11/abr/2018 12h04

Idosos e profissionais da saúde começam a vacinar nesta sexta contra H1N1

Oito mortes já foram confirmadas no Estado de Goiás.
em Goiás - 11/abr/2018 12h04

O Estado de Goiás recebe hoje (11/4) as primeiras doses da vacina contra a gripe H1N1 e a campanha de vacinação tem início nesta sexta-feira (13/4), estendendo até o dia 1º de junho.

Os primeiros a receberem a vacina são os idosos (acima de 60 anos), trabalhadores da área da saúde (rede pública e particular), pessoas com doenças crônicas e ainda pessoas com duas ou mais doenças simultâneas, as chamadas comorbidades.

Goiânia ficará com a maior parte das vacinas, quase 140 mil doses. O restante das doses será distribuído pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) aos outros 245 municípios do Estado.

A campanha de vacinação foi antecipada em Goiás por conta de um surto de infecção causado pelo vírus H1N1.

A vacina enviada pelo Ministério da Saúde ao Estado de Goiás é a influenza trivalente 2018, utilizada em todo o país, que protege contra os vírus H1N1, H3N2 e influenza B.

Segundo a SES, tem doses suficientes para imunizar todos os grupos prioritários. A logística de distribuição foi feita pelo comitê de enfrentamento à influenza.

Veja abaixo o cronograma específico para os grupos prioritários:

– 13 de abril a 20 de maio: idosos, profissionais de saúde e pessoas com duas ou mais doenças simultâneas;

– 23 de abril a 27 de abril: gestantes, mulheres em resguardo (até 45 dias depois do parto) e crianças de até cinco anos;

– 30 de abril a 11 de maio: professores;

– 12 de maio (Dia D): todos os grupos prioritários;

– 14 de maio a 1º de junho: todos os grupos prioritários.

Os índios podem receber a dose durante todo o período da campanha no estado. Já os presos e funcionários do sistema prisional, receberão a vacina conforme agendamento de cada cidade.

Segundo o último boletim epidemiológico, divulgado pela SES, desde o início do ano até ontem (10/4), foram registrados 63 casos de influenza por H1N1, com oito mortes confirmadas.

Atenção aos principais sintomas:

Os sintomas da gripe H1N1, no início, são muito semelhantes aos de uma gripe comum, porém, bem mais acentuados. O paciente pode apresentar também sensação de garganta seca, rouquidão, pele quente e úmida e olhos lacrimejantes.

Por: Eurico Rocha