22/jan/2018 10h01

Risco de conjuntivite é maior no Verão

Verão é a estação onde, além de sol e calor, aumenta também a incidência de conjuntivite.

Olhos - 22/jan/2018 10h01

Um dos principais destinos dos brasilienses e goianos nas férias – Caldas Novas – está sofrendo com um surto de conjuntivite desde o início do mês. De acordo com a Vigilância Epidemiológica, 60% dos pacientes que procuram a Unidade de Atendimento (UPA) da cidade estão com suspeita da doença. Ainda de acordo com a Vigilância, nesta temporada de férias, o número de casos foi cerca de 30% maior que o do ano passado, com cerca de 50 casos da doença por dia.

Como surto de conjuntivite, os hotéis da região foram notificados pelo governo municipal para o reforço da higiene, como trocas mais frequentes de roupas de cama. Os estabelecimentos também devem disponibilizar álcool em gel.

DOENÇA

A conjuntivite é a inflamação da conjuntiva, uma membrana que reveste os olhos e as pálpebras, cujo principal sintoma é a vermelhidão intensa da porção branca dos olhos com muita secreção.

Geralmente, esta inflamação é causada por uma infecção por vírus ou bactérias e, por isso, pode ser facilmente transmitida para as pessoas que estão em redor, especialmente se existir contato direto com as secreções da pessoa contaminada ou com seus objetos contaminados.

Assim, existem alguns conselhos simples que podem reduzir o risco de transmissão, assim como acelerar a recuperação. Confira na entrevista com o infectologista BoaVentura Braz:

Por: Flavia Moreno