09/maio/2018 14h05

Torcida Organizada do Goiás é punida e não pode entrar em estádio

Punição aconteceu após as confusões da torcida com os policias na partida contra o Vila Nova.
punição - 09/maio/2018 14h05

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), anunciou por meio de seu site oficial, uma punição para a torcida organizada do Goiás Esporte Clube, a Força Jovem. Após as confusões na partida contra o Vila Nova, no último sábado (5/5) no Estádio Serra Dourada. Apesar de estar com torcida única, a Força Jovem entrou em conflito com os policiais que foram designados para o clássico. Imagens mostraram um torcedor com a camisa do Goiás armado, enquanto na súmula o árbitro informou a necessidade de paralisação da partida e o arremesso de três pedras no campo de jogo.

A punição foi deferida pelo Presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Futebol, Ronaldo Botelho Piacente, que deferiu a liminar que foi solicitada pela Procuradoria da Justiça Desportiva, onde pedia o afastamento das torcidas organizadas, do Goiás, de todas as competições organizadas pela CBF. Além dos torcedores, o clube esmeraldino irá perder o direito de 10% dos ingressos em partidas fora de casa. Tal medida permanece em vigor até julgamento do processo no STJD do Futebol.

Com acesso as informações a Procuradoria da Justiça Desportiva ofereceu denúncia contra o Goiás por infração aos artigos 211 e 213 do CBJD, com pedido de liminar em Medida Inominada. A Procuradoria destacou que nem a decisão de deixar o clássico com torcida única, foi o suficiente para evitar violência na arquibancada.

Ronaldo Piacente deferiu liminar para determinar:

a) Afastamento de todas as torcidas organizadas do Goiás E.C; em todos os jogos que o clube participar como mandante e visitante, até decisão da Comissão Disciplinar deste STJD;

b) Quando o Goiás E.C for mandante, o setor destinado às torcidas organizadas deverão ficar “vazios”, sem qualquer objetos que façam menção ao clube ou torcidas organizada nesse espaço(Exemplo: Faixas, bandeiras, adereços, etc)

c) Fica proibido em todos os setores do estádio, como mandante ou visitante, qualquer referência às torcidas organizadas, como bandeiras, faixas, cartazes, adereços, camisas, camisetas, shorts, boné, instrumentos musicais e quaisquer outros objetos ou vestimentas fazendo alusão às torcidas organizadas;d) Quando o Goiás E.C for  visitante, fica vedada a venda e/ou repasse da carga de ingressos que tem direito; podendo o clube mandante utilizar do espaço para sua torcida;

O processo deve entrar em pauta para julgamento já na próxima semana.

Por: Felipe André