05/fev/2018 18h02

Jovem morre eletrocutado depois de encostar em poste com câmeras em São Paulo

Folião chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

descarga elétrica - 05/fev/2018 18h02

O estudante Lucas Antônio Lacerda da Silva, de 22 anos, morreu eletrocutado após encostar em um poste com câmeras para monitoramento de público instalado na esquina da Rua da Consolação, no Centro de São Paulo.

O acidente ocorreu durante a passagem do bloco de rua Acadêmicos do Baixo Augusta.

Logo após o contato com o equipamento, o jovem sofreu uma descarga elétrica e desmaiou. Ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.

A empresa Dream Factory, Responsável pela infraestrutura do carnaval de rua de SP, lamenta o ocorrido com o estudante e reforça que somente após a perícia será confirmada a causa da morte pelos órgãos competentes. A empresa afirma que está à disposição para colaborar com as investigações.

No poste em que o jovem foi eletrocutado foram instaladas duas câmeras para monitoramento de público pela empresa GWA System a pedido da Dream Factory.

A Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) informa que está colaborando com a investigação da Polícia Civil e aguarda a conclusão da perícia sobre as causas do acidente.

A CET esclarece que as câmeras instaladas no poste semafórico não pertencem à companhia.

Procurado, Departamento de Iluminação Pública da Prefeitura (Ilume) ainda não se pronunciou sobre o assunto.

Fonte: Estadão Conteúdo