09/jan/2018 09h01

Saúde muda calendário de vacina contra varicela, meningite e febre amarela

A vacina contra a febre amarela deve ser aplicada somente uma vez na vida.

doenças imunopreviníveis - 09/jan/2018 09h01

Para garantir mais proteção à população contra as doenças imunopreviníveis, o Ministério da Saúde altera o Calendário Nacional de Vacinação.

As mudanças, que estão na Instrução Normativa 01 e referem-se às vacinas contra varicela, meningite C e febre amarela, são divulgadas pela Secretaria da Saúde de Goiás.

Até o ano passado, a vacina Tetra Viral – que protege contra sarampo, caxumba, rubéola e varicela – era aplicada somente aos 15 meses.

Agora, por meio da Instrução Normativa 01, o MS recomenda uma dose de reforço, a ser aplicada dos 4 aos 6 anos.

O documento também amplia a faixa etária para a vacina meningite C.

Até 2017, a imunização contra a doença era feita por meio de doses aplicadas aos 3 meses, 5 meses e 12 meses e reforço ou dose única para adolescentes de 12 e 13 anos.

O documento amplia o período deste reforço para a faixa etária dos 11 a 14 anos.

A instrução normativa também recomenda a vacinação contra a febre amarela para as pessoas de 9 meses a 59 anos de idade, que residem ou que viajem para áreas onde estão sendo notificados casos suspeitos da doença.

Para a população de Goiás não há alteração neste sentido. A vacina contra a febre amarela deve ser aplicada somente uma vez na vida.

Fonte: Goiás Agora