08/fev/2018 14h02

Depois de furto, 560 vacinas contra febre amarela deixaram de ser aplicadas em São Paulo

Secretaria de Saúde informou que a segurança foi reforçada nos locais onde os insumos são armazenados.

furto - 08/fev/2018 14h02

Cerca de 56 frascos da vacina contra febre amarela  e 50 frascos de diluentes foram furtados de duas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) de São Paulo, com isso, mais de 500 doses deixaram de ser aplicadas.

O crime aconteceu entre os dias 29 e 31 de janeiro. Embora o furto tenha acontecido no mês passado, ele foi publicado no Diário Oficial do Município nesta quarta-feira (7/2).

Informações iniciais apontam que as caixas com os frascos estavam em lugares públicos. A Polícia Civil está investigando o caso e os funcionários das unidades já foram ouvidos. Diligências serão feitas para identificar e prender os responsáveis pelo furto.

Em nota a secretaria de saúde informou que “cabe aos órgãos de segurança pública a investigação dos furtos e a identificação dos responsáveis. As unidades estão à disposição para prestar esclarecimentos necessários e colaborar nas investigações. Diante do ocorrido, a segurança foi reforçada nos locais onde os insumos são armazenados”.

Fonte: G1