14/jan/2018 07h01

Morre, aos 66 anos, jornalista Isanulfo Cordeiro, em Goiânia

Ele lutava contra câncer na bexiga e intestino desde 2016.

LUTO - 14/jan/2018 07h01

Morreu na noite deste sábado (13/01), aos 66 anos, em Goiânia, o jornalista Isanulfo de Abreu Cordeiro. O secretário-chefe de Assuntos Internacionais do Governo de Goiás, lutava contra um câncer na bexiga desde 2016.

No ano passado, uma metástase acabou espalhando o tumor para o intestino. Desde então, o jornalista foi submetido a alguns tratamentos, inclusive quimioterapia, mas não resistiu.

Nascido em Campos Belos, no nordeste goiano, Isanulfo Cordeiro era formado em Comunicação Social e em Direito pela Universidade Federal de Goiás, e pós-graduado pelo IICS/Universidad de Navarra, na Espanha.

Já foi editor-executivo do jornal O Popular e também se dedicou durante muitos anos ao serviço público, como auxiliar do governador Marconi Perillo.

Foi chefe de Gabinete de Gestão de Imprensa do governador e, antes de morrer, ocupava o cargo de secretário-chefe de Assuntos Internacionais.

Em novembro do ano passado, o jornalista foi homenageado pela UFG com Medalha de Honra. A condecoração é destinada a ex-alunos da instituição que tenham se destacado por contribuições relevantes prestadas à sociedade. Por motivos de saúde, ele pode comparecer à cerimônia.

O velório de Isanulfo será no Cemitério Parque Memorial, a partir das 10 horas deste domingo (14/01), mesmo local onde ocorrerá o enterro, às 17 horas.

Fonte: A Redação