11/jun/2018 19h06

Dez filmes para assistir no Dia dos Namorados

O roteiro pode ser clichê, mas no Dia dos Namorados, tudo com o 'mozão' vale a pena!
filminho com o 'mozão' - 11/jun/2018 19h06

Nesta terça-feira (12/6) é comemorado o Dia dos Namorados no Brasil. Para quem está procurando o que fazer com o “mozão”, o Dia Online listou dez filmes para assistir, estourar aquela pipoca, ir para a cama e relaxar com a pessoa amada.

10 – Click

O filme estrelado por Adam Sandler, conta com nomes importantes no elenco, como Kate Beckinsale e Cristopher Walken, e conta a história de um homem – Michael Newman – que ao ir em um supermercado a noite, acaba encontrando Morty e fica com um controle remoto mágico.

O novo “brinquedo” de Michael, dá a opção de visitar qualquer período no tempo e relembrar/evitar de qualquer coisa que lhe pareça desinteressante. Mas qual a probabilidade de isso dar errado né? Todas!

Opinião do editor: O filme clássico para passar no Sessão da Tarde, com a pegada de comédia de Adam Sandler e o romantismo em um dos melhores finais. Apesar de criticado por alguns filmes, Adam Sandler mostra como fazer uma verdadeira comédia romântica.

9 – Quando nos Conhecemos

Lançado em fevereiro de 2018, a comédia romântica é estrelada por Adam DeVine e conta no elenco nomes como Robbie Amell, Alexandra Daddario e Shelley Hennig, entre outros.

Noah (Adam) teve um encontro perfeito com a garota dos seus sonhos , mas é visto apenas como um amigo por ela. Ele passa então os próximos três anos tentando entender o que aconteceu de errado, até que ele tem a inesperada chance de viajar no tempo e alterar a noite e seu destino, mais de uma vez.

Opinião do editor: Um filme de viagem no tempo que não perde tempo explicando sobre o assunto, mas sim, com a história de vida de um jovem rapaz. Apesar de um final clichê, que você pensa no meio do filme, o “rival”de Noah, Ethan é muito bem retratado no filme.

8 – Como se fosse a Primeira vez

Novamente Adam Sandler na lista. O filme de 2004 conta com Drew Barrymore, Rob Schneider, Sean Austin, entre outros no elenco da comédia romântica. Embalados pela música “Somewhere over the rainbow“, o filme mostra Henry Roth (Adam) conhecendo Lucy Whitemore, uma mulher, que sofreu acidente e repete o mesmo dia, por todos os dias de sua vida.

Mesmo após descobrir sobre o problema de Lucy (Drew Barrimore), Henry não desiste de sua amada.

Opinião do editor: O filme que tem 14 anos desde seu lançamento, não se restringe a época e conquista fãs a cada nova exibição. Apesar de que a probabilidade que o leitor já tenha visto esse filme, assim como “Click”, é a oportunidade perfeita para assistir novamente e não se esqueça de se apaixonar todo dia pela mesma pessoa.

7 – Amizade Colorida

Talvez o filme mais “picante” dessa lista. Dois amigos que terminaram o relacionamento recentemente, se encontram para apenas um propósito, sexo sem compromisso, o famoso Amizade Colorida – como propõe o título -.

Jamie (Mila Kunis) e Dylan (Justin Timberlake) são os amigos que tomam a decisão mais simples de um ser humano, não ter sentimentos por outra pessoa, mas seria tão fácil assim? Woody Harrelson e Emma Stone também estão no elenco do filme.

Opinião do editor: O filme que explora a sensualidade de cada um dos dois – Justin e Mila -, tem um roteiro clichê, mas que prende quem assiste. A vida é curta, muito curta e por muitas vezes deixamos a pessoa especial passar por estarmos sempre procurando a pessoa certa.

6 – Tudo Acontece em Elizabethtown

A história do filme começa de modo bastante pesado, com o personagem Drew, vivido por Bloom, envergando pensamentos suicidas após perder muito dinheiro em sua empresa e ter recebido a notícia de que seu pai havia morrido.

Mas é justamente a perda do pai, porém, que o leva até Elizabethtown, cidade onde o falecido morava, onde será o enterro e também onde ele irá sentir a chance de recomeçar sua vida, especialmente depois de conhecer Claire Colburn (Kristen Dunst), uma aeromoça que estava justamente em seu voo para a cidade natal do pai.

Opinião do editor: “Elizabethtown” consegue ir crescendo após a síncope do luto. Na verdade, a gente vai descobrindo a cada cena que a vida é tão inesperada quanto a morte, e a graça às vezes é justamente não saber qual será a próxima música da playlist. O modo aleatório é um simpático distribuidor de surpresas.

5 – A Proposta

Com o roteiro bem amarrado, os protagonistas estão em sintonia e o elenco de coadjuvantes apóia de verdade. O filme que conta com Sandra Bullock e Ryan Reynolds, colocam chefe e empregado em uma situação não muito favorável, a de conviverem juntos e convencerem a todos que irão se casar.

Na história, Margaret (Bullock) é um carrasco em forma de executiva de uma editora e faz da vida de seus funcionários um inferno. Andrew (Reynolds) é seu assistente há anos e agüenta a “chibata” da workahollic porque sonha em ter um livro publicado.

Opinião do editor: A dupla possui a tal “química” em cena, mas curiosamente, deixa de lado a sensualidade, talvez de maneira intencional, para retratar o “desconforto” dos dois.

4 – (500) Dias com Ela

Este não é um filme romântico, ao menos é assim que anuncia o trailer. O filme estrelado por Joseph Gordon-Levitt e Zooey Deschanel, também conta com a jovem Chloe Moretz no elenco.

500 Dias com Ela é em essência um “menino conhece menina”. No entanto, junta-se ao seletíssimo grupo de filmes que conseguem subverter as regras do gênero, dando ao público uma experiência nova – ainda que parcialmente conhecida.

Opinião do autor: 500 Dias Com Ela tem uma visão absolutamente honesta, ainda que um tanto tragicômica, do amor.

3 – De Repente é Amor

O filme de 2005 conta com o jovem Ashton Kutcher e Amanda Peet como os principais nomes de uma história complicada de amor. O filme conta como às vezes, as pessoas demoram a perceber que aquele sentimento é amor.

Quando a viagem acaba, o romance acaba, mas apesar de voltarem para suas vidas, os dois não se separam completamente. Em sua eterna busca por um amor sem fim, acabam sempre encontrando um ao outro.

Opinião do editor: O filme conta com alguns sucessos na trilha sonora, que caracterizam bem os anos distantes um do outro, além do roteiro que por mais parecer com muitos outros filmes, conta com boas atuações de Kutcher e Peet.

2 – Ela

Já imaginou a inteligência artificial sendo a musa do futuro? O filme de 2014, conta com Joaquim Phoenix, Amy Adams, Chris Pratt, Kristen Wiig, e a voz mais sedutora de Hollywood, Scarlett Johansson.

O roteiro de Jonze mostra Theodore, um escritor deprimido (Joaquin Phoenix), ainda dolorido com a separação daquela que ele julgava ser a mulher de sua vida (Rooney Mara). Infeliz com tudo ao seu redor, ele acaba equipando seu computador com um novo sistema operacional, que possui uma inteligência artificial (IA) que aprende e evolui baseado nas respostas que recebe, as intonações de voz, os suspiros e tudo mais.

Opinião do editor: Se Amizade Colorida foi o filme mais “picante” dessa lista, Ela (Her) é com certeza o mais diferente de todos. Uma situação que pode ser constrangedora para o telespectador, coloca a máquina não como ameaça, mas uma futura parceira, já que ela te entende de todas as maneiras. E não teria pessoa melhor para ter sua voz como a IA do que Scarlett Johansson.

1 – 10 Coisas que eu Odeio em Você

Uma das melhores atuações de Heath Ledger – assim como o Coringa -, mostra o “bad boy” sendo pago por outro aluno para conquistar a irmã mais velha de seu interesse amoroso.

Patrick Verona (Heath) precisa então conquistar Kat Stratford (Julia Styles), mas o que fazer quando ele se apaixona e ela descobre a história original? O filme que muitos devem ter assistido, é sempre uma ótima opção para os apaixonados.

PS: Diferentemente dos outros filmes, que foi mostrado o trailer, desta vez, escolhi uma das melhores cenas do longa-metragem.

Por: Felipe André