07/mar/2018 18h03

Após operações da PF, 15 brasileiros saem da lista de bilionários da Forbes

Marcelo Odebrecht e José Batista Sobrinho, da JBS, estão fora da lista.
pessoas mais ricas do mundo - 07/mar/2018 18h03

A Revista Forbes divulgou nesta terça-feira (6/3) a versão 2018 do ranking mundial das pessoas mais ricas do mundo. Quinze brasileiros que tiveram envolvimento nas operações da Polícia Federal deixaram a lista.

As pessoas ligadas a empreiteiras investigadas pela Lava Jato ou empresas envolvidas em outras operações, como a JBS, são ausências notáveis na lista.

O ocupante do 8º lugar em 2014 era Marcelo Odebrecht, que ficou preso por dois anos e meio pelo envolvimento da construtora Odebrecht nas investigações.

Em 2014, tinha seu patrimônio avaliado em 5,98 bilhões de dólares (R$ 14 bilhões). Hoje, está fora da lista com mais de 1 bilhão dólares.

Em 9º, estava José Batista Sobrinho e sua família, da JBS, com 5,09 bilhões de dólares (R$ 11,92 bilhões).

O empresário voltou ao comando da empresa que fundou após dois de seus filhos à frente do negócio – Joesley e Wesley Batista – serem presos. Agora, os Batista não aparecem mais no ranking.

Apenas duas pessoas que sofreram investigação permanecem na lista nos dois períodos: Walter Faria, dono da Itaipava e André Esteves, do BTG Pactual.

Walter Faria se manteve no 11º lugar e teve seu patrimônio reduzido em 1 bilhão de dólares (R$3,2 bilhões), o empresário tem agora 3,2 bilhões de dólares (10,3 bilhões de reais).

André Esteves que chegou a ser preso em meio à Lava Jato, passou do 12º para o 22º posto. Antes, tinha 4,08 bilhões de dólares (9.55 billhões de reais), e agora soma 2,4 bilhões de dólares (R$ 7,7 bilhões), segundo a Forbes.

Fonte: Veja