13/jan/2018 13h01

Programa Meninas de Luz oferece vagas para jovens grávidas em Goiânia

Além do apoio psicológico, projeto assegura às futuras mamães direitos fundamentais e perspectiva de inclusão social.
MAMÃES - 13/jan/2018 13h01

O Programa Meninas de Luz, desenvolvido pelo Centro Social Dona Gercina Borges, unidade da Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), oferece vagas nos períodos matutino e vespertino para o atendimento gratuito de gestantes. Atividades atendem adolescentes e jovens de até 21 anos.

Para participar basta apresentar os documentos pessoais (Carteira de Identidade e CPF), Cartão da Gestante ou exame de ultrassonografia, comprovante de endereço e uma foto 3×4.

As inscrições podem ser feitas de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, no Centro Social Dona Gercina Borges, que fica na Rua Benjamim Constant, nº 239, Setor Campinas, em Goiânia.

O Meninas de Luz oferece atendimento biopsicossocial inclusive às vítimas de violência ou exploração sexual e assegura às futuras mamães, direitos fundamentais e uma perspectiva de inclusão social.

Uma equipe multidisciplinar trabalha temas relacionados a educação sexual, saúde, cuidados com o bebê, planejamento familiar e direitos do cidadão, além de atendimento odontológico. Antes do parto, as gestantes ganham um kit de enxoval para bebê.

As jovens participam de passeios, ensaios fotográficos e oficinas de beleza, atividades que contribuem para elevar a autoestima das futuras mamães.

O programa oferece aulas de artesanato, como forma de aumentar a renda familiar e desenvolver a criatividade.

Após o nascimento da criança, a jovem mãe continua recebendo orientação e apoio por um ano.

O Centro Social Dona Gercina Borges desenvolve ainda o projeto Cantinho da Leitura. A iniciativa tem o objetivo de despertar nas adolescentes e jovens mamães o interesse pela leitura. O espaço conta com cerca de 500 livros literários.

Outro trabalho desenvolvido é o projeto Família Fortalecida. Uma vez ao mês, em reuniões previamente agendadas, assistentes sociais orientam as famílias das gestantes e discutem com elas temas diversos, entre os quais: drogas e alcoolismo, planejamento familiar, economia doméstica, educação sexual e importância do apoio familiar no dia a dia.

Fonte: Assessoria de Comunicação da OVG