19/jan/2018 09h01

Adiada para segunda-feira reunião que discutiria aumento da passagem em Goiânia

A reunião foi reagendada para às 16 horas da próxima segunda-feira (22/1), no Paço Municipal.
tarifa pode ir para R$ 4 - 19/jan/2018 09h01

A reunião que discutiria o possível aumento da tarifa do transporte coletivo de Goiânia e Região Metropolitana foi adiada.

O motivo do adiamento foi a morte de um ex-diretor da Companhia Metropolitana do Transporte Coletivo (CMTC).

A reunião foi reagendada para às 16 horas da próxima segunda-feira (22/1), no Paço Municipal.

O encontro de hoje seria na sede da CMTC, que fica na 1ª Avenida, no Setor Leste Universitário.

Participam da reunião, os 11 integrantes da Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo (CDTC).

Eles vão discutir o aumento da passagem do transporte coletivo, que hoje custa R$ 3,70 e pode ir para R$ 4,00.

O estudo elaborado pela CMTC está nas mãos de todos os integrantes da CDTC.

Fazem parte da CDTC:

— Prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha

— Prefeito de Goiânia, Iris Rezende

— Secretário de Estado de Meio Ambiente, Cidades, Infraestrutura e Assuntos Metropolitanos, Vilmar Rocha

— Prefeito de Senador Canedo, Divino Lemes, representante dos demais prefeitos da Região Metropolitana

— Deputado estadual Marlúcio Pereira, representante da Assembleia Legislativa

— Vereador Clécio Alves, representante da Câmara de Goiânia

— Presidente da Agência Goiana de Regulação, Ridoval Chiarelotto

— Secretário municipal de Planejamento e Habitação, Agenor Mariano

— Secretário municipal de Trânsito, Transportes e Mobilidade de Goiânia, Fernando Santana

— Presidente da CMTC, Fernando Meirelles

— Vereador por Trindade, Agneuson Alves, representante das Câmaras Municipais da Região Metropolitana

Por: Eurico Rocha