13/mar/2018 15h03

Servidores da Educação recebem capacitação para aplicar recurso federal

Encontro esclarece o Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação.
PDDE - 13/mar/2018 15h03

A Secretaria Municipal de Educação e Esporte (SME) abriu, na manhã desta terça-feira (13/3), a Capacitação do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE). O evento aconteceu na Área I da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-Goiás).

Cerca de 70 municípios de Goiás participam do Encontro, que em dois dias abordará temas relacionados ao recurso federal disponibilizado anualmente às instituições educacionais de todo país.

Técnicos e secretários de Educação dos municípios recebem informações dos representantes do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), além de participar de oficina que explica sobre atualização cadastral para receber o recurso.

O secretário municipal de Educação e Esporte de Goiânia e presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação, em Goiás (Undime/Goiás), Marcelo Costa, falou da importância do Encontro.

“Essa capacitação é fundamental para os gestores terem formação técnica e utilizarem os recursos de forma adequada, aprimorando o exercício da cidadania e democracia no ambiente escolar. Assim, podemos usar essa ferramenta poderosa, que é o PDDE, para melhorar o ensino público no país”, ressaltou.

De acordo com David Lustosa, especialista em financiamento e execução de Programas do FNDE, a capacitação deve ser multiplicada em cada secretaria.

“O PDDE é um programa de Estado e existe desde 1995. De forma a fazer com que os recursos da União cheguem na escola, todos que aqui participam devem levar para os seus municípios as informações e o material”, explicou.

Goiânia

Na Capital, 310 unidades de Educação Infantil e escolas recebem o PDDE. Toda verba recebida pelas instituições passam pelos Conselhos Escolares. A SME colocou os apoios da Gerência de Controle e Prestação de Contas à disposição para ajudarem na atualização cadastral.

Fonte: Prefeitura de Goiânia