11/abr/2018 14h04

Wesley Matos explica curta passagem na Ponte Preta ao ser apresentado juntamente com volantes

O jogador que já havia sido anunciado, foi apresentado nesta terça-feira (10/4) ao lado dos volantes Wellington Reis e Dener.
Reforços - 11/abr/2018 14h04

Um dos grandes nomes do último ano do Vila Nova, o zagueiro Wesley Matos, está de volta ao clube colorado. O jogador que já havia sido anunciado, foi apresentado nesta terça-feira (10/4) ao lado dos volantes Wellington Reis e Dener. Os três foram os primeiros dos dez reforços contratados para a disputa do Campeonato Brasileiro Série B.

O jogador deixou o Vila no início da temporada para acertar com a Ponte Preta, onde realizou apenas uma partida durante o Campeonato Paulista. O reforço colorado explicou os problemas de sua passagem no clube paulista e reiterou sua paixão pelo clube goiano.

“Tive uma proposta muito boa da Ponte, profissionalmente e financeiramente. Só que as coisas acabaram não acontecendo como eu imaginei. Foram os três meses mais complicados da minha carreira. Vi muitas coisas ruins no meio do futebol. Minha decisão de voltar não foi nem só para poder jogar. Queria um lugar em que minha família esteja feliz, onde eu esteja feliz. O Vila é um clube que eu passei a amar. O Vila não se explica, o Vila se ama. Minha família está feliz novamente”, explicou Wesley Matos.

O volante Wellington Reis tratou de elogiar o Campeonato Brasileiro Série B. O reforço ressaltou a dificuldade nesta temporada e não apontou um grande favorito para o acesso.

“Sabemos que a Série B é uma competição muito disputada. Neste ano vai ser mais ainda, pois não há um concorrente que seja apontado como o grande favorito a subir. Sei que o Vila vem forte. Estamos trabalhando muito para obter nossos objetivos”, reforçou o volante Wellington Reis.

O também volante, Dener de 22 anos, terá sua primeira passagem por um clube que não seja o Figueirense, onde foi revelado. O jogador falou que amadureceu e que irá buscar conquistar os objetivos do clube goiano.

“Apesar de ruim por eu estar inativo, esse período foi importante porque pude amadurecer muito. Sempre sofri muito com ansiedade e até acabei me prejudicando por querer voltar logo. Mas hoje, vestindo a camisa do Vila, estou muito mais maduro e pronto para ajudar o Vila Nova a conquistar os objetivos”, afirmou o meio-campista Dener.

Por: Felipe André