prêmio de R$ 41.598,96 a cada uma.

Com dinheiro, ganhador poderá comprar frota de 180 carros de luxo ou adquirir 33 imóveis no valor de R$ 800 mil.

A quadra teve 4.898 apostas ganhadoras e pagou prêmio de R$ 630,91 a cada uma.

De acordo com a Caixa, o próximo sorteio da Mega-Sena está marcado para o dia 17 de outubro, com prêmio estimado em R$ 2,5 milhões.

Dicas de como ganhar na Mega-Sena

1) As dezenas 01, 02, 03, 11, 22, 44, 55, 48 e 57 saem pouco.

2) Não jogue números seguidos.

3) Não jogue em números que estejam na mesma linha vertical.

4) Divida a cartela em quatro quadrantes e distribua seu jogo entre eles.

5) Prefira apenas um cartão com mais de seis dezenas do que vários cartões de seis dezenas.

No site da Caixa Econômica Federal, algumas dicas:

Como jogar

A Mega-Sena paga milhões para o acertador dos 6 números sorteados. Ainda é possível ganhar prêmios ao acertar 4 ou 5 números dentre os 60 disponíveis no volante de apostas. Para realizar o sonho de ser o próximo milionário, você deve marcar de 6 a 15 números do volante, podendo deixar que o sistema escolha os números para você (Surpresinha) e/ou concorrer com a mesma aposta por 2, 4 ou 8 concursos consecutivos (Teimosinha).

Sorteios

Os sorteios da Mega-Sena são realizados duas vezes por semana, às quartas e aos sábados.

Apostas

A aposta mínima, de 6 números, custa R$ 3,50. Quanto mais números marcar, maior o preço da aposta e maiores as chances de faturar o prêmio mais cobiçado do país.

Premiação

O prêmio bruto corresponde a 43,35% da arrecadação. Dessa porcentagem:

35% são distribuídos entre os acertadores dos 6 números sorteados (Sena);

19% entre os acertadores de 5 números (Quina);

19% entre os acertadores de 4 números (Quadra);

22% ficam acumulados e são distribuídos aos acertadores dos 6 números nos concursos de final 0 ou 5.

5% ficam acumulados para a primeira faixa – sena – do último concurso do ano de final 0 ou 5 (Mega da Virada).

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.