14/maio/2018 16h05

Polícia goiana prende piloto envolvido na morte de líderes do PCC em Caldas Novas

O preso segue de Caldas Novas a Goiânia, onde será apresentado logo mais.
caldas novas - 14/maio/2018 16h05

A Polícia Civil prendeu na manhã desta segunda-feira (14/5), na cidade de Caldas Novas, o piloto do helicóptero que teria sido usado na morte de dois líderes da facção criminosa paulista, Primeiro Comando da Capital (PCC).

Rogério Jeremias de Simone, conhecido como Gegê do Mangue e Fabiano Alves de Sousa, o Paca, foram assassinados na madrugada do dia 16 de fevereiro, na reserva indígena de Aquiraz, localizada a 30 quilômetros de Fortaleza, no Ceará.

De acordo com as investigações do crime, moradores da região escutaram o barulho do helicóptero e, em seguida, ouviram disparos de arma de fogo. No dia 1.º de março, a polícia paulista encontrou o helicóptero que teria sido usado.

Em nota, o Departamento Estadual de Investigações Criminais de São Paulo (DEIC-SP) disse que o helicóptero pertence a Felipe Ramos Moraes. Ele seria o responsável por pilotar a aeronave com Gegê e Paca no dia em que foram mortos. Mas a polícia goiana não confirmou se teria sido ele o capturado, com documentos falsos.

Em breve, Dia Online transmite entrevista coletiva com policiais e com o preso.

Por: Jefferson Santos