08/abr/2018 15h04

Lula terá direito a TV em sala onde está preso e poderá ver jogo do Corinthians

O ex-presidente ficará detido em uma sala com cama, banheiro e uma mesa, no quarto andar da Superintendência da da PF em Curitiba.
prisão de lula - 08/abr/2018 15h04

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) terá direito a uma TV na sala onde cumpre pena na Polícia Federal em Curitiba.

Ele chegou ao local no fim da noite deste sábado (7/4).

Corintiano assumido, Lula poderá assistir ao jogo entre Corinthians e Palmeiras válido pela final do Campeonato Paulista. A partida será transmitida pela Globo no Paraná às 16h deste domingo (8/4).

Para levar o título, o time do petista precisa ganhar o jogo por uma diferença de dois gols ou mais. Uma vitória por apenas um gol de diferença leva a decisão para os pênaltis.

Sala especial

Lula não ficará preso na carceragem onde ficam outros condenados na Operação Lava Jato, nem em uma cela convencional. O ex-presidente ficará detido em uma sala com cama, banheiro e uma mesa, no quarto andar da Superintendência da da PF em Curitiba.

A chamada sala especial, na qual o ex-presidente ficará detido é um direito previsto na legislação brasileira.

O direito à cela especial para certas categorias foi considerado Constitucional pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em 2006. Esse local deve oferecer instalações e comodidades adequadas.

No mandado de prisão expedido por Moro, ficou determinado que “em razão da dignidade do cargo ocupado”, foi preparada uma sala reservada, “espécie de Sala de Estado Maior”, na qual Lula ficará separado dos demais presos.

A sala é um dormitório que hospedava profissionais da PF de outras regiões que estavam de passagem pela regional de Curitiba.

O espaço foi reformado. O chuveiro foi trocado e a cama beliche, substituída por uma de solteiro. A janela dá vista para a parte interna do prédio, localizado no bairro Santa Cândida, ao norte da capital paranaense.

O espaço de 15m² segundo a avaliação de funcionários da PF, é rústico, mas digno.

A cela fica distante da carceragem da PF em Curitiba. No quarto  e último andar do prédio,  é isolado das demais celas – onde estão presos o ex-ministro Antônio Palocci e o ex-presidente da OAS Léo Pinheiro.

Primeiro Dia

A primeira noite de Lula na cadeia, segundo informações, foi mal dormida. Quando amanheceu, o ex-presidente teve um discreto desjejum na cela da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba: café preto e pão com manteiga.

O café da manhã para os presos da Lava-Jato que estão sob custódia da PF foi servido às 7h45. O almoço chegou às 11h: arroz, feijão, macarrão, um pedaço de carne e salada. À tarde, o ex-presidente poderá assistir TV. A expectativa é que possa assistir ao jogo do seu time, o Corinthians, que disputa a final do Campeonato Paulista contra o rival Palmeiras.

Apoiadores do ex-presidente dormiram perto do local. Na noite de ontem, houve confrontos entre a polícia e os manifestantes. O esquema de segurança na região foi reforçado na manhã deste domingo (8/4) com cordões de isolamento e bloqueios em algumas ruas próximas ao prédio da Polícia Federal.

A Polícia Militar bloqueou um quarteirão ao redor do prédio para evitar tumultos.

Rotina

Apesar de a cela preparada para Lula estar fisicamente isolada da carceragem, o tratamento em relação aos demais presos deve ser o mesmo dado aos demais presos da carceragem: café com leite e pão com manteiga pela manhã e quentinhas no almoço e na janta, com direito a alimentos especiais levados pela família uma vez por semana, dentro de uma lista pré-estabelecida pela polícia.

Nesse primeiro momento, o petista também não poderá receber visitas, com exceção de seus advogados.

Na PF, Lula terá um horário reservado para o banho de sol, com cerca de duas horas diárias.

*Com informações do Globo, Exame e Uol

Fonte: Dia Online