Política

Polêmico e com discurso antissocialista, Cabo Daciolo era membro do PSOL

O candidato foi expulso do partido em 2015.

Por Ton Paulo
10/08/2018, 14h49

Candidato à Presidência pelo partido Patriota, o Cabo Daciolo até ontem (9/8) era um desconhecido no quadro de concorrentes do cargo de maior importância do Brasil.

Entretanto, segundo dados do Google Trends, o bombeiro militar e político foi o que mais cresceu nos principais alvos de pesquisa no site de buscas depois que participou do debate na TV Bandeirantes, ao lado dos outros candidatos.

Daciolo teve muitas falas no debate que aconteceu na TV Band, na última quinta, contra, segundo palavras do candidato, “os males do Socialismo e do Comunismo”. O que pouca gente sabe, é que o Cabo Daciolo era membro do Partido Socialismo e Liberdade, o PSOL.

Até o ano de 2015, Daciolo integrava o partido considerado por cientistas políticos como o mais à esquerda no Brasil e declaradamente socialista, o PSOL. Entretanto, Daciolo foi expulso pelo Diretório Nacional do partido, no dia 16 de maio do mesmo ano, por 54 votos a um.

O processo de expulsão começou depois que o militar apresentou uma PEC (Proposta de Emenda à Constituição), apelidada por ele de “PEC dos Apóstolos”, que sugere alterar um parágrafo na Carta Magna: em vez de determinar que “todo o poder emana do povo”, como é atualmente, estabeleceria que “todo o poder emana de Deus”, o que fere a concepção do PSOL na defesa do Estado laico.

Mas a coisa se agravou de vez com o discurso do deputado, no Plenário, em defesa dos PMs  que foram acusados de envolvimento no sumiço, tortura e morte do pedreiro Amarildo de Souza, no ano de 2013.

De acordo com o parecer da comissão de ética, publicado na época, a postura do deputado Cabo Daciolo de defender os policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) ia na contramão do engajamento de militância do partido na busca de Amarildo (“Cadê o Amarildo?).

Cabo Daciolo foi eleito, pela primeira vez, em 2014, quando começou sua carreira na política. O bombeiro militar foi convidado para se filiar ao partido devido à sua atuação na liderança da greve dos bombeiros no Rio de Janeiro, no ano de 2011. Na época, ele comandou a ocupação do Quartel General da corporação e o acampamento nas escadarias da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Idoso é preso e solto uma hora depois de arrancar o rabo de cachorro com facão em Goiás

Delegado responsável pela denúncia considerou o corte "uma crueldade".
10/08/2018, 15h16

O idoso Gercino Tomaz Aquino, conhecido como “Nego Levino”, de 72 anos, foi preso na manhã desta sexta-feira (10/8), em Pontalina, interior de Goiás, pela prática do delito de maus-tratos a animais, crime ambiental. Levino foi denunciado após cortar o rabo de um cachorro adulto usando um facão.

O procedimento foi feito sem anestesia ou qualquer outra forma de evitar o sofrimento do animal. Na delegacia, ele justificou que mutilou o animal por causa dos pelos que se soltavam da calda do cão e se acumulavam pela casa.

Idoso é preso após arrancar o rabo de cachorro com facão em Goiás

Gercino vai responder pelo crime de maus tratos de animais domésticos, previsto pelo artigo 32 da lei 9.605/98, cuja pena pode chegar a um ano de detenção. A amputação ou corte da cauda de cachorros é proibida no Brasil, mesmo para fins estéticos e mesmo se for realizada por profissionais de medicina veterinária, com o uso de anestésicos.

“A cauda faz parte do corpo do cachorro e cortá-la é uma crueldade, pois retira um importante meio de expressão e de equilíbrio do cão”, considerou o delegado Tiberio Martins Cardoso.

O cachorro, contou o delegado para o Portal Dia Online, foi levado a um abrigo de Pontalina. “O idoso foi solto logo depois de ter sido lavrado o flagrante.”

Veja o vídeo:

View this post on Instagram

HOMEM CORTA RABO DE CACHORRO COM FACÃO; VEJA VÍDEO {imagens fortes} . Gercino Tomaz Aquino, de 72 anos, foi denunciado na manhã de hoje (10/8) após cortar o rabo de um cachorro com um facão. . A Polícia Civil de Pontalina autuou o homem, conhecido como “Nego Levino”, pela prática do delito de maus tratos a animais, crime ambiental. . Levino justificou que mutilou o cachorro por causa dos pelos que se soltavam do rabo do animal e acumulavam pela casa. . O idoso vai responder pelo crime de maus tratos de animais domésticos, previsto pelo artigo 32 da lei 9.605/98, cuja pena pode chegar a um ano de detenção. #Homem #Rabo #Cachorro #MausTratos #Animais #Pontalina #DiaOnline #Atualize

A post shared by Dia Online (@portaldiaonline) on

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Entretenimento

Show de Anitta em Goiânia tem ingressos de setenta até quatro mil reais

A apresentação deve ocorrer no Atlanta Music Hall.

Por Ton Paulo
10/08/2018, 16h02

A cantora Anitta, brasileira que está ganhando o mundo com seus hits pop e funk, confirmou um show na cidade de Goiânia que está previsto para acontecer em outubro deste ano, no evento de um concurso de profissionais de beleza exclusivo do Centro-oeste.

O show, que deve acontecer no dia 7/10, é uma atração exclusiva do Beauty Party, concurso que premia profissionais que se destacaram como autores das melhores maquiagens, penteados e cortes de cabelo, tanto feminino quanto masculino.

A apresentação de Anitta, que é madrinha da 1ª edição do concurso, está prevista para ocorrer no Atlanta Music Hall, e já está com os ingressos à venda no site  do evento.

Os valores variam de R$ 70 reais (pista sem open bar), até o valor impressionante de R$ 4 mil, que vai oferecer camarote vip com bebida e comida à vontade para quem quiser desembolsar a grana.

Os organizadores têm expectativa de um público de 8 mil pessoas.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Incêndio atinge mata próxima a escola em Aparecida de Goiânia

A suspeita é de que o fogo tenha sido provocado por ex-alunos.

Por Ton Paulo
10/08/2018, 16h38

Um incêndio atingiu uma mata que contorna uma escola municipal na tarde desta sexta-feira (10/8), em Aparecida de Goiânia.

O fogo teve início por volta de 13h30 numa área verde que rodeia a Escola Municipal Monteiro Lobato, na Rua 27, Jardim Tiradentes.

Em entrevista ao Portal Dia Online, a secretária da escola afirmou que a suspeita é que o incêndio tenha sido provocado de maneira intencional por ex-alunos.

Ainda de acordo com a secretária, a escola foi construída em região equivocada, uma vez que fica no meio de uma área de proteção ambiental de Aparecida de Goiânia.

Os bombeiros foram chamados para controlaram o fogo. Apesar do susto, ninguém se feriu.

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.

Goiás

Cachorro que teve rabo cortado é resgatado, mas idoso ficou com outros três cães em casa

Idoso não ficou nem uma hora na delegacia após violência contra animal.
10/08/2018, 18h40

Além de ter sido liberado uma hora depois de ser levado para a delegacia, o idoso que arrancou o rabo de um cachorro porque o animal soltava muito pelo, ficou com outros três animais.

O caso chegou à delegacia quando Diogo Resende Vaz gravou um vídeo denunciado a violência e ligou para o delegado Tiberio Martins Cardoso. Por volta das 10 horas da manhã desta sexta-feira, Diogo recebeu uma denúncia de que na residência animais sofriam maus-tratos. “Então eu levei o animal para a clínica veterinária para um tratamento”, contou Diogo ao Portal Dia Online.

“Quando o animal chegou aqui, ele sentia muita dor. Limpamos, colocamos medicamentos para tirar a dor”, conta o veterinário responsável pelo atendimento,

O idoso Gercino Tomaz Aquino, conhecido na região como “Nego Levino”, de 72 anos, foi preso na manhã desta sexta-feira (10/8), em Pontalina, pela prática do delito de maus-tratos a animais, crime ambiental.

O idoso foi denunciado após cortar o rabo de cachorro adulto usando um facão. O procedimento, explica o delegado, foi feito sem anestesia ou qualquer outra forma de evitar o sofrimento do animal.

Na delegacia, o idoso contou que cortou o rabo do cachorro porque soltava muito pelo da calda do cão e se acumulavam pela casa.

Cachorro que teve rabo cortado porque solta pelo é resgatado, mas idoso ficou com outros três em casa
Idoso preso após decepar rabo do anima. Foto: Polícia Civil do Estado de Goiás

Gercino vai responder pelo crime de maus tratos de animais domésticos, previsto pelo artigo 32 da lei 9.605/98, cuja pena pode chegar a um ano de detenção. A amputação ou corte da cauda de cachorros é proibida no Brasil, mesmo para fins estéticos e mesmo se for realizada por profissionais de medicina veterinária, com o uso de anestésicos.

“A cauda faz parte do corpo do cachorro e cortá-la é uma crueldade, pois retira um importante meio de expressão e de equilíbrio do cão”, considerou o delegado Tiberio Martins Cardoso.

Veja programa gravado sobre o assunto:

‘]

COMENTÁRIOS

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do portal e são de total responsabilidade de seus autores.