28/nov/2017 14h11

Antônio Carlos Rodrigues, ex-ministro dos Transportes está foragido

A polícia ainda não conseguiu localiza-lo.

Operação Chequinho - 28/nov/2017 14h11

Antônio Carlos Rodrigues ex-presidente nacional do Partido da República (PR) e ex-ministro dos Transportes está foragido há uma semana.

A Polícia Federal não conseguiu localizar o presidente desde a última quarta (22/11), dia em que os dois ex-governadores foram presos.

Ele foi alvo de um mandado de prisão pela Justiça Eleitoral de Campos dos Goytacazes (RJ) na Operação Chequinho.

A mesma investigação resultou na prisão dos ex-governadores do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho e Rosinha Garotinho, ambos do PR.

O ex-ministro dos Transportes é acusado pelo Ministério Público Estadual do Rio de ter negociado com Garotinho e com o frigorífico JBS a doação de dinheiro oriundo de propina para a campanha do ex-governador ao governo do Rio, em 2014.

Rodrigues é suspeito de corrupção, extorsão, participação em organização criminosa e falsidade ideológica na prestação de contas eleitorais.

Por: Vanessa Cortes