12/abr/2018 14h04

Goiás empata com Avaí na Copa do Brasil

A primeira partida entre os clubes pela quarta fase da Copa do Brasil terminou em 2 a 2.
Copa do Brasil - 12/abr/2018 14h04

O Goiás quase conseguiu um resultado ainda melhor contra o Avaí na noite desta quarta-feira (11/4), no Estádio da Ressacada, em Florianópolis. A primeira partida entre os clubes pela quarta fase da Copa do Brasil terminou em 2 a 2. Breno e Viçosa marcaram para o clube goiano, enquanto Rômulo e Rodrigão balançaram as redes pelo Avaí.

O clube catarinense começou pressionando o Goiás e logo no início teve um gol anulado de Rômulo e pouco depois acertou a trave do goleiro Marcelo Rangel. O Goiás até levou perigo com uma finalização de Carlos Eduardo.

A segunda etapa foi bem movimentada. O Avaí estava melhor na partida, mas quem abriu o placar foram os visitantes. Breno recebeu dentro da grande área de Rafinha e bateu forte, Aranha não conseguiu fazer a defesa e buscou a bola no fundo da rede.

O clube goiano recuou e viu o Avaí partir avançar com o apoio da torcida. Aos 42 minutos, os donos da casa conseguiram o empate. Após bate e rebate na área, Rômulo fintou o marcador e bateu firme para deixar tudo igual.

No lance seguinte, a torcida do Avaí ainda comemorava, quando após cruzamento da direita, a bola sobrou para Viçosa pegar de primeira e colocar o Goiás na frente novamente. A torcida na Ressacada estava deixando o estádio, quando aos 48 minutos, após cruzamento, Marcelo Rangel saiu mal do gol, Maurinho cruzou e Rodrigão livre, de cabeça empatou a partida.

Os times voltam a se enfrentar no dia 18 de abril, próxima quarta-feira, às 19h30, no Serra Dourada. Quem vencer a partida irá avançar para as oitavas de final, em caso de novo empate, a vaga será definida nos pênaltis.

FICHA TÉCNICA

Avaí: Aranha; Guga, Fagner Alemão, Betão e João Paulo; Judson, Renato (Maurinho) Luan e André Moritz (Marquinhos); Romulo e Beltrán (Rodrigão). Técnico: Claudinei Oliveira

Goiás: Marcelo Rangel; Caíque Sá, David Duarte, Eduardo Brock e Breno; João Afonso, Pedro Bambu e Giovanni (Léo Sena); Carlos Eduardo (Michael), Maranhão (Rafinha) e Junior Viçosa. Técnico: Hélio dos Anjos

Por: Felipe André