10/fev/2018 08h02

Goiânia ganha parque especial para pets

Animais de estimação estão presentes em pelo menos 52,1% dos lares goianos.

Pet Place - 10/fev/2018 08h02

Em Goiânia, a população de cães e gatos é estimada em 270 mil pelo Centro de Zoonoses. Só os cachorros representam 200 mil, os felinos somam mais 30 mil e os animais de rua são mais 40 mil. O cão é o predileto dos goianos, estando presente em 52,1% dos domicílios do Estado de acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) de 2013 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Já os felinos aparecem, diz a pesquisa, em 12,5% dos domicílios. Outro levantamento do IBGE, este de 2010, contabilizou que cerca de 1,9 milhão de residências brasileiras tinham algum animal à época do levantamento.

Tantos animais são um desafio para os donos que, mesmo diante da rotina acelerada, precisam dedicar tempo para distrair os bichos de estimação. Embora Goiânia seja rica em praças e parques – são 191 parques segundo a Prefeitura – a grande maioria não conta com os chamados pets places que são espaços devidamente equipados para a ideal interação entre animais domésticos e humanos. Para ajudar nessa convivência harmônica com nossos amigos de quatro patas, uma incorporadora em Goiânia, resolveu ceder um de seus terrenos, uma área de 1.900 m², para abrigar um pet place.

O local conta com uma rampa, obstáculos em zig zag, tambor que simula um túnel, entre outros itens, para que os pets brinquem e se exercitem.

O parque de luxo para os animais de estimação foi instalado em um terreno da construtora, localizado na Avenida Portugal, lote 46, Setor Marista. “Lá era um terreno que era cercado por grades e ninguém tinha acesso. Então, esta é mais uma forma de proporcionar recreação para quem mora lá perto”, argumenta a engenheira da Brasal Incorporações, Elisa Leles. Além de servir para recreação, o local, que é aberto à toda a vizinhança, pode ser utilizado para treinamento e adestramento de animais.

O espaço vai ficar à disposição dos moradores por aproximadamente mais dois anos. Futuramente ele vai abrigar outro empreendimento da empresa, mas por enquanto a ideia  é incrementar ainda mais o local. “Lá vai ter um espaço para criança, um parquinho, um pergolado para descanso à sombra ou pique nique.

A dona de casa Solange Dias, 50 anos, leva seus três cachorros para passear diariamente no pet place da Brasal. Para ela, apesar de ser um pouco mais longe do que o local em que estava habituada a ir antes, ainda vale a pena, pois, segundo ela, o local é bem equipado e tem mais segurança. “Levo eles de carro. É bacana porque, além de ter mais segurança para mim e para eles, tem estacionamento, o que facilita bastante”, ressalta. Para ela, deixá-los no apartamento o tempo todo é muito complicado, ainda mais sendo três animais. “Eles precisam sair, gastar um pouco de energia , depois voltamos todos felizes para casa”, ressalta.

Por: Flavia Moreno