12/fev/2018 17h02

Após uma partida, treinador e diretor deixam Rio Verde

A situação não está nada fácil no Verdão do Sudoeste.

rio verde - 12/fev/2018 17h02

Após a demissão de Jorge Luiz, o Rio Verde anunciou a chegada de Junior Pezão para comandar o Verdão do Sudoeste no restante do Campeonato Goiano. Entretanto, o treinador só ficou em uma rodada. Após perder para o Anápolis por 2 a 0, dentro de casa, Pezão pediu demissão.

Não bastava a troca de treinador, o diretor de futebol, Reino Alves, que esteve no cargo ao longo dos últimos anos, também entregou o cargo.

Gustavo Ferreira, que já estava trabalhando no clube, será o novo treinador, ao menos interinamente. Para piorar a situação, o elenco não treinou na manhã desta segunda-feira.

Segundo informações do Blog do Lindenberg, o presidente Wolney pediu aos jogadores uma semana para quitar os salários atrasados.

Além dos jogadores, o clube também está devendo o hotel em que eles estão hospedados e o restaurante.

Wolney revelou que tem uma reunião marcada com os representantes do hotel e do restaurante, para negociar as dividas.

Entretanto, Reino Alves concedeu entrevista e disse que o presidente não irá pagar os jogadores que estão com os salários atrasados.

Vale ressaltar que não são todos, apenas os que estão tendo seus salários pagos pelo clube. Já que a empresa Santana Sports bancou o salário de alguns jogadores.

“Infelizmente, o presidente já falou que não vai pagar. Perdeu o controle da situação. Não entendo, pois a folha salarial é baixa. Os atletas que recebem pela empresa não estão com salário atrasado, mas eles estão solidários aos demais e também vão fazer greve”, afirmou o ex diretor Reino Alves

Por: Felipe André