09/mar/2018 10h03

Rally dos Sertões 2018 é lançado em Goiânia

Será a 16ª vez que a largada do Rally dos Sertões ocorre em Goiânia.
de 18 a 25 de agosto - 09/mar/2018 10h03

A 26ª edição do Rally dos Sertões foi lançada oficialmente nesta quinta-feira (8/3), no Palácio Pedro Ludovico, com a presença do governador Marconi Perillo.

Na oportunidade, Marcos Moraes, diretor-geral de uma das mais importantes provas off-road do mundo, falou sobre as características da edição de 2018, das novidades e da tradicional parceria com o Governo de Goiás.

Será a 16ª vez que a largada do Sertões ocorre em Goiânia.

Neste ano, a competição será realizada de 18 a 25 de agosto. A prova parte da capital goiana, com chegada em Fortaleza (CE).

Serão sete etapas, com passagem pelo Distrito Federal e estados da Bahia, Tocantins e Piauí, além de Goiás e Ceará.

Os melhores pilotos e navegadores do país percorrerão cerca de 3.500 quilômetros, sendo 2.130 quilômetros cronometrados.

No roteiro, muitas belezas naturais, mas que vão exigir alto nível técnico dos atletas e resistência das máquinas, que disputam nas categorias Carros (cross country e regularidade), Motos (que tem a novidade da categoria Self), Quadriciclos e UTVs.

Terá um pouco de tudo: serras, areias pesadas, e a pura caatinga. “Passaremos por estados fantásticos, num roteiro com características originais do Rally dos Sertões e grandes desafios pela frente”, afirma Marcos Moraes.

O Rally dos Sertões movimenta as cidades por onde passa. A megaestrutura da prova possui 1.700 pessoas diretamente envolvidas, entre competidores, equipes de apoio, imprensa e organização.

“No movimento de uma cidade para outra, geralmente pequenas, o Sertões provoca um aumento significativo no giro da economia local, como o consumo de produtos e serviços, hotelaria, restaurantes, autopeças, combustíveis. Isso ajuda toda uma cadeia produtiva e a população local naquele período”, discorre o diretor-geral da competição.

NOVIDADES

Entre as novidades da 26ª edição do Rally dos Sertões está a Categoria ‘Self’, para motos, que deve atrair mais competidores para a prova.

Nessa modalidade, o piloto irá sem equipe de apoio (o que reduz custos viagens, alimentação, passagens de avião, inscrição e hospedagem). Ao fim do dia, o próprio piloto terá de fazer a manutenção da moto.

Outra novidade para o Rally dos Sertões 2018 é a criação da Africa Twin Expedition Sertões, para clientes da moto Africa Twin, da Honda, de 1000 cilindradas.

Os participantes vão percorrer estradas paralelas à competição e poderão parar e assistir a passagem dos veículos. Sem contar que a Expedição vai priorizar visitas a atrações turísticas, como cachoeiras, por exemplo.

Rally dos Sertões tem patrocínio de Mitsubishi e Divino Fogão. Supervisão da CBM (Confederação Brasileira de Motociclismo) e CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo).

Fonte: Assessoria de Imprensa