09/fev/2018 11h02

Ministra do STF participa de maior entrega de armas já registradas no Brasil

Foram enviadas 25.039 armas para destruição.
Goiás - 09/fev/2018 11h02
  • A ministra Cármen Lúcia chegou a sede do Comando de Operações Especiais do Exército, Jardim Guanabara, por volta das 10h40 desta sexta-feira, para participar da maior entrega de armas já registrada no Brasil.

Ela foi recebida pela equipe do exército, General da Brigada de Operações Especiais, o governador Marconi Perillo e desembargador do Tribunal de Justiça Gilberto Marques Filho.

Foram enviadas 25.039 armas para destruição. De acordo com o coronel Wellington de Urzeda Mota, assessor militar do TJGO, esse número equivale a cerca de 96% do acervo de armas do TJGO. As que não foram enviadas para destruição, são armas que ainda estão ligadas a processos ativos. Além delas, durante a catalogação do armamento, a Assessoria Militar selecionou parte dos revólveres, pistolas e semelhantes, levando em consideração sua funcionalidade e estado de conservação, para doação à Polícia Civil, Militar e Guarda Municipal.

Até julho de 2017, o TJGO enviava 500 armas mensalmente para destruição no Exército. Nesta última operação, Wellington de Urzeda ressaltou o esforço e comprometimento da Polícia Militar para catalogar e entregar o armamento. No Exército, as armas serão inutilizadas por um rolo compressor e, em seguida, os rejeitos gerados serão separados para derretimento em uma siderúrgica.

Por: Flavia Moreno