09/jan/2018 10h01

PT processa TV Globo, Huck e Faustão por abuso de poder econômico

Os líderes do PT na Câmara e no Senado alegam que Luciano Huck se beneficiou de participação no programa de Fausto Silva no último domingo (7/1) para exaltar de forma subliminar sua pré-candidatura.
processo - 09/jan/2018 10h01

O deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) e o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) entraram nesta segunda-feira (8/1), com uma representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) contra a TV Globo e os apresentadores da casa Fausto Silva e Luciano Huck por abuso dos meios de comunicação e de poder econômico.

Eles pedem à Corregedoria-Geral Eleitoral que seja declarada a caracterização de abuso de poder econômico e dos meios de comunicação com a aplicação das penalidades de inelegibilidade de Huck ou da cassação do possível registro de sua candidatura. Solicitam ainda pagamento de multa por parte dos três acusados.

Huck negou que seja candidato à Presidência em 2018 durante participação no programa Domingão do Faustão deste domingo (7/1).

Os parlamentares, no entanto, alegam que o apresentador se beneficiou durante o programa, exaltando de forma subliminar sua pré-candidatura, além de “demonizar” a atual política, os políticos que a representam e os pré-candidatos que já se apresentaram para a sociedade para o cargo presidencial.

Com informações da Band. 

Por: Juliana Nogueira