28/mar/2018 07h03

Semana Santa: veja as condições das principais rodovias de Goiás

A PRF informa como está a situação das principais rodovias de Goiás para quem vai pegar a estrada no feriado. O alerta é para que os motoristas obedeçam as sinalizações e os limites de velocidade para uma viagem tranquila.
semana santa - 28/mar/2018 07h03

Raio-x das Rodovias 

  • BR 153 (região norte do estado) – Rodovia em más condições de conservação, com ondulações e buracos no asfalto. Em alguns pontos as placas de sinalização estão encobertas pela vegetação. A rodovia é de pista simples, sinuosa, com intenso tráfego de veículos de carga e poucos pontos favoráveis à ultrapassagem, cenário que propicia acidentes graves. Os motoristas devem ter paciência e bastante cautela ao trafegar por essa rodovia. Ultrapassar somente quando tiver plenas condições de segurança, manter uma distância segura do veículo que segue à frente e não exceder os limites de velocidade é fundamental para se fazer uma viagem tranquila.
  • BR 153 (sentido sul do estado) Rodovia em boas condições de tráfego, mas os motoristas devem ficar atentos aos pontos de possível alagamento, ou aumento da lâmina d’água em caso de chuva. Deverá ocorrer intenso tráfego de motocicletas na rodovia devido ao encontro de motociclistas que será realizado em Morrinhos.
  • BR 414 – Rodovia de pista simples, de traçado sinuoso, com acostamento estreito. Apesar de estar bem conservada, requer bastante cuidado dos condutores especialmente nas ultrapassagens.
  • BR 060 (entre Brasília e Goiânia) – Rodovia duplicada, em boas condições e bem sinalizada o que propicia excesso de velocidade e acidentes do tipo saídas de pista seguidas de capotamentos. Atenção à velocidade máxima permitida.
  • BR 060 (região sudoeste do estado) – Rodovia duplicada, em boas condições e bem sinalizada o que propicia excesso de velocidade e acidentes do tipo saídas de pista seguidas de capotamentos. O condutor deve ter atenção especial para o risco de aquaplanagens em caso de chuva e redobrar os cuidados ao se aproximarem dos municípios de Rio Verde, Jataí e Mineiros, onde há confluência de vias, com entradas e saídas de veículos.
  • BR 452 – Pista simples, em mau estado de conservação do pavimento em alguns pontos, com tráfego intenso de veículos de carga. É um trecho onde a PRF flagra recorrentes desrespeitos às restrições de circulação, velocidades excedentes e ultrapassagens irregulares.
  • BR 070 (entre Itapirapuã e Aragarças) e BR 158 – Rodovias com sinalização precária, em mau estado de conservação, com alguns buracos e defeitos no pavimento. Os principais tipos de acidentes registrados no trecho são as colisões frontais e capotamentos de caminhões. Motoristas devem dirigir descansados e com cautela.
  • BR 050 – Rodovia em bom estado de conservação e sinalização. Atenção especial os motoristas devem ter com as obras de conservação e duplicação no trecho próximo à cidade de Campo Alegre de Goiás.A pista é simples, o traçado é sinuoso.
Fonte: PRF