07/dez/2017 09h12

Veja dicas importantes de como aproveitar melhor o 13º salário

A segunda parte do abono deve ser paga aos trabalhadores até dia 20 de dezembro.

Procon Goiás - 07/dez/2017 09h12

No fim do ano, muitos trabalhadores fazem planos com o tão esperado 13º salário, cuja primeira parcela foi depositada dia 30 de novembro.

A segunda parte do abono deve ser paga aos trabalhadores até dia 20 de dezembro.

Segundo estimativa do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o pagamento vai injetar R$ 132,7 bilhões na economia brasileira.

Uma parcela dos consumidores aproveita esse dinheiro extra para fazer compras e quitar dívidas antecipadamente já que o comércio oferece descontos atrativos para que eles possam voltar a ter crédito.

O Procon Goiás dá dicas de como aproveitar bem o 13º salário, para não começar 2018 no vermelho.

  • Some todas as dívidas e assim priorize o pagamento desses débitos. Se possível, adiante prestações e só consuma depois de quitar dívidas e gastos fixos.
  • Fazer um planejamento financeiro é de extrema importância. Assim, evita-se descontrole nas finanças, podendo organizar melhor as festas de fim de ano e viagens de férias.
  • Priorize os gastos. Antes de planejar como gastar o 13º salário, reflita sobre a necessidade de alguns gastos. Trocar produtos ou serviços por outros mais em conta pode ser uma solução.
  • Sempre que possível, dê preferência para pagamentos à vista. Fazendo isso, você deixa de comprometer o orçamento futuro e assim, poderá economizar, pois algumas lojas e prestadores de serviços oferecem descontos para pagamentos à vista.
  • É bom lembrar que no 13º salário também há descontos como Imposto de Renda e INSS. Sendo assim, é preciso levar isso em consideração ao planejar gastos e não exceder o valor do salário.
  • Reserve dinheiro para eventualidades. Uma dica é guardar parte do 13º salário para criar um fundo de emergência para situações inesperadas.
  • Não se esqueça das despesas do início do próximo ano. Se as dívidas já foram quitadas ou se sobrou algum dinheiro, ele pode ser reservado para pagar despesas como IPTU, IPVA, matrículas, material escolar e outras despesas extras que possam surgir em janeiro.
  • Aproveite o dinheiro extra que irá entrar para renegociar dívidas. O Procon Goiás tem um departamento exclusivo de Renegociação de Dívidas, que fica na sede do órgão na Rua 8, nº 242, Edifício Torres, no Centro de Goiânia. O consumidor também poderá solicitar o cálculo no Procon Virtual disponível no site: www.webprocon.com.br/goiás, anexando a documentação exigida.

 

 

Fonte: Procon Goiás