11/maio/2018 18h05

Por disputa de tráfico, suspeito de matar trio é preso em Goiânia

Jovem foi detido em sua casa, em Aparecida de Goiânia com 61 celulares de origem irregular.
Polícia civil - 11/maio/2018 18h05

Suspeito de matar três rapazes no Morro da Serrinha, em Goiânia, Jhyeesson Pires Figueiredo, de 22 anos foi preso pela Polícia Civil na quarta-feira (9/5). O jovem que atuou com dois comparsas – que seguem foragidos – atuaram, segundo relatos, com muita violência e efetuaram diversos disparos. Segundo a investigação, um interno do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital teria ordenado os assassinatos, o motivo seria uma disputa por ponto de venda de drogas.

“Eles filmaram a execução, eles mandaram ajoelhar, falar que iam morrer porque integram outra facção. Vestígios apontam que foram aproximadamente 50 tiros”, disse o delegado Paulo Ribeiro, responsável pelo caso.

O suspeito negou o envolvimento no caso.

“Não tenho nada a ver com isso não. O que está acontecendo comigo é uma injustiça. Quero que puxem as câmeras, nem passei lá”, alegou Jhyeesson.

As vítimas foram identificadas como Pedro Henrique Lopes Borges, 27 anos, Eduardo Justino, 17, e Natan Dias dos Santos, 33. O crime aconteceu no dia 7 de março deste ano. Segundo o delegado, o crime poderia ter sido ainda maior, já que um casal conseguiu fugir.

“Cada um [dos suspeitos] portava uma arma, todos efetuaram disparos. Duas pessoas se fingiram de mortas e conseguiram pedir ajuda. O Eduardo e Pedro Henrique eram traficantes da região, as demais estavam no lugar errado, na hora errada”, contou o delegado.

Segundo o delegado, quem ordenou o assassinato, é um detento da ala C, entretanto, ainda não foi identificado. O jovem foi detido na casa do pai dele, no Setor American Park, em Aparecida de Goiânia, onde havia armas, eletrônicos, remédios e 61 celulares de origem irregular – a polícia investiga se são roubados ou receptados.

Por: Felipe André